Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Mudanças no DNA

por Vera HT
Mudanças no DNA
Publicado dia 28/05/2004 12:29:31 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Meus amigos,
Tenho recebido muitos e-mails me perguntando sobre o DNA.
O que eu sempre recebi do plano espiritual, é que teremos 12 hélices duplas de DNA. Atualmente se tem conhecimento de apenas uma hélice dupla de DNA. Em estudos não divulgados à população, já se descobriram casos de crianças que possuem três hélices duplas, fato constatado em exames de sangue. Tais crianças, que são as índigo e cristal a que nos referimos em artigos anteriores, sabem atuar em nível mental, movendo objetos, conversando telepaticamente, entre outras características.
Essa mudança ocorrerá em pessoas adultas também, com menos de 64 anos. As cristal, que nasceram a partir de 2000, já vêm com DNA alterado. As índigo já vieram alteradas, mas ainda sofrem para se ajustar nesta realidade tão densa. As pessoas vão desenvolver este processo aos poucos, cada um no seu ritmo, até a formação de uma nova hélice. Claro que por ser um processo de mutação genética, implica em dor e sofrimento físico, devido ao reajuste que será mais ou menos doloroso, de acordo com o que entendi.

As pesquisas feitas estão se baseando em testes imunológicos e endócrinos pois são estes sistemas os maiores indicadores destas mudanças. Como eu disse no artigo anterior, é freqüente o aparecimento sistemático do vírus do Herpes e da Mononucleose, pois estes vírus alteram a estrutura celular, diferente do HIV, por exemplo, que a destrói.
Este processo de transmutação manifesta outros sintomas em níveis comportamentais, emocionais e estruturais de modo geral, como separações bruscas, uniões repentinas, mudança de país, de emprego, etc...
Este processo vem acompanhado dos sintomas da ascensão a que nos referimos no artigo anterior, que são o cansaço, sono, ganho ou perda de peso, desânimo, tonturas, vontade de ingerir gorduras, etc... Esta mudança estrutural torna o corpo mais sutil, mais perto dos seres cristal, de aura cristalina, aos quais já nos referimos anteriormente.
Esta mudança não é para escolhidos e privilegiados, ao contrário, este processo foi estabelecido pela autoconvocação, ou seja, os seres humanos optaram por vivenciar esta transmutação planetária, que trará o Paraíso à Terra, mas não sem antes passarmos pelo caos mundial, que também implica em exílio de almas e mudança de paradigmas gerais. Quanto mais nos conscientizarmos deste processo, mais fácil será ultrapassá-lo. Muitos de vocês devem estar sob medicamentos antidepressivos e se sentindo péssimos, com uma sensação de impotência. Mas os médicos não podem diagnosticar o que não conhecem, ou o que ainda está em estudo ou especulação. Ainda é conversa de “esotéricos”, até que o FDA americano libere os tratamentos e os torne “válidos”.

Esta mudança atinge os corpos energéticos, além do físico, que aliás, só sente o que os corpos mais sutis já ‘saturaram’. Quando falo em TRANSMUTAÇÃO do corpo, pelo DNA, é isso mesmo que quero dizer. Creio que a grande maioria que lê meus artigos, conheça os Raios da Grande Fraternidade Branca, cujo 7º é o violeta, responsável pela transmutação energética, do mal em bem, chefiado pelo Mestre Saint Germain (Veja link no final).
O elo mais próximo entre os corpos físico e energéticos, são os chacras, que são entradas energéticas em nosso corpo. Os principais são 7: coronário (no topo da cabeça), cardíaco, laríngeo, plexo solar, esplênico e básico, cada um com uma coloração própria a ser trabalhada em cromoterapia, o que ajuda em muito este processo todo, pois eles se relacionam com nosso sistema endócrino, ativando glândulas como a pineal, pituitária, hipófise e timo, que hoje são pouco desenvolvidas e conhecidas, mas que terão papel fundamental num futuro próximo da humanidade terrestre.
Estas mudanças acabam alterando os hormônios, desde os ligados aos aspectos sexuais, até os que provocam maior emotividade, o que vai levar cada vez mais as pessoas a buscarem novos rumos e respostas para seu Eu interior verdadeiro, deixando cair ou ficando com menos máscaras.
Os tratamentos alopáticos conhecidos serão cada vez mais ineficazes. Cada vez mais se buscará a homeopatia, a fitoterapia, o Reiki, a cromoterapia e outras terapias tidas por “alternativas”.

A grande importância desta metamorfose, é que aprendamos a sair dos conceitos da 3ª dimensão e adentremos de fato na 4ª dimensão e na realidade bem mais sutil que ela implica, até nas proprias cores do Céu. Já perceberam como o Sol, a cor do Céu, o clima, os efeitos geofísicos estão se alterando em velocidade bem maior?
A própria noção do tempo está errada, pois não temos mais as 24 horas diárias...
Com tudo isso, são quase inevitáveis a ansiedade e o medo das mudanças rumo a um mundo desconhecido para nós.

Além das sensações físicas que coloquei no artigo anterior, também podemos incluir: vertigens, mudanças no sistema imunológico, alergias repentinas, formigamento e câimbras, palpitação, ruídos ou zumbidos nos ouvidos, entre outras.
Como eu já disse, estes sintomas são sentidos pela maioria que está “ganhando mais uma hélice” no DNA, para se ajustar à nova freqüência da 4ª dimensão.
Somente as substâncias cristalinas podem existir em níveis dimensionais mais elevados. Isto não quer dizer que a alma vá ascensionar, mas sim, que os corpos estão sendo adaptados. Nem todos o serão e nem todos que estão sendo, ficarão na Nova Terra. Uma pequena parcela dos adultos já alcançou as 1024 seqüências de DNA, que eqüivalem aos 144mil giros galácticos a que me referi em artigo anterior. Esse despertar, para ser efetivo, unirá corpo, mente e alma. Conforme escrevi anteriormente, são 144 mil seres encarnados que estão ancorando esta nova energia e possibilitando que outros possam despertar conscientemente, para que, atingindo um terço da população mundial, o Cristo Cósmico desça à Terra, através do esforço individual de evolução e despertar do Eu Superior de cada um de nós.
Contamos com a ajuda de bilhões de espíritos amigos, deste e de outros orbes, mas o esforço é nosso, não esqueçam disto.

Muita luz!

Fontes de consulta: Patrícia Resch, Dr. Richard Boylam, Dr. Berrenda Fox e Suzanna Thorpe-Clarck.


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 8 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Leia Também

A Grande Fraternidade Branca Universal

Sintomas da Ascensão




Sobre o autor
clube Vera HT é
Email:
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Transcomunicação Instrumental
artigo A liberdade de ser
artigo Você sabe quais os benefícios de um atendimento de radiônica?
artigo Do Oran Mor aos corações apaixonados pela Luz





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa