auravide auravide

A Frutoterapia


Afirmou um dia Jesus Cristo:
“Se deixas sair o que está em ti,
O que deixas sair te salvará.
Se não deixas sair o que está em ti,
O que não deixas sair te destruirá.”


Na semana passada falamos da Sucoterapia, uma prática terapêutica baseada no consumo de sucos preparados com frutas, brotos, legumes, verduras, raízes e sementes. Portanto, a Sucoterapia engloba a Frutoterapia, que está baseada no consumo somente de frutas, seja na forma de suco ou não.
A Frutoterapia é tão curativa que passou a ser reconhecida como ciência desde 1992, definida como: "A prática alimentar em que o paciente se cura ingerindo somente frutas". Particularmente acho a Frutoterapia, quando encarada desta forma - ingerir somente frutas - adequada para um número pequeno de dias, pois caso contrário torna-se monótona e perigosa.
Aliás, usando do bom senso da Alimentação Desintoxicante, o propósito com as dinâmicas da Sucoterapia e da Frutoterapia é aumentar gradativa e assertivamente o consumo destes alimentos fantásticos que são absolutamente “vivos”. Principalmente quando tomamos o cuidado de serem orgânicos, maduros, frescos e bem lavados.

As frutas frescas contêm carboidratos e açúcares simples, que são fáceis de digerir, portanto elas são frugais. E, dificilmente as frutas ou seus sucos contêm açúcar em excesso. Logicamente pensando que todo alimento deve ser ingerido com moderação, mesmo as frutas mais doces são nutricionalmente mais balanceadas do que os alimentos bioestáticos e biocídicos (veja link no final do artigo). Uma pessoa dificilmente ficará obesa, ingerindo apenas os açúcares contidos nas frutas e seus sucos, mesmo praticando uma dieta frutoterápica.

As frutas frescas e cruas, de todos os alimentos do mundo vegetal, são as que possuem os maiores estoques de energia solar (prana). Isto porque as frutas amadurecem mais lentamente do que outros vegetais, o tempo todo banhando-se e armazenando a energia cósmica e do sol. A presença dessa energia é uma das grandes diferenças entre uma laranja e uma pastilha de vitamina C.

Os sucos de brotos e verduras são depurativos suaves, enquanto os sucos de frutas são depurativos fortes. Ou seja, as frutas frescas são os alimentos da natureza com maior poder de limpeza do sangue.
Porque será que ao apresentarem-se os sintomas de uma enfermidade, os médicos recomendam reduzir o consumo de alguns alimentos (os bioestáticos e biocídicos) e aumentar o de frutas e verduras?

As frutas agem sobre o organismo nivelando as taxas de colesterol, toxinas e açúcar, muitas vezes diminuindo os riscos de obesidade e ajudando nos sistemas imunológico e hormonal.
A melhor recomendação é estar bem esclarecido sobre as propriedades de cada fruta ou hortaliça (Livro Alimentação Desintoxicante - Capítulo XI, página 135 – Os alimentos que curam) e assim fazer o aproveitamento máximo dos benefícios que cada um promove na saúde.

Na Frutoterapia existem várias propostas de jejum onde uma fruta específica é eleita para realizar o trabalho de limpeza. São sucos de um único tipo de fruta, diluídos com água, para obter a função terapêutica máxima daquela fruta em especial. As mais usadas são os sucos diluídos de limão, laranja, uva, melancia, melão ou maçã.
Mas cuidado, a Frutoterapia cura, porém o bom senso é sempre fundamental. Tratando-se de um alimento que em geral é doce, devido à presença em diferentes concentrações de frutose (o açúcar das frutas), o exagero, o desconhecimento, o uso inadequado pode ser prejudicial.
As frutas como elementos químicos ativos apresentam seus riscos. Não se trata de consumir frutas em grandes quantidades, mas no consumo com consciência do quê e por que desejamos realizar aquela terapia de transformação ou cura.
Por isso, é importante conhecer a proposta da Alimentação Desintoxicante na íntegra, antes de sair por aí consumindo sucos e frutas sem o devido conhecimento e consciência. A Alimentação Desintoxicante não valoriza “receitinhas milagrosas”, mas uma filosofia de conscientização para a motivação correta. A Alimentação Desintoxicante entende que a cura inicia-se de dentro para fora, e os alimentos (as receitas) sendo usados como cúmplices desta determinação consciente da limpeza e do deixar sair.
Importante é ter em conta que algumas misturas podem causar danos ao organismo.
Alerta: a frutose em excesso faz mal aos diabéticos tipo I (insulino dependentes). Portanto a Frutoterapia não é indicada para este tipo de tratamento.

O primeiro passo em qualquer tratamento com a Frutoterapia é estabelecer se a pessoa apresenta uma forte ou baixa sensibilidade a alguma fruta, com observação cuidadosa sobre as que fazem bem ou mal, e sobre as que produzem alergia ou não. Com base neste resultado se definem as frutas e porções a utilizar.
Este consumo deve ser equilibrado e é necessário observar algumas recomendações:

Para o desjejum se recomendam as frutas ácidas, como a laranja, tangerina, pomelo, abacaxi, kiwi, uva, e o maracujá. O limão aqui também é super indicado, porém ao contrário do que pensam, não é uma fruta ácida, mas sim alcalinizante e muito depurativa.

Para a noite indicam-se as frutas doces, como o mamão formosa (papaia costuma ter muito agrotóxico e excesso de frutose), maçã, pêra e banana, que ajudam o organismo a liberar as substâncias negativas ingeridas e produzidas durante o dia. As frutas cítricas irão prejudicar o fígado.

Jamais misturar o melão ou a melancia com outros alimentos. O máximo que recomendo é com o pepino, que é da mesma família, e com o hortelã que é uma erva digestiva. Suas sementes podem ser perfeitamente integradas ao suco.
Não ingerir as sementes de maçã e pêra pois são muito tóxicas.

VANTAGENS DA SUCOTERAPIA
• Melhora o sistema cardiovascular, inclusive no controle da hipertensão, porque ajuda na desintoxicação do sangue.
• Aumenta a capacidade de purificação do sangue.
• Aumenta a disposição e a hidratação, suavizando a pele e dando mais brilho aos cabelos.
• Ajuda na melhoria da qualidade do sono, da memória e da lucidez.
• Aumenta a resistência a gripes e resfriados, por ativarem as defesas imunológicas.
• Aumenta o volume e o trânsito intestinal, prevenindo problemas de constipação e todas as doenças advindas deste problema.
• Ajuda na absorção e posterior eliminação das toxinas.
• Auxilia e promove melhores condições de nutrição e reposição celular.
• Permite que os alimentos promovam sua rápida ação terapêutica específica.
• Ajuda nas práticas meditativas.
• Rejuvenesce.Posso misturar frutas com hortaliças e legumes?
Não existe base científica comprovada para a teoria da combinação dos alimentos. Existem algumas literaturas que afirmam ser prejudicial à saúde misturar frutas com hortaliças, amidos com proteínas e frutas com proteínas.

Essa teoria nasceu recentemente porque existem pessoas com problemas digestivos, alergia múltipla a alimentos ou fadiga crônica, que conseguem alguns benefícios físicos e de cura ao seguirem esta orientação. Mas não seria um excesso de intoxicação - por anos de maus hábitos - que desencadeou esta série de dificuldades? Seria exatamente esta a causa destas anomalias?
Se você não sofre de sintomas adversos, como gases, dores de estômago ou inchaços, a combinação sensata desses alimentos será perfeitamente viável.

Experimente suas receitas e deixe o seu paladar lhe guiar. Você já ouviu falar ou sentiu a fome instintiva? Ela acontece muito quando o corpo vai desintoxicando-se e voltando a uma condição natural de linguagem lúcida e rápida com o dono do corpo.

Preparo os sucos no liquidificador ou na centrífuga?
A pergunta real é: Separo as fibras ou não?
As fibras são essenciais à saúde. Elas não são nutrientes, mas a sua presença no percurso digestivo e excretor é fundamental. Elas equilibram os tempos digestivos, elas dão saciedade, ajudam na liberação gradual da glicose no sangue, ajudam na absorção/adsorção das toxinas, dão volume e fluidez fecal, e finalmente evitam a constipação e o câncer cólon-reto.
Assim, quando a proposta é o Jejum Matinal (diariamente em jejum e opcionalmente antes das refeições principais), ou o Jejum de 4 dias (Capítulo VIII - Como Desintoxicar-se? - Página 83), sugiro que os sucos sejam preparados no liquidificador e sem coar. Porque nestas condições a presença de fibras é máxima e não existem perdas.
O suco no liquidificador é mais indicado para quem:
a) apresenta problema agudo ou crônico de intestino preso,
b) deseja prevenir ou tratar um câncer cólon-retal e
c) deseja acelerar a limpeza do sangue.
Porém, quando a proposta for o Jejum Intensivo, os sucos deverão ser preparados na centrífuga porque os sólidos e fibras são proibidos. Neste caso, todo o consumo de energia digestiva é evitado ao máximo.
O suco na centrífuga é mais indicado para quem:
a) deseja fortalecer seu sistema imunológico,
b) praticar uma medicina preventiva.
A minha sugestão, apesar de dar mais trabalho, é fazer uso dos dois. Na centrífuga vão as raízes, os cítricos e as folhas mais duras. No liquidificador passo as frutas, os brotos e as folhas macias. Desta forma consigo integrar as vantagens destes dois processos de preparo.
De qualquer forma, com fibras ou não, o ideal é ingerir o suco "mastigando-o", ou seja, saboreando-o em pequenos goles.

INSTRUÇÕES E RECOMENDAÇÕES
Prepare os sucos em casa usando frutas, brotos, sementes, hortaliças, raízes (tubérculos) e legumes frescos, crus e preferentemente orgânicos. Procure fornecedores idôneos (veja link no final do artigo).

Não compre grandes quantidades destes alimentos, para que sejam consumidos frescos.
Nossos instrumentos de preparo serão o liquidificador e a centrífuga. Portanto nada de mantê-los guardados no armário. De hoje em diante o lugar deles é na bancada.

As frutas devem ser descascadas e as sementes da maçã e pêra descartadas. As frutas cítricas como a laranja, tangerina e o limão deverão ser descascados e adicionados com polpa (sem as sementes). Aquela parte branca dos frutos cítricos é rica em pectinas, que são fibras hidrossolúveis de altíssimo valor terapêutico.

Tome o suco imediatamente após o seu preparo e não guarde sobras na geladeira nem congele. Uma vez preparados eles começam a se oxidar e perder seus valores nutricionais mais importantes.

Tome o suco ao natural, ou seja, sem adoçar. Caso extremamente necessário opte pelo uso de frutas secas como a ameixa ou uva passa. Repito: Aproveite para apreciar melhor o sabor dos alimentos "in natura" e comece a reduzir suas necessidades de ingerir açúcar em excesso.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


trucom
Conceição Trucom é química, cientista e escritora sobre Alimentação Baseada em Plantas, considerada como Alimentação do Futuro: vitalizante e regenerativa.
Portal: www.docelimao.com.br
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa