auravide auravide

A ânsia por resultados

por Elisabeth Cavalcante
Publicado dia 07/08/2008 17:30:10 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Desejar alguma coisa ou querer atingir um objetivo constitui a principal característica da vida no plano da matéria. Visto que a existência neste plano é direcionada pelo ego e este sempre se baseia na ambição, o anseio por resultados está sempre presente.

Entretanto, se iluminarmos nossas ações com a luz da consciência, veremos o quanto este anseio bloqueia o alcance de nossas mais importantes conquistas, aquelas que resultam não somente no alcance de posição socialmente valorizada, mas num crescimento interior significativo.

Abandonar a atitude ansiosa exige de nós que estejamos firmemente preenchidos com a chama da confiança no poder divino. Somente esta convicção serena é que nos livrará do sofrimento quando alguns objetivos se frustrarem ou não acontecerem no tempo que desejávamos.

Acreditar e esperar confiantemente que a existência nos dará tudo aquilo de que precisamos para sermos felizes, mesmo que isto não signifique necessariamente a realização de todos os nossos desejos, é o primeiro passo para que a nossa felicidade não se torne algo totalmente dependente de fatores exteriores a nós.

Ao empreendermos ações, o mais importante é que nos preocupemos em analisar o modo como as direcionaremos. Olhar para dentro é a chave que nos libertará da ânsia por resultados. Quanto mais relaxados e confiantes permanecermos, mais espontaneamente a realização de nossos objetivos surgirá. A serenidade é, portanto, a melhor ferramenta que podemos desenvolver para construir uma vida onde os acontecimentos se desencadeiem de modo harmonioso e natural.
Querido Osho,
Desde que eu comecei a meditar, há quatro anos, minha vida tem mudado tremendamente. As mudanças acontecem; não é que eu tenha algum insight e em seguida eu comece a fazer alguma coisa. Todo esse tempo tem sido um tempo de espera. Existe uma sensação de que algo quer se expressar por si mesmo, e que eu tenho que permitir isso. Será que eu estou esperando por algo para crescer forte o bastante, ou eu estou apenas preguiçoso? Ou será que estou ‘esperando por Godot’?
Querido mestre, agradeço-lhe por estar aqui.

"Amrit Sagaram, as coisas estão crescendo.
Desde que você começou a meditar, muita água passou pelo Ganges, e muito se mudou em sua consciência. Mas não peça por mais; deixe que a existência tenha o seu próprio tempo. Lembre-se de Ta Hui - quanto mais você se apressa, mais você se atrasa. Você não consegue fazer nada melhor do que o que a existência já está fazendo. Simplesmente entregue-se nas mãos da existência.

As pessoas relaxadas são sempre mal compreendidas, vistas como preguiçosas. Isso não é preguiça. Isso parece preguiça para os viciados em trabalho, aqueles que não conseguem sentar, que têm medo do momento em que pararem de fazer algo e então terão que conhecer a si mesmos. E esse é o medo deles - quem sabe o que eles são?
É melhor evitar o encontro.
Relaxamento é sentir-se à vontade. O que estiver acontecendo a você está perfeito.

... Simplesmente espere e deixe as coisas acontecerem - não de acordo com você, mas de acordo com a própria existência. A existência não tem que estar de acordo com você; você é que tem que estar em sintonia com a existência, de acordo com ela. Esta é a única diferença entre o meditador e o não-meditador.

O não-meditador quer que a existência esteja sempre de acordo com as suas idéias e naturalmente ele cai em estados miseráveis, porque a existência é grande demais; ela não consegue seguir as suas idéias, as suas preces, as suas expectativas, as suas exigências.

É verdadeiro o provérbio que diz: o homem propõe (sugere a feitura) e Deus dispõe (desfaz) - mas não existe um Deus para desfazer. Na verdade, na própria proposição, você já desfaz. Você mesmo criou o fracasso porque quis o sucesso.
Não existe coisa alguma para se ter expectativa a respeito, para se desejar.
A existência é tão abundante que se você simplesmente estiver esperando, ela começará a lhe derramar flores. Uma vida de espera, sem quaisquer expectativas, é a única vida religiosa que eu conheço.

... A existência é muito compassiva e compartilha muito, mas somente com aqueles que não exigem. O não-desejo é a base de todos os grandes acontecimentos.
Sagaram, simplesmente espere em confiança e tudo o que a existência possui lhe será revelado. É melhor não pedir por coisa alguma, caso contrário sempre haverá frustração.

Não peça, e você será atendido.
Apenas confie silenciosamente e espere, e milagres sempre acontecem aos meditadores. O maior dos milagres é a revelação do mistério de si mesmo.
Você está perfeitamente no caminho certo. Cuidado com sua mente - ela tentará perturbá-lo, desviá-lo, criar dúvidas. Simplesmente coloque-a de lado. Esta grande tarefa nada tem a ver com a mente”.

OSHO – The Invitation


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa