Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Reposição Hormonal pode acelerar retraimento de áreas cerebrais

por Conceição Trucom
Reposição Hormonal pode acelerar retraimento de áreas cerebrais
Publicado dia 12/02/2009 16:19:42 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Muitas mulheres quando chegam aos 45-50 anos, são aconselhadas por seus médicos a praticarem a Terapia da Reposição Hormonal (TRH) para reduzir os sintomas desagradáveis da MENOPAUSA tais como: ondas de calor (fogachos), insônia, sudorese, palpitações, infecções urinárias, mudanças de humor, fragilização óssea (osteopenia) que leva à osteoporose, dor no ato sexual, entre outros. Em 20% das mulheres, esses sintomas não aparecem. E, na maioria delas, os sintomas, mesmo sem tratamento, cessam entre seis meses e dois anos.

Nessa idade, também é comum e, neste caso, aqueles 20% estão inclusas, o surgimento de outras queixas como: ansiedade, irritabilidade, depressão, envelhecimento da pele e cabelos e diminuição da libido. Desesperadas com tantos incômodos, a tentação pela TRH é muito forte.

Porém, conforme colocado pela nutricionista inglesa Maryon Stewart, autora do livro “Vença a Menopausa” sem TRH (Editora Paulinas), a maior certeza da TRH é sair mais machucada de que quando entrou. Todo cuidado ainda é pouco na hora de tomar esta decisão pela TRH.

Somos Cobaias
No início da década de 90, ao contrário do que se acreditava, até então, ficou comprovado que a reposição de estrógenos aumenta o risco de infarto e acidente vascular cerebral (AVC), além de varizes, hemorróidas e obesidade. Também a maioria das pesquisas demonstrou a não melhora dos sintomas psicológicos como ansiedade, insônia e depressão.

E se constatou a inexistência de comprovação científica de que esses hormônios retardam o envelhecimento. Afirmou-se que o uso de hormônios na menopausa diminuiria o risco da doença de Alzheimer, porém pesquisas como a relatada abaixo, constataram ou questionam exatamente o contrário.

Além disso, a TRH aumenta a probabilidade do surgimento de câncer de mama, quando usada por períodos longos; de cálculo na vesícula biliar e de trombose venosa. E mais, depois de interrompida a TRH, o organismo irá levar cerca de 0,5 a 2 anos para se desintoxicar 100% destas drogas sintéticas e seus efeitos colaterais.

Nosso Poder Pensante e Memória
Estudos recentes levantam a possibilidade de que a TRH parece também acelerar a retração cerebral, ajudando a explicar estudos anteriores associando TRH ao aumento do risco de perda de memória e demência.

“Nossos resultados sugerem que a TR, em algumas mulheres, pós-menopausa (60 a 70 anos) tenha um efeito negativo nas estruturas do cérebro, importantes na manutenção do funcionamento normal da memória” - Dr. Susan Resnick pesquisador do Instituto Nacional do Envelhecimento nos E.U.A.

Tal estudo revelou que duas áreas chave do cérebro, envolvendo o poder pensante e a memória, apresentaram diminuição de volume nas mulheres que tinham tomado TRH, em relação àquelas que tomaram comprimido placebo. O volume do cérebro era 2,37 cm³ menor no lóbulo frontal e 0,10 cm³; menor no hipocampo.

Limitações
Entretanto, os pesquisadores admitiram que foram incapazes de realizar varreduras do cérebro antes das mesmas mulheres começarem a tomar a Reposição Hormonal. Mas os resultados sugeriram que o retraimento pode ser mais pronunciado nas mulheres que já tinham problemas de memória antes da TRH. Ou seja, a TRH pode ter acelerado um processo neurodegenerativo da doença predisposta ou já iniciada.

Viva os ciclos da vida
Na minha opinião, corroborada por muitos profissionais das Terapias Holísticas, o mais acertado é assumir a Menopausa com tudo o que ela significa: entrar numa nova fase da vida, com desprendimento e amadurecimento interior. Um amoroso encaixar-se nos ciclos naturais.

Essa é uma grande oportunidade para a mulher exercitar sua habilidade de adaptação. Quanto mais rápido ela assimilar, diante desta oportunidade inevitável e inadiável do seu amadurecimento orgânico e psico-emocional, mais esta transformação fisiológica será natural e descomplicada.

Mulheres apegadas ao passado, frustradas quanto à sua sexualidade, maternidade ou significância profissional; serão as mais vulneráveis a uma menopausa traumática.

São mais vulneráveis também aquelas que têm dificuldade de lidar com o estresse da vida moderna (não se dão espaço para o lazer e relaxamento), as que desconhecem (ou não abrem mão) os alimentos que exacerbam os problemas femininos e as que não praticam uma atividade física de tonificação muscular e relaxamento regularmente.

Assim, a nossa “Terapia Holística (TH)” tem 3 pilares básicos:
- Alimentação o mais natural e integral possível. O mais crua e viva possível. Porque são estes alimentos que contêm os fito-hormônios, vitaminas e enzimas, da forma como são oferecidos pela Mãe Natureza. Neste caso, seria uma troca biodinâmica;
- Praticar atividade física que envolva a musculação, o alongamento, a mobilização de energia e o prazer do relaxamento;
- Buscar o autoconhecimento, a meditação para acelerar a aceitação e compreensão do novo ciclo. Não é mais possível gestar filhos, mas gestar luz, alegria, sabedoria, paz!

Bibliografia:
- BBC News
- Artigo Dr. Ney Cavalcanti
- Vença a Menopausa sem TRH – Maryon Stewart – Editora Paulinas




estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 3 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
trucom
Conceição Trucom é química, cientista e escritora sobre Alimentação Baseada em Plantas, considerada como Alimentação do Futuro: vitalizante e regenerativa.
Portal: www.docelimao.com.br
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa