Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade

A felicidade é uma arte

A felicidade é uma arte Publicado dia 12/17/2015 1:07:19 PM em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Assim como qualquer outra expressão artística, ser capaz de sentir felicidade é uma habilidade que exige treino e perseverança. Um pintor, um escultor, um compositor, um bailarino, não nascem prontos, nem se formam da noite para o dia. Seu talento, embora esteja presente, precisa de tempo para ser aperfeiçoado e amadurecido, para que possa ser expresso de modo pleno.

Da mesma forma, a capacidade de ser feliz precisa ser alimentada, aperfeiçoada, burilada a cada dia, com doses de muita vontade. Mesmo aqueles que já nasceram com esta habilidade desenvolvida serão, em alguns momentos da vida, testados em sua vocação para a felicidade. E, ao expressá-la, irão servir de exemplo aos demais, aqueles que ainda patinam, acreditando que ser feliz é para poucos.

Os que têm este dom adormecido precisarão de muito estímulo, incentivo e garra para descobrir em si a semente do êxtase. A meditação é o caminho mais seguro para alcançar este estado quando ele ainda parece algo inatingível.

Por piores que sejam as circunstâncias, se estivermos verdadeiramente preenchidos pelo desejo de sermos felizes, nada será capaz de nos desviar de nossa rota. Ainda que levemos alguns tombos no caminho, a chegada certamente será feita de celebração e orgulho.

"Todo o amor do mundo pode ser dado a você, mas se você decidir ser infeliz, permanecerá infeliz. E você pode ser feliz, imensamente feliz, por absolutamente nenhuma razão - porque a felicidade e a infelicidade são decisões suas.
Leva muito tempo para perceber que a felicidade e a infelicidade dependem de você, porque é muito confortável para o ego achar que os outros estão fazendo você infeliz. O ego insiste em dar condições impossíveis, e ele diz que primeiro essas condições precisam ser satisfeitas e somente então você poderá ser feliz. Ele pergunta como você pode ser feliz em um mundo tão feio, com pessoas tão feias, em uma situação tão feia.
Se você observar corretamente, rirá de si mesmo.
É ridículo, simplesmente ridículo.
O que você está fazendo é absurdo.
Ninguém está nos forçando a fazer isso, mas insistimos em fazê-lo - e gritamos por socorro.
E você pode simplesmente sair disso; trata-se de seu próprio jogo - ficar infeliz e depois pedir simpatia e amor.
Se você estiver feliz, o amor fluirá em sua direção... não há necessidade de pedi-lo.
Essa é uma das leis básicas. Exatamente como a água flui para baixo e o fogo flui para cima, o amor flui em direção à felicidade".
Osho

por Elisabeth Cavalcante


Obrigado por votar

O artigo recebeu 236 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Consulte grátis

Mapa Astral   Tarot   Numerologia  


Sobre o autor
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga,
Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching
Email: elisabeth.cavalcante@gmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
Vencendo os problemas
Quando vai haver algo de realmente novo em você?



Continue lendo
Vencendo os problemas
Quando vai haver algo de realmente novo em você?
Como enfrentar e superar as adversidades que a vida nos propõe?
Quem leva quem?

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa