Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Conhecimento

Conhecimento
Publicado dia 17/09/2009 16:56:21 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Uma das lições mais importantes que precisamos aprender, no caminho do desenvolvimento espiritual e do autoconhecimento, é ignorar os apelos e as interferências da mente.

A mente sempre nos leva a duvidar daquilo que intuímos, ou sentimos em nosso coração como sendo verdadeiro. Ela exige provas materiais, concretas, racionais. Chega mesmo, em algumas ocasiões, a tentar nos fazer acreditar que estamos ficando loucos.

Por isso, vamos em busca de mestres, livros e toda a forma de ensinamento que nos forneça um aval, algo que possamos apresentar para a nossa mente e dizer: “veja, isto é real, verdadeiro, está sendo atestado por alguém com grande conhecimento e sabedoria”.

Porém, este convencimento não durará por muito tempo, logo a mente nos trará novas dúvidas e questionamentos, e jogará por terra nossas frágeis convicções. É da natureza da mente agir assim, ela sempre tentará nos infundir mais medo e desconfiança, pois é a única forma de nos manter sob o seu domínio.

Só há uma maneira de fugir deste círculo vicioso: é ir além do racional, ter a coragem de mergulhar fundo em nossa própria interioridade e vivenciar, plenamente, a consciência divina que constitui nossa real natureza.

Uma vez que isto aconteça, nenhuma dúvida poderá mais nos assaltar, e todos os ensinamentos se tornam, finalmente, verdadeiro conhecimento, inquestionável, porque transcendeu o mero entendimento intelectual.

Mas é preciso muita determinação e vontade para seguir adiante quando os obstáculos surgirem - e eles serão muitos -, tanto os reais quanto aqueles que não passam de desculpas criadas pela mente para nos fazer desistir da jornada.

“Há duas coisas que devem ser entendidas: 'O desabrochar da flor é o momento glorioso no qual a percepção desperta: com ele surge a confiança, o conhecimento, a certeza'.

A menos que você experimente, não conheceu ainda. A menos que você experimente, não pode haver fé. Antes que você experimente, toda crença é falsa, toda certeza é apenas fachada, todo conhecimento é apenas informação e nada mais.

Lembre-se: antes de experimentar alguma coisas por si mesmo, não esteja tão seguro dela, pois a certeza em demasia é apenas um truque da mente para ocultar a incerteza interior. Antes de vivenciar alguma coisa por si mesmo, não diga que a conhece, porque seu conhecimento é apenas um truque para ocultar sua ignorância.

Você pode ter lido o Gita, você pode ter lido o Alcorão, pode ter lido a Bíblia. Então você sabe ' a respeito de ', mas não sabe. Pode saber muito a respeito de Deus, mas isso não significa nada, a menos que você conheça Deus.

Saber ' a respeito de' não é conhecimento. Você pode saber o que Jesus disse, mas isso é emprestado, secundário, inútil. Você pode repetir o que Krishna disse, mas isso é apenas mecânico. Você pode memorizá-lo, pode sabê-lo de cor, mas nunca estará em seu coração; permanecerá na memória. A memória é mecânica; não é conhecimento. O conhecimento surge somente através de sua própria experiência. Insista em sua própria experiência. Se você insistir, conseguirá.

Aqueles que procurarem, encontrarão.

Mas você nunca procura; contenta-se com um conhecimento emprestado. Nunca diz:' Preciso conhecer por mim mesmo'.Se você procurar, a existência estará pronta para lhe dar; mas você se contenta com livros, com escrituras, com informação de empréstimo. Nunca procura o verdadeiro conhecimento.

Procure o real. E o real significa a sua experiência, a sua própria experiência. Os Budas não são de nenhuma ajuda. Podem apenas mostrar o caminho, mas você precisa andar com seus próprios pés. Insista em conhecer por si mesmo, em sua própria experiência. Não se contente antes disso.

Aqueles que desejarem ler, lerão.

... Insista, ' quero ler na existência' e a ocasião lhe será dada. Mas se você não insistir, se contentar-se em carregar um livro morto, então,a existência não se imporá. A existência é absolutamente não-violenta; ela não se impõe a você. Você pode continuar com suas escrituras e, se está feliz, ótimo. Mas você está vivendo num mundo falso, está vivendo no mundo das palavras. Abra o livro da existência. Jogue fora todas as escrituras para que a escritura verdadeira possa ser encontrada.

Aqueles que desejarem aprender, aprenderão.

Aprender é difícil porque aprender significa render-se, aprender significa entregar-se, aprender significa tornar-se semelhante a um útero, tornar-se feminino, permitindo que a existência entre em você. Porém, aqueles que desejarem aprender, aprenderão.
Nós também desejamos, mas não aprender. Desejamos coletar mais informações. Isso não é aprender.

...Você pode carregar minhas palavras. Mas estará carregando um peso morto. Ele o oprimirá; você não será livre. Minhas palavras não podem libertá-lo. Ao contrário: podem aprisioná-lo, podem tornar-se grilhões para você.

Teria sido melhor se você não tivesse vindo. Tudo o que digo, seja o que for, não é para ser lembrado. É para ser vivido. E se você o vive, torna-se seu. Então, essas palavras não me pertencem mais. Agora, você conhece alguma coisa através de seus próprios olhos, sente alguma coisa através de seu coração. Isto é conhecimento. E isso proporciona certeza e fé.

Que a paz esteja convosco - pois somente na paz o divino se torna possível”.

Osho


por Elisabeth Cavalcante

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

Sobre o autor
elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, elisabnn Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo A resiliência pode ajudá-lo a superar a crise
artigo Só o agora importa
artigo Você sabe quem é quem na trama familiar da mãe abusiva?
artigo Coração Ardente




horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa