auravide auravide

Escolhas


Uma reflexão importante que devemos fazer, a cada momento, diz respeito às escolhas que realizamos e como elas têm relação direta com os acontecimentos em nossa vida.

Por mais que seja difícil para nós admitirmos, na maioria das vezes, criamos sofrimento, angústia e ansiedade através de nossas decisões e atitudes. Ainda que as tenhamos tomado de maneira inconsciente e motivadas por nosso emocional, o que importa é que somente tomando consciência de que fomos os criadores de tal situação, poderemos mudar nossas atitudes e buscar uma nova maneira de lidar com a vida.

Claro que este não é um processo fácil, mas, quanto mais tempo levarmos para aceitar que de nada adianta culpar o mundo ou qualquer outra pessoa por nossos problemas, mais tempo permaneceremos estacionados na energia do sacrifício.

A única forma possível de interromper este ciclo vicioso é analisar profundamente as motivações que nos levam a tomar cada decisão.
Se descobrirmos o que se esconde por trás de nossas escolhas, e tivermos a coragem de encarar com sinceridade essa resposta, por mais incômoda que ela seja, daremos os primeiros passos para iniciar uma nova forma de viver, onde nossas ações serão sempre guiadas pela sabedoria interior, que fala através de nosso coração.

A liberdade da escolha

O homem pode ser tremendamente feliz, e tremendamente infeliz. Ele é livre para escolher. Essa liberdade é um risco. Essa liberdade é muito perigosa, porque você se torna responsável.

E algo aconteceu com essa liberdade. Alguma coisa está errada.
O homem está, de uma certa maneira, de cabeça para baixo...

... A meditação é necessária somente porque você não escolheu ser feliz. Se você tivesse escolhido ser feliz, não haveria nenhuma necessidade de meditação.

A meditação é medicinal: se você está doente, então o medicamento é necessário. Os Budas não precisam de meditação.

Uma vez que você começou a escolher a felicidade, uma vez que você decidiu que você tem que ser feliz, então nenhuma meditação é necessária.

A meditação começará a acontecer naturalmente, por ela mesma.
A meditação é uma função do estar feliz.

A meditação segue o homem feliz como uma sombra: em qualquer lugar que ele for, qualquer coisa que ele estiver fazendo, ele estará meditativo. Ele estará intensamente centrado.[...]

A meditação ocorre naturalmente a uma pessoa feliz.

A meditação ocorre naturalmente a uma pessoa alegre.

A meditação é muito simples para uma pessoa que pode celebrar, que pode desfrutar a vida”.
OSHO, A Sudden Clash of Thunder.




estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa