Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

As novas leis para a vida

por Elisabeth Cavalcante
As novas leis para a vida
Publicado dia 08/04/2020 11:35:05 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Para muitos a vida pode parecer um grande caos, porém, esta é uma visão equivocada. A existência possui leis próprias, algumas muitas claras e perceptíveis para aqueles que já despertaram, em algum grau, sua consciência. A convivência entre as diferentes formas de vida, carece de um código de conduta para que a harmonia e a Unidade possam existir e se manter.

Como tem sido amplamente divulgado neste site, a energia da quinta dimensão já está presente. E muitos puderam, inclusive, ativar seus corpos de luz para facilitar a sintonia com este novo padrão de consciência, graças aos nossos amigos da Era de Cristal, -canais conscientes de canalização de mensagens dos irmãos pleiadianos-, que amorosamente nos enviam este presente, para facilitar nosso caminho nesse momento tão importante de nossa jornada evolutiva.

E esta valiosa dádiva incluiu, na ultima semana, o CODEX, um código de conduta divulgado através do STUM, e que pretende despertar nossa atenção para a responsabilidade que cada um, individualmente, possui para a construção da nova era que desejamos ver nascer neste planeta.

Ele tem a intenção de nos ajudar a compreender quais as formas de agir e se relacionar com a vida e nossos semelhantes, em consonância com a energia da quinta dimensão. Seria muito útil que todos acessassem estas informações e as divulgassem para o maior número possível de pessoas.

Certamente o tema será alvo de muitos boletins do STUM e discussões nas páginas da Era de Cristal, porém, gostaria de abordar aqui algumas que despertaram minha atenção.

A primeira delas é a lei do entusiasmo, que resumidamente diz:

"Só é possível que algo se manifeste se houver uma ação contínua movendo o fluxo das energias, o que é diferente de perseverança, que está mais para insistência e não move o fluxo de energias.

Pensemos em como um ser vivo se manifestou neste plano e nesta dimensão. Duas células tinham entusiasmo suficiente para mover uma ação contínua que regulava o fluxo das energias. Se no meio deste processo não houvesse entusiasmo suficiente, o que aconteceria com ele?

Porém, antes disso, suas formas mais sutis tiveram um trabalho bastante extenso em termos de duração e densidade para que ele pudesse se manifestar nesta forma. Seus corpos sutis trabalharam exaustivamente em termos de duração e densidade para que tivessem a forma física.

Depois da individualização, partindo da Fonte, não há mais, de forma alguma, ação da Fonte em termos de manifestação nas dimensões. Estamos agora falando da Fonte.

A única ação da Fonte é individualizar-se; a partir disso, cada individualização trabalha em suas manifestações individualmente..."


Eu me identifiquei imediatamente com ela porque sempre acreditei que o entusiasmo era a energia fundamental para que déssemos vida ao que quer que queiramos manifestar. Ou seja, o entusiasmo é uma força poderosa, que uma vez detonada, faz com que o fluxo das energias se dirija de modo inequívoco para a materialização de nossa vontade.

A partir do momento em que se individualiza em cada ser, Deus -ou a Fonte-, deixa a cargo daquela manifestação o poder de criar o seu destino. Eu tenho testemunhado inúmeras pessoas que desejam realizar algo, mas não conseguem encontrar dentro de si, por inúmeras razões, esta força poderosa chamada entusiasmo.

Outras, ao contrário, apesar de gigantescos obstáculos foram capazes de mudar radicalmente seu destino, pois eram direcionados pela energia do entusiasmo.

Outra lei que me chamou a atenção é a da Essência, que será cada vez mais necessária se quisermos reduzir o absurdo consumismo e individualismo que predomina em nossos dias, e aprendermos a viver com o que é essencial. Vejamos resumidamente, o que ela nos traz:

"...Essencial é o que é maior e melhor, inclusivo e abrangente, adequado e útil, em relação às opções
Conseguiram relativizar tanto estes valores, que até as existências se tornaram mais ou menos importantes, vistas de forma individual!
'Esta vida ou forma de vida não tem importância, pode ser sacrificada'.
'Esta vida ou forma de vida será colocada de lado, em função de outra'.
De tanto que relativizaram os valores, para saírem dessa confusão que criaram, é preciso que tenham em mente que neste Ciclo, as coisas são regidas pela Lei da Essência. E a Lei da Essência é simplesmente: a existência de tudo é o que é.
Porém, como saber o que é essencial?
. Essencial é o que é maior e melhor, em relação às opções.
. Essencial é o que é inclusivo e abrangente, em relação às opções.
. E essencial é o que é adequado e útil, em relação às opções.
Em suas escolhas, que cada vez estarão mais distantes do livre-arbítrio, esperamos que este conceito não seja esquecido e isso acontecerá, porque cada vez mais, deixarão de pensar apenas em si, por si e para si.
Devem ficar com o que é essencial e recorrer à Lei da Essência.
...Façam isso com os seus objetos e isso é o início do tal desapego.
...Desapegar-se não significa desfazer-se de tudo e não ter nada ao seu redor. Isso é negar também todas as manifestações da Fonte, isto é negar a cocriação, isto é negar a criação individual. Isto vai contra as Leis cósmicas e universais.
Porém, as Leis cósmicas e universais também não dizem que devem ficar com tudo. Dizem apenas que fiquem com o essencial.
O que for melhor, mais útil, mais abrangente, no sentido de auxiliar mais indivíduos, ou o que inclua mais existências".


E, finalmente, a ultima e mais importante das leis, que é a Lei da Reconciliação. Vejamos o que ela diz:"A Lei da Reconciliação é mais um decreto do que uma Lei, uma vez que serve para estes planetas e para estas civilizações que estão evoluindo, mas que continuam com seus problemas. Esta é a única solução possível para que todas as formas de existência do planeta, prossigam no próximo Ciclo, vivendo aqui e é uma imposição cósmica para a evolução.
O que tem de igual com outro ser, mantenha e amplie. O que tem de diferente, diminua.
Se a Lei da Reconciliação não for seguida, os seres que aqui estão, individualmente, não poderão participar do plano evolutivo do planeta e é com base na Lei da Reconciliação que ficarão neste próximo Ciclo, ou que terão que procurar outros locais para evoluir.
Assim, gostaríamos que entendessem que a Lei do Karma foi retirada, mas a Lei da Reconciliação é a "nova" Lei do Karma, no sentido de estarem inexoravelmente, atados a ela.
Se não se lembrarem de mais nenhuma Lei, fiquem com esta.
Se não conseguirem memorizar todas as outras, fiquem com esta, porque unificar semelhanças e diminuir diferenças foi a mais alta síntese do Conselho Cósmico em termos de que entendam a Lei da Unidade, a Lei do Amor, a Lei da Misericórdia, a Lei da Graça, e todas as outras.
E é através desta premissa que devem conduzir sua civilização de agora em diante".


Portanto, focar nossa atenção naquilo que nos une a nossos semelhantes, e não nos aspectos que nos diferenciam ou separam, é a regra fundamental para construirmos um mundo baseado no Amor e na Unidade.

Que todos possamos exercitá-las de modo cada vez mais amplo e natural.

"Todas as técnicas de meditação são uma ajuda para destruir o falso. Elas não lhe dão o real - o real não pode ser dado.
Aquilo que pode ser dado não pode ser real.
Você já possui o real; só lhe falta afastar o falso (OSHO)



Se quiser baixar a sua versão do Codex, clique sobre o idioma escolhido:
português, espanhol, italiano





Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, elisabnn Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Você tem realmente esse tal Livre Arbítrio?
artigo Contrato com a morte
artigo Estesia
artigo A mudança deve ser interna





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa