Home > Autoconhecimento
Criatividade: O caminho da felicidade

Criatividade: O caminho da felicidade

por Elisabeth Cavalcante

Você precisa aprender como ser feliz, e aprender a respeitar as pessoas felizes, prestar mais atenção a elas, lembre-se disso.

Esse é um grande serviço à humanidade. Não tenha simpatia demais pelos miseráveis. Se alguém se sente miserável, ajude-o, mas não tenha muita simpatia. Não dê a ele a sensação de que a miséria é algo valioso. Faça-o saber que você o está ajudando mas não por respeito. É simplesmente porque ele está miserável. E você não está fazendo nada além de tentar tirar o homem da sua miséria, pois a miséria é feia. Deixe a pessoa sentir que a miséria é feia, que ser miserável não é uma coisa pela qual se deve sentir virtuoso, que ela não está prestando um grande serviço à humanidade.

Seja feliz, respeite a felicidade, e ajude as pessoas a entenderem que a felicidade é a meta da vida Satchitanand: os místicos orientais dizem que Deus tem estas três qualidades:
Ele é sat: Ele é verdadeiro, existencial.
Ele é chit: consciência, percepção.
E, finalmente, o pico mais alto, é anand: felicidade. Onde há felicidade, há Deus.


Sempre que você vir uma pessoa plena de felicidade, respeite-a, ela é sagrada. E sempre que encontrar um grupo que se sente feliz e festivo, veja esse lugar como sagrado. Temos que aprender uma linguagem totalmente nova, só assim esta velha e pobre humanidade pode ser mudada. Temos que aprender a linguagem da saúde, da totalidade, da felicidade. Vai ser difícil porque são grandes os nossos investimentos. Por isso é tão difícil ser feliz e tão fácil ser miserável. E mais uma coisa: a miséria não precisa de talento, qualquer um pode tê-la. A felicidade precisa de talento, gênio e criatividade. Só as pessoas criativas podem ser felizes.

Que isto penetre fundo em seu coração: só as pessoas criativas são felizes. A felicidade é um subproduto da criatividade. Crie alguma coisa e você será feliz. Crie um jardim, faça-o florir, e alguma coisa florescerá em você.
Crie uma pintura, e conforme ela for se desenvolvendo, algo começará a se desenvolver em você. Quando a pintura acabar, quando você der os últimos retoques, verá que não é mais a mesma pessoa. Está dando os últimos retoques em alguma coisa que é muito nova em você mesmo.

Escreva um poema, cante uma canção, dance uma música e veja: você começa a se sentir feliz. É por isso que em minha comunidade da criatividade, será nossa prece a Deus. Esta comunidade não será triste, com caras sérias que nada fazem a não ser sentar sob uma árvore em suas esteiras e vegetar. Esta será uma comuna de artistas, pintores, de poetas, de escultores, de dançarinos, de músicos - há tantas coisas a fazer!
Deus só lhe deu esta oportunidade para ser criativo: a vida é a oportunidade para ser criativo. Se você for criativo será feliz. Já viu a alegria no rosto da mãe quando a criança começa a se desenvolver no útero? Já viu a mudança que acontece à mulher quando engravida? O que está acontecendo? Algo está florescendo dentro dela; ela está sendo criativa, dará à luz uma nova vida. Está imensamente feliz, imensamente alegre, em seu coração há uma canção.

Quando a criança nasce e a mãe vê o filho pela primeira vez, veja a profundidade em seus olhos, a alegria do seu ser. Ela passou por grande dor para esta alegria, mas não entrou na dor só pela dor. Ela sofreu, mas seu sofrimento é tremendamente valioso; não é ascético, é criativo. Ela sofreu para criar mais alegria.
Quando você começa a escalar o pico mais alto de uma montanha, é árduo. E quando chega no alto e se deita, suspirando com as nuvens, olhando para o céu, com a alegria enchendo seu coração - essa alegria vem quando você alcança qualquer pico de criatividade.

É preciso inteligência para ser feliz, e as pessoas são ensinadas a não serem inteligentes.

A sociedade não quer que a inteligência floresça. A sociedade não precisa de inteligência; na verdade, sente medo dela. A sociedade precisa de pessoas estúpidas. Por que? Porque os estúpidos são Sannyas manipuláveis. As pessoas inteligentes não são necessariamente obedientes - podem obedecer, podem não obedecer. Mas a pessoa estúpida não desobedece; está sempre pronta a ser comandada. A pessoa estúpida precisa de alguém para comandá-la, porque não tem inteligência para viver por si mesma. Quer alguém para dirigi-la; busca os seus próprios tiranos. Os políticos não querem que a inteligência aconteça no mundo, os padres não querem que a inteligência aconteça no mundo, os generais idem. Ninguém quer realmente a inteligência. As pessoas querem que todos permaneçam estúpidos, que todos sejam obedientes e conformistas - jamais saiam do rebanho, que permaneçam sempre na ralé. Controláveis, manipuláveis, manejáveis.

A pessoa inteligente é rebelde: inteligência é rebeldia.
A pessoa inteligente decide por si mesma se diz sim ou não.
A pessoa inteligente não pode ser tradicional; não fica adorando o passado, não há no passado nada para venerar.
A pessoa inteligente quer criar um futuro, e quer viver no presente. Viver no presente é sua maneira de criar o futuro.
A pessoa inteligente não se prende ao passado morto, não carrega cadáveres. Por mais belos que possam ser, por mais preciosos, ela não carrega cadáveres. Põe um fim no passado; ele se foi para sempre.

Mas a pessoa tola é tradicional. Está pronta para seguir os padres, pronta para seguir os políticos estúpidos, pronta para obedecer qualquer ordem; alguém que tenha autoridade e ela está pronta para cair a seus pés.
Sem inteligência não pode haver felicidade. O homem só pode ser feliz se for inteligente, totalmente inteligente.
A meditação é um truque para liberar a inteligência. Quanto mais meditativo você se tornar, mais inteligente será. Mas lembre-se, inteligência não quer dizer intelectualidade.
A intelectualidade faz parte da estupidez. A inteligência é um fenômeno totalmente diferente, não tem nada a ver com a cabeça. A inteligência é algo que vem de seu próprio centro. Ela cresce em você e, com ela, muitas outras coisas começam a crescer. Você se torna feliz, torna-se criativo, torna-se rebelde, torna-se aventureiro, começa a gostar da insegurança, começa a mover-se para o desconhecido. Começa a viver perigosamente, porque essa é a única maneira de viver. Ser um saniasyn significa decidir:

"Viverei minha vida inteligentemente, não serei um mero imitador. Viverei com meu próprio ser, não serei dirigido e comandado pelo exterior. Arriscarei tudo para ser eu mesmo, mas não farei parte da psicologia da massa. Caminharei sozinho, descobrirei meu próprio caminho, farei o meu próprio caminho no mundo da verdade".

Só andando no desconhecido, você percebe o caminho. Na verdade o caminho já está aí, e caminhando você o cria.
Para as pessoas estúpidas existem grandes rodovias onde se move a massa: Há séculos e séculos essas pessoas têm se movido e não vão a lugar nenhum, andam em círculos. Mas têm o conforto de estarem com muita gente, de não estarem sós.

A inteligência lhe dá coragem para estar só, e inteligência lhe dá a visão para ser criativo. Uma grande urgência, um grande apetite pela criatividade surge em você. E só então, como conseqüência, você pode ser feliz, pode estar pleno de graça.

OSHO
Da série "O livro da sabedoria II"

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 14/05/2013 09:48:48

Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga,
Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching
Email: elisabeth.cavalcante@gmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
Você é auto abusivo?
Toques conscienciais para uma amiga triste com a dor da perda
Consciência é vida e vida é consciência
Será que o Reiki pode me ajudar?
Obesidade: como tratar?
Medo da morte


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
terça-feira, 22 de outubro de 2019

energia
I-Ching: 42 – I – AUMENTO
Momento de crescimento, que significa melhora não só no aspecto material mas também no espiritual. Ele acontece quando as ações e, acima de tudo, os sacrifícios são feitos em favor dos outros.


energia
Runas: Eihwas
50% já está conquistado, o resto e com você. Aja!


22
Numerologia: Idealismo
Dia para dedicar-se a obras que beneficiem todos ao seu redor. As atitudes devem ser abrangentes enfocando grupos de pessoas. Mantenha os pés firmes no chão e aja de forma a melhorar as coisas para os outros.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa