auravide auravide

Criatividade


Todos nós possuímos um poder criativo inato, que se origina de nossa essência, o ser natural com que chegamos ao mundo. Entretanto, ao longo de nosso crescimento nem sempre somos estimulados a expressar este dom.

Muitos de nós, aliás, têm sufocado seu potencial criativo desde muito cedo, e são condicionados a seguir regras pré-estabelecidas para lidar com a vida, que não fujam do roteiro comum à maioria dos seres humanos.
Quantas crianças não são reprimidas em seus talentos, porque os pais consideram bobagem as aptidões que não tragam retorno financeiro imediato?

Assim, aos poucos, vamos abandonando nosso potencial criativo, e desacreditando das idéias que brotam espontaneamente em nosso interior.

A criatividade é um subproduto da intuição, ou seja, ela se origina em uma dimensão que não passa pela razão. Por isso, para ser plenamente expressa exige um requisito essencial que é a confiança.

Somente aqueles que se entregam sem resistência aos seus insights intuitivos, pois possuem a convicção de que eles são ditados pela consciência divina, a parte de nós que constitui uma expressão individual do poder criador universal, conseguem vivenciar plenamente sua criatividade.

Quanto mais abertos e receptivos nos mantivermos para perceber os poderes de nossa alma, mais facilmente expressaremos a infinita capacidade criadora que carregamos em nosso interior.

"A criatividade significa simplesmente que você está em estado de relaxamento total. Não significa inação, mas sim relaxamento - porque, com o relaxamento, ocorre muita ação. Mas isso não é obra sua - você é apenas um veículo. Uma melodia começa a ecoar por seu intermédio - você não é o criador dela, ela vem do além.

...Quando você se torna criativo, quando permite que a criatividade flua por intermédio de você - quando você começa a cantar uma canção que não é sua, que não pode assinalar nem dizer: "Ela é criação minha"; sobre a qual você não pode pôr sua assinatura - então, a vida cria asas e desfere vôos.

Na criatividade está a superação; de outro modo, nós podemos continuar, no máximo, a nos perpetuarmos tal como somos. Você cria uma criança - isso não é criatividade. Você morre e a criança fica para perpetuar a vida, mas perpetuar-se não basta, a menos que você comece a superar a si mesmo. E essa superação só ocorre quando algo do além entra em contato com você.

Esse é o ponto de transcendência - superação. E, na superação, o milagre ocorre: você não existe, contudo, pela primeira vez, você existe".

Osho - do livro: Criatividade - Liberando Sua Força Interior



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa