auravide auravide

Sementes Oleaginosas


Elas fazem parte da família dos alimentos classificados como biogênicos, ou seja, que geram vida. Principalmente, quando são frescas e cruas, e previamente hidratadas.
As sementes mais comuns aqui no Brasil, em termos de propriedades nutricionais são as de linhaça e girassol (clima frio), gergelim, castanha do Pará e de caju (clima quente) e abóbora. Também são valorizadas as nozes brasileiras que são a pecã e macadâmia.
Como a própria classificação diz, estas sementes são concentradas em óleos vegetais ou "nutricionais", mas também são ricas em proteínas, fibras, sais minerais, vitaminas, enzimas e fitohormônios.

Constituem uma forma concentrada de energia e informações genéticas para “gerar vida”.
Assim, essas sementes devem fazer parte da alimentação diária. Mas para alimentar-se com sabedoria é preciso conhecimento e estudo. Por serem muito concentradas em nutrientes, vitalidade e calóricas, no seu consumo diário deve-se focar na sua qualidade, porém evitando o consumo de grandes quantidades.

Diante da obesidade crescente da população brasileira, alguns profissionais da área médica e nutricional têm abominado o consumo incondicional de gorduras, não conseguindo esclarecer com bons fundamentos, a diferença entre gordura saturada (geralmente de origem animal - ruim para a saúde) e as gorduras nutricionais, aquelas que cumprem uma série de funções metabólicas de extrema importância, que são:
• Controlar a temperatura corporal;
• Construir e renovar as células cerebrais;
• Proteger os órgãos e músculos dos impactos;
• Fornecer ácidos graxos essenciais para a construção de membranas celulares flexíveis e porosas;
• Fornecer os ácidos graxos essenciais ou precursores para a produção de vitaminas, hormônios, ácidos biliares e pigmentos e;
• Transportar e absorver as vitaminais liposolúveis (A, D, E e K).
Você sabia de tudo isso?
Pois é! Tem mais.

Gorduras Saturadas X Insaturadas
As gorduras ruins em geral são sólidas ou semi-sólidas na temperatura ambiente e de origem animal, como a das carnes e laticínios, ou, como única exceção de origem vegetal, as gorduras do coco e do dendê. A estas gorduras ruins dá-se o nome de SATURADAS.
Já as gorduras nutricionais na realidade são os óleos, que são líquidos na temperatura ambiente e de origem vegetal - exceção para os óleos de peixe. A estas, dá-se o nome de INSATURADAS e POLIINSATURADAS (família dos ômegas).

Ácidos graxos ESSENCIAIS
O organismo humano é capaz de sintetizar todo tipo de ácidos graxos que necessita, menos os poliinsaturados linoleico (LA) e linolênico (LNA), que devem estar presentes numa alimentação natural e consciente e são chamados portanto de "essenciais". Sua carência nutricional pode provocar problemas graves como:

Deficiência do ácido linoleico (LA) - Eczema como erupções de pele, perda de cabelo, degeneração do fígado, distúrbios de comportamento, degeneração dos rins, perda excessiva de líquidos através da pele acompanhada de sede, ressecamento de glândulas, suscetibilidade a infecções, difícil cicatrização, esterilidade masculina, aborto, artrite, problemas de coração e circulatórios, retardo no crescimento. A ausência prolongada na dieta pode ser fatal. Todos os sintomas podem ser revertidos com a regularização do consumo alimentar.

Deficiência do ácido linolênico (LNA) - Retardo no crescimento, fraqueza, debilidade da visão e de aprendizado, baixa coordenação motora, formigamento de braços e pernas e alterações de comportamento. Estes sintomas podem ser eliminados pela reposição do LNA com alimentação adequada.
Muitas das funções dos ácidos graxos essenciais são ainda desconhecidas. Porém, existe uma longa lista de funções onde eles já estão reconhecidamente envolvidos. Veja as 2 funções mais importantes.


Fluidez das membranas celulares: os ácidos graxos essenciais fazem parte da estrutura da membrana de todas as células do organismo. São responsáveis pela fluidez e porosidade das membranas saudáveis, enquanto os ácidos graxos saturados, provenientes da gordura animal, promovem a construção de membranas mais rígidas e menos porosas. Células que possuem membranas fluidas, permitem o livre intercâmbio do caldo nutricional e energético. Na deficiência de ácidos graxos essenciais, as células apresentam membranas semi-rígidas, comprometendo negativamente todas as funções metabólicas.

Precursores dos super hormônios: sabe-se hoje (Prêmio Nobel de 82) que 90% das doenças podem ser explicadas por desequilíbrios hormonais. Os ácidos graxos essenciais são os precursores de uma família de substâncias chamadas "super hormônios", cuja presença e equilíbrio no corpo humano irá determinar sua super saúde e vitalidade.
Veja na Tabela abaixo a composição dos óleos nutricionais contidos nas sementes oleaginosas cruas (sem processamento industrial).
Tipos de Ácidos Graxos nos grãos e sementes (%)


Texto extraído do seu mais recente livro A importância da Linhaça na saúde - editora Alaúde. Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações e citada a autora.
Não perca o seu lançamento: dia 12 de maio de 2007 – sábado - às 16 horas no Parque Villa Lobos - no CEA (Centro de Ensino Ambiental). Entrada gratuita - com degustação de docinhos, barra de cereais e sucos desintoxicantes.


estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1




trucom
Conceição Trucom é química, cientista e escritora sobre Alimentação Baseada em Plantas, considerada como Alimentação do Futuro: vitalizante e regenerativa.
Portal: www.docelimao.com.br
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa