Home > Corpo e Mente
A Dança da Vida PARTE 5: A concepção holística

A Dança da Vida PARTE 5: A concepção holística

por Sônia Imenes

A visão fragmentada do corpo humano como se fosse uma máquina vai cedendo lugar para uma visão holística. Nesta, compreende-se que existe uma inter-relação e dependência essencial de todos os fenômenos: físicos, biológicos, psicológicos, sociais e culturais. Assim a questão da saúde e dos métodos terapêuticos caminha para uma integração de todas as áreas do conhecimento (física, biologia, psicologia, medicina, sociologia, arte, etc.) numa abordagem completa, sistêmica, do indivíduo em sua relação com o meio em que vive.

Esta “nova” abordagem não é nova. Está de acordo com muitas concepções tradicionais não só de outras culturas, como a oriental, como também encontra raízes num antigo sistema da medicina ocidental: a medicina hipocrática. A saúde, de acordo com os escritos de Hipócrates (Grécia, 400 Ac) requer um estado de equilíbrio entre influências ambientais, modos de vida e os vários componentes da natureza humana. Dentre estes, alguns eram descritos como “humores” e “paixões”. Os “humores” estariam relacionados com o equilíbrio químico-hormonal e as “paixões à interdependência da mente e do corpo.

Hipócrates também reconhecia que existiam forças curativas inerentes aos organismos vivos, o que chamou de “poder curativo da natureza”. O papel do médico consistia em ajudar estas forças mediante a criação de condições mais favoráveis para o processo de cura. O significado original da palavra terapia vem do grego “therapeuin” e significa “dar assistência a”, “cuidar de”.

O poder de autocura só pode realmente ser admitido dentro de uma concepção na qual se enfatiza o papel da autoconsciência do indivíduo. A autoconsciência que só pode ser recuperada dentro destas “novas” abordagens terapêuticas, que devolvem ao corpo o seu poder de falar; ao indivíduo, a sua capacidade de se auto-observar, compreender seus conflitos e se transformar.


Leia Também:

A Dança da Vida - parte 1

A Dança da Vida PARTE 3: A auto-alienação

A Dança da Vida PARTE 4: O corpo fala

A Dança da Vida PARTE 2: O dualismo e suas conseqüências

A Dança da Vida PARTE 6: O abençoado caminho do retorno


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   Numerologia  
 
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 26/11/2001 11:09:14

Sônia Imenes é Atriz-dançarina, terapeuta corporal,
praticante de Kempo e atende em São Paulo.
Oferece atendimentos de Massagem Thay.
Visite seu Site
Email: ancienthaimassage@hotmail.com
Visite o Site do Autor

Veja também
Obesidade: como tratar?
Medo da morte
Valorize seu Sorriso
O que fazer para angariar fundos?
Tiraram meu chão. Então aprendi a voar...
A divina ordem


Deixe sua opinião sobre este artigo


© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


Energias para Hoje
sábado, 19 de outubro de 2019

energia
I-Ching: 03 – CHUN – DIFICULDADE INICIAL
O início de todas as coisas é freqüentemente trabalhoso e difícil. Mas basta manter-se paciente e perseverar.


energia
Runas: Sowilo
Seja transparente. Dia excelente , força vital e sucesso.


19
Numerologia: Originalidade
Mudanças ha muito consideradas podem ser bem feitas hoje. Seja diferente e original. Este é o dia para o exercício da individualidade.
Experimente o novo e o ainda não tentado. Mantenha-se independente e decisivo e, sobretudo, tenha coragem de agir de acordo com os seus sonhos.




Horóscopo

Áries   Touro   Gêmeos   Câncer
 
Leão   Vírgem   Libra   Escorpião
 
Sagitário   Capricórnio   Aquário   Peixes





 
© Copyright 2000 - 2019 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa