auravide auravide

A decisão de curar-se


“Não existe nada que nos separe de Deus; somos todos manifestações divinas do princípio criativo neste nível de existência. Nenhuma carência ou penúria pode realmente existir e nada existe que tenhamos de tentar obter. Todos temos dentro de nós mesmos o potencial para sermos o que quisermos”. (Shakti Gawain é pioneira no campo do desenvolvimento pessoal e autora dos best-sellers: A conquista da Verdadeira Prosperidade, Meditações, Os Quatro Níveis da Cura, Vivendo na Luz e Visualização Criativa. Dá workshops em todo o mundo e vive em Mill Valley, Califórnia e no Havaí) Shakti Gawain(*)

Nos dias em que vivemos, cada vez mais pessoas mostram-se ansiosas por mudar suas vidas, desejosas de descobrir o que existe de errado com elas e porque não conseguem encontrar equilíbrio e serenidade.

Muitas afirmam ter consciência de que precisam fazer algo, mas não conseguem descobrir o que precisa ser feito ou por onde devem começar. Na verdade, sentir que algo está errado é um bom sinal.

Significa que, de algum modo, nossa alma está indicando que a “sintonia” de nosso canal interior não está funcionando como deveria. Porém, saber que uma rádio não sintoniza perfeitamente, que existem ruídos e interferências atuando, não é suficiente. É necessário fazer algo de concreto para que esses ruídos sejam eliminados e possamos ter uma perfeita audição daquilo que precisamos ouvir.

Com nosso Eu Superior acontece exatamente a mesma coisa. Ele é a rádio que necessitamos sintonizar, permitir que nos direcione, e nos indique o melhor caminho.
Porém, os “ruídos” provocados pelo ego e pelas emoções negativas inconscientes, que formam nossa sombra, nos impedem de ter uma perfeita audição da sabedoria que habita nosso ser.

Eliminar estes ruídos não é uma tarefa fácil e exige disciplina e perseverança.
O primeiro passo a ser dado é acender a chama da fé. Se não acreditarmos que podemos vencer qualquer obstáculo e nos tornarmos senhores de nossa vida, nada poderá ser feito.

O segundo passo chama-se decisão. Decidir curar-se é outra atitude essencial sem a qual nenhum passo pode ser dado. É o momento que faz toda a diferença, o instante em que pela primeira vez optamos por agir ao invés de nos sentirmos vitimas do destino e apenas lamentar pelo que não conseguimos realizar.

O terceiro passo consiste em tomar atitudes concretas para alcançar a cura, abandonar a inércia, mesmo que tenhamos de enfrentar obstáculos e dificuldades na conquista dessa meta.

Outro importante passo a ser dado para entrarmos em contato com o que existe de melhor em nós, é aprender a arte do recolhimento e do silêncio. Sem isso, estaremos surdos ao chamado de nosso Eu mais profundo e continuaremos à mercê de nossas angústias e sofrimentos.

A sensação interior de poder, de confiança na capacidade de alcançar realização e felicidade pode ser acessível a qualquer ser humano. Deus não discrimina nenhum de seus filhos, dá a cada um o mesmo potencial de crescimento e evolução.

Mas a escolha entre expressar a Luz ou permanecer prisioneiro da escuridão é tarefa nossa e nisso o Supremo Poder Criador não interfere. Porém, ao tomarmos a decisão de iniciar essa tarefa, podemos ter a certeza de que a Graça Divina jamais nos faltará.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa