Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Sanat Kumara – Papai Noel existe?

por Vera HT
Publicado dia 15/12/2003 11:13:39 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Vou contar para vocês uma história que me aconteceu quando eu era criança. Claro que as palavras foram adaptadas para lhes escrever este texto, bem como ao longo dos anos, fui tentando tornar lógico tudo isto, com informações que acabei adquirindo de outras fontes.

Era véspera de Natal e eu tinha sete anos. Minha família reunida, aguardava a meia noite, quando fui para o quintal, olhei para o Céu, pra variar, e vi um rastro de Luz e na frente, era como se fosse uma nuvem com formato de rena e Papai noel, no qual nunca acreditei!
Fiquei imóvel, não contei pra ninguém, mesmo porque não iriam acreditar. Diriam que era mais uma “bobagem” minha.
Fui me deitar e logo começaram aqueles zumbidos metálicos no meu ouvido, antecedendo as comunicações. Sei que muitos sentem estes zumbidos e me entendem. Comecei a chamar Jesus e fui me acalmando. Fiquei naquele estado entre acordada e dormindo até que apareceu no meu quarto um senhor de barba grisalha, sorrindo para mim. Começamos a conversar telepaticamente, e ele me disse, mais ou menos assim, mas o sentido era exatamente este:

“Minha criança, você agora está ocupando este corpo na terceira dimensão, mas tudo é pura ilusão. É como um grande cinema com imagens holográficas. Então, por que não acreditar em Papai-Noel, se isto lhe trouxer felicidade?
Vocês podem optar no quê acreditar. As ilusões saudáveis são necessárias neste mundo. Cada adulto na Terra, traz dentro de si, a criança que já foi um dia. Eu sou real e meu nome é Sanat Kumara.
Sou o Logos Planetário* e o Regente do planeta Vênus. Muitos me conhecem como Ancião dos Dias ou Salvador da Terra”.

Eu lhe perguntei o porquê de “Salvador da Terra”, ao que ele me respondeu:
“Porque há mais ou menos 2,5 milhões de anos, quando aconteceu a “queda do homem” (que foi quando os homens começaram a usar o livre arbítrio e se afastaram das consciências superiores que até então os dirigiam), foi decidido que a Terra seria exterminada, pois, com esta escolha feita pelos seres que nela habitavam, não haveria Luz suficiente no planeta pelos seres que nela habitavam, não haveria Luz suficiente para que o planeta se mantivesse dentro da Lei Cósmica.

Fui, então, convidado a participar de um Conselho Cósmico** estabelecido e comandado por Alpha e Ômega, juntamente como Conselho da Grande Hierarquia Solar desta e de outras galáxias. Nesta reunião, iriam decidir pela desintegração ou não, da Terra, considerado um planeta em desarmonia com os demais do sistema, cujo eixo havia se inclinado em 45 graus, sendo esta uma clara demonstração da “queda” que ali ocorrera.
Se houvesse desintegração da Terra, os seres que nela habitavam, sofreriam a 2ª morte, ou seja, seriam destruídos totalmente, tanto o corpo físico como o espiritual.
Aquilo tocou fundo em mim, pois amava este belo planeta. Foi então, que pedi autorização e me prontifiquei a assumir a responsabilidade de reequilibrar o planeta e os seres que ali estavam em evolução.
Em comum acordo com minha chama gêmea Vênus e com o consentimento do Conselho, parti para cá em um exílio voluntário de milhões de anos, confiante em meu sucesso.
Antes de minha vinda, 30 fiéis companheiros, todos Kumaras,*** me precederam e se ofereceram para construir um Lar parecido com o meu em Vênus. Foi então que surgiu Shamballa.

Alguns deste arquitetos são conhecidos, hoje, pelos nomes de Seraphis Bey (responsável pelo 4º Raio da Chama branco-cristal da Ascensão e Kutumi, um dos instrutores do mundo, que veio numa das encarnações, como São João Evangelista).
Leia também o texto: “A Grande Fraternidade Branca Universal” – link no final desse artigo.
Sete Kumaras faziam parte da minha guarda de honra e mesmo após meu retorno a Vênus, continuaram como guardiões da Força de Shamballa, representando cada, um Raio de Luz.
Os 30 Kumaras, foram os responsáveis pela construção do Templo de Salomão e do Taj Mahal.
Viemos em três Kumaras com missões especiais: Eu, Sananda Kumara, conhecido como Jesus e Sanaka Kumara, conhecido como Arcanjo Miguel, ou Ashtar Sheran”.
(Percebam que ao citar nomes, a referência é quanto ás funções).
À medida em que ele falava, eu me sentia preenchida por um amor que não conseguiria transmitir-lhes, mas que é presente em minha vida, até hoje, até sempre.
E seguiu ele falando:

“Shamballa é hoje um reino etérico e sua localização é mutável, de acordo com as necessidades de cada época. No início ficava em uma ilha no mar de Gobi, a oeste da Ásia, conhecida como a Ilha Branca, que era assim chamada porque a cidade era toda de mármore branco, ornamentada com pedras preciosas e ouro. Hoje no local só há um deserto: o deserto de Gobi.
Sua construção demorou 900 anos e quando ficou pronta era quase idêntica à de Vênus. Apenas faltava minha alma gêmea: Vênus.
A entrada era ornamentada por um lindo jardim. Uma larga avenida levava à minha residência que ficava no alto da cidade. Na entrada, uma larga escada de 12 degraus conduzia ao terraço gramado, repleto de flores de infinitas cores. A fachada era de mármore branco e em seus jardins, havia uma fonte para cada Raio Divino, a jorrar águas cristalinas e coloridas. A cúpula do Templo era um grande Lotus dourado, onde os raios do sol refletiam as sete esferas de Luz.
Quando finalmente cheguei em Shamballa, invoquei e ancorei a Chama Trina, representando amor, sabedoria e poder. Esta chama trina está impressa em cada coração humano, devendo ser acionada para ancorar O Cristo na Terra. Neste dia, saberei que valeu a pena ter depositado minha confiança na Terra e em sua humanidade”.

Neste momento, ele me olhou com muita suavidade e disse:
“Agora durma, minha criança, sonhe com a realidade e ao acordar, viva seus sonhos para despertar sua Chama Trina, para que possa retornar a Shamballa”.

Sim, sonhos lógicos, numa vida utópica... com certeza lhes digo que vale a pena!
Sejam muito felizes!


*Logos Planetário: É o núcleo de Consciência de pura energia, que cria e sustenta o Universo, como um todo ou partes focais dos Universos. Inclui entidades, Avatares, regentes monádicos, mônadas e outras partículas de vida.

** Conselho Cósmico: Entidade que representa a custódia de pontos específicos do Plano Evolutivo e estimula o desenvolvimento deste Plano, no setor em que atua.
O Conselho Alpha e Ômega, capta energias superiores, que servem de fonte de inspiração para a humanidade.

***Kumaras: Também conhecidos como filhos de Brahma. Em sânscrito, significa jovem inocente e puro. É a manifestação do arquétipo do homem perfeito.




estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 9 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Leia Também

A Grande Fraternidade Branca Universal




Sobre o autor
clube Vera HT é
Email:
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Quando a economia vai melhorar? Júpiter em marcha direta irá ajudar?
artigo Porque vínculos traumáticos abusivos são difíceis de romper?
artigo Kyudo 2
artigo Babaji - O padrinho espiritual secreto








horoscopo



As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa