auravide auravide

É hora de fortalecer o sistema imunológico dos baixinhos 2


Na semana passada a proposta foi a de FORTALECER o sistema imunológico da criançada através de uma dinâmica preventiva, fazendo uso da Terapia Intensiva do Limão.
Esta semana o recado é como EVITAR o enfraquecimento do sistema imunológico, através do esclarecimento de como determinados alimentos podem minar a saúde dos baixinhos, e dos altinhos TAMBÉM.

O AÇÚCAR
Desde cedo os pais, influenciados pelos hábitos sociais, e pela fácil aceitação que este sabor tem, encharcam seus filhos com alimentos doces.
Depois de instalado este hábito, que mina aos poucos a capacidade da criança apreciar outros sabores mais sutis e naturais, como o das frutas e seus sucos, a dificuldade para revertê-lo vai aumentando com a idade da criança.
O açúcar é muito prejudicial a todas as pessoas, mas principalmente às crianças. Principalmente naqueles alimentos onde predomina a presença da sacarose, como é o caso do açúcar refinado, o demerara, o mascavo, o melado ou o mel. Estes são exemplos de alimentos biocídicos, que acidificam rapidamente o sangue, deprimem o sistema imunológico, anulam enzimas digestivas causando fermentações (gases e gastrite), entravam o trabalho digestivo, intoxicam, além de ativarem desequilíbrios emocionais e mentais.
O açúcar refinado (branco, confeiteiro e cristal) é o pior de todos porque seus aditivos de refinamento destroem enzimas digestivas, sequestram cálcio, magnésio e ferro do sangue, prejudicando a formação dos ossos, provocando anemia e acidificando mais fortemente o sangue.
Em pesquisa realizada nos laboratórios da Universidade de Loma Linda, EUA, constatou-se que cada glóbulo branco saudável tem o poder de combater 14 bactérias nocivas ao corpo. Entretanto, veja na tabela abaixo como o consumo de açúcar reduz esta capacidade natural de defesa do corpo.



Portanto, todos os alimentos preparados com excesso destes tipos de açúcares também serão fragilizadores do sistema imunológico.
O ideal é que a criança aprenda desde cedo a apreciar o sabor natural dos alimentos, que devem ser adequadamente mastigados e degustados antes do engolir. O indicado é evitar receitas muito doces e optar por preparos (sucos, mousses, saladas, etc.) com frutas frescas, secas ou assadas.
As frutas são ricas em frutose, um açúcar muito mais saudável, natural, que dificilmente provoca picos glicêmicos e não acidifica o sangue.
Logicamente, não dá para viver sem o doce, mas o bom senso é:
- Consumir preferencialmente frutas frescas e frutas secas, seja na forma natural, em gelatinas, mousses, assadas, sucos, etc.
- Substituir o açúcar por consumo moderado do melado de cana ou pelo mel de caju azedo que apesar de biocídicos são mais diluídos (portanto menos doces), ricos em ferro, sais minerais e alguns micronutrientes.
- Consumir o mel como um medicamento, ou seja, com moderação e muita consciência.
- Na necessidade de dar um pequeno (lembre: pequeno) acerto na doçura, a estévia é um adoçante natural indicado para adultos e crianças.

A Fritura
Os preparos de cozimento menos prejudiciais à saúde são: no vapor, ensopado, assado no forno e grelhado. Evitar as frituras, principalmente aquelas realizadas em muito óleo e alta temperatura, como as de restaurantes e lanchonetes que usam gordura hidrogenada para aumentar a crocância.
A fritura encharca o alimento de gordura (até 30%), desidrata o alimento (facilitando constipações), desbalanceia o poder nutricional daquela refeição ou lanche, e gera produtos venenosos (que desativam o sistema imunológico) durante este processo de cozimento em óleos superaquecidos, como peróxidos, oxiranas e a acroleína que irão provocar efeitos muito danosos aos órgãos digestivos e ao sistema cardiovascular.
Importante: não esquecer que aqueles salgadinhos de pacotinho são frituras e que para piorar, contêm aromatizantes, corantes e conservantes.

Manteiga ou Margarina?
Patês de cenoura, berinjela, ricota ou tofu são opções muito mais saborosas e saudáveis. A criança precisa aprender a apreciar sabores mais sutis desde cedo. Sair do convencional e cada dia ou semana preparar uma pasta saudável vai enriquecer a família de sabores, cores, aromas e saúde.
Mas, entre as 2 opções acima, a manteiga é a mais indicada.
A margarina, também chamada de gordura hidrogenada ou gordura trans, já está sendo reconhecida como o grande veneno do século. Estudos revelam que ela é muito pior que a manteiga, que é uma gordura de origem animal, porém absolutamente natural. A manteiga não contém corantes, aromatizantes, conservantes, etc. Transformada em GHI, aquela manteiga clarificada, ela passa a ser uma opção bastante saudável.
A margarina, com seus isômeros trans, é uma precursora do colesterol ruim, e reduz a porosidade e elasticidade das membranas das células, vasos e artérias, levando ao longo do tempo baixa resistência imunológica, a doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e outras.
O problema é que evitar o consumo de margarinas não basta. A gordura trans está nas frituras (pastel, chips e batata frita), biscoitos e pães industrializados, sorvetes, chocolates e achocolatados.
A saída é evitar alimentos industrializados e aumentar o consumo dos alimentos crus e caseiros.

RECEITAS
Mousse de manga (Coquetel de vitamina A e D)
Ingredientes: 1 manga descascada e picada – 1 cenoura média crua descascada e picada – suco de 1 laranja – suco de 1 limão – ½ colher de chá de azeite de oliva.
Preparo: Bater tudo no liquidificador até obter uma consistência cremosa. Dividir em 2 taças e servir imediatamente.
Dicas: Se quiser servir a mousse geladinha é só deixar os ingredientes por 30 minutos na geladeira antes do preparo. Se quiser a manga pode ser trocada por mamão formosa.

Mousse de morango
Ingredientes: 1 pacote de gelatina sabor morango - ½ xícara de ricota amassada - 2 xícaras de morangos picados - 12 castanhas de caju.
Preparo: Preparar a gelatina conforme indicações da embalagem. Deixar endurecer na geladeira. Bater no liquidificador a gelatina endurecida com a ricota até obter um creme. Arrumar dividindo em 4 taças os morangos picados e derramar o creme sobre eles. Decorar cada taça com 3 castanhas de caju e levar à geladeira até a hora de servir.
Dica: Pode ser usado outro sabor de gelatina e combinar com outra fruta como kiwi, maçã, uva, laranja, abacaxi etc.Banana assada com queijo derretido
Ingredientes: 1 banana - 1 fatia grossa de queijo minas - canela a gosto.
Preparo: Cortar a banana ao meio no sentido longitudinal e colocar sobre um refratário. Cobrir a banana com a fatia de queijo. Pulverizar a canela em pó e colocar para assar até que o queijo esteja amolecido.

Pêras com suspiro
Ingredientes: 2 pêras (ou maçãs) descascadas e cortadas em fatias e marinadas em suco de limão a gosto - 8 claras – gotas de estévia a gosto – canela em pó a gosto - 1 colher de chá de sementes de gergelim.
Preparo: Arrumar as fatias de pêra já marinadas em 4 potes refratários. Pulverizar a canela sobre as fatias. Bater as claras em neve e quando firmes juntar o adoçante. Colocar o suspiro sobre a pêra e levar ao forno quente até dourar. Decorar com sementes de gergelim sobre cada porção e servir.

Pão integral com patê de cenoura
Ingredientes: 1 cenoura cozida em água e sal, 2 colheres se sopa de requeijão, 1 colher de sopa de iogurte natural desnatado, sal marinho a gosto e salsinha picada a gosto.
Preparo do patê: Amassar com um garfo a cenoura. Adicionar os demais ingredientes até obter a consistência de um patê.
Montagem: Colocar sobre uma fatia de pão integral, 2 colheres de sopa bem cheias do patê e cobrir com a segunda fatia. Cortar em diagonal e servir.
Dica: Coloque folhas de alface americana e rodelas de tomate para enfeitar e enriquecer o sanduíche.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


trucom
Conceição Trucom é química, cientista e escritora sobre Alimentação Baseada em Plantas, considerada como Alimentação do Futuro: vitalizante e regenerativa.
Portal: www.docelimao.com.br
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa