auravide auravide

Despertam no Planeta Terra - Parte 1


Novas técnicas para tratar a saúde e o bem-estar dos seres humanos.

As atualíssimas técnicas vibracionais não nasceram em Portugal. Mas alguns portugueses ajudaram a traduzir, divulgar e aplicar estas técnicas um pouco por todo lado.
Seguindo as trilhas dos sábios da antiguidade os novos terapeutas encontraram uma nova linguagem para estabelecer um diálogo entre o facilitador dos processos de cura e a Supra-Consciência humana que tudo sabe, tudo sente, tudo vê e está cem por cento conectada com as bilhões de informações que recebemos a cada milésimo de segundo de todo o Cosmos. Sustentam também a teoria de que ainda não podemos, contando apenas com nosso cérebro, processar toda esta infinidade de informações, mas acreditam que é possível ir mais além e entrar em contato com uma consciência gigantesca individual que responde a perguntas feitas através do Pêndulo, da Radiônica, das ondas eletromagnéticas que são emanadas de softwares ultra sofisticados, de imãs e de diapasões.

Há milhares de anos, na Índia, a medicina Ayurveda via os seres humanos como um todo inseparável. Eram a cor da pele, os excrementos, a urina, as vibrações, o hálito, a cor e textura da língua, as pulsações dos diferentes órgãos, as expressões da comunicação, dos sonhos, do estar em família e em sociedade, que orientavam o terapeuta na confissão do diagnóstico físico, emocional, psíquico e espiritual.
No ocidente a medicina tomou um novo rumo 500 anos atrás e se tornou uma medicina dividida, buscando as respostas nas partes do corpo, ignorando o seu todo e especialmente a brilhante inteligência do nosso Eu Superior e da clara e provada conexão entre o corpo, a mente e o espírito.
Claro que a medicina evoluiu e sem ela, nos dias de hoje, morreríamos com infecções e outras emergências que exigem o conhecimento e habilidade dos cirurgiões e dos dentistas.
Mas com o advento dos novos descobrimentos não dá mais para negar que somos um sistema integrado e que, portanto, qualquer intervenção terapêutica que não tenha em conta o todo provavelmente trará efeitos colaterais indesejáveis. O que, no fundo, acaba por dar validade às medicinas holísticas orientais vindas dos fundos dos tempos.

Até aqui sabemos isso. A grande novidade que os terapeutas anunciam (e que talvez seja um simples recordar dos conhecimentos ainda mais antigos) é que podemos ter acesso direto à sabedoria do Supra-Consciente do ser que está à nossa frente e influenciar todos os corpos com técnicas não invasivas, não dolorosas e não provocadoras de efeitos (Provocados por efeitos colaterais ) iatrogênicos(*).

Esta capacidade de interligar corpo-mente-espírito está disponível hoje em várias formas de terapias que têm nas suas raizes ecos da Mecânica Quântica e da Teoria da Relatividade: terapias por intervenção direta do terapeuta, ou diagnósticos que nascem pela prática da radiônica, ou mesmo de programas de softwares muito sofisticados.
A interação direta do terapeuta passa pela necessidade de se aliar a intuição ao estudo de uma série de técnicas de bioressonâncias que decodificam a linguagem sinestésica como é o caso da radiestesia, do Biomagnetismo, da ARC (Análise e Reinformação Celular).
Essencialmente nestes métodos a comunicação entre o terapeuta e o paciente é feita por códigos definidos pelo terapeuta e generosamente aceitos pelo Supra-Consciente do paciente.
Assim se o terapeuta definir que o sim é porque o pêndulo anda no sentido anti-horario ou no sentido dos ponteiros do rélogio, o inconsciente aceita fazer este pacto de sinalização.
No caso de uma sessão de biomagnetismo, o código consiste no encurtamento ou alongamento da metade direita do corpo do paciente, consoante o mesmo vai recebendo os imãs em diferentes partes do seu corpo.
No caso da técnica ARC, o código consiste no deslocamento da órbita energética que passa pelo ombro do paciente, sendo este deslocamento detectado por alteração do pulso do paciente.
Este artigo que terá várias partes vai tentar levar até você um pouco do que compreendi ao entrevistar e experimentar estas técnicas com alguns terapeutas portugueses.
Portanto, não perca a Parte 2 onde irei falar sobre ARC e o Biomagnetismo.



estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Leia Também

Despertam no Planeta Terra - Parte 2




izabel
Izabel Telles é terapeuta holística e sensitiva formada pelo American Institute for Mental Imagery de Nova Iorque. Tem três livros publicados: “O outro lado da alma”, pela Axis Mundi, “Feche os olhos e veja” e “O livro das transformações” pela Editora Agora.
Visite meu blog.
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa