auravide auravide

Humanos VI - Conhecimento Inútil


O conhecimento que cria impacto em nossa mente tem o mesmo efeito que um beliscão quando estamos dormindo... nos acorda.
Ficamos bronqueados, porém, efetivamente acordamos. Acordar com afago não é a mesma coisa. Ficamos cheios de dengo e nada de reagirmos. Levamos tempo para assimilar o novo segundo de vida, despertos. É assim com o conhecimento que observamos, mas nada sentimos e tampouco aplicamos em nosso dia-a-dia.
Assim foi com o conhecimento de impacto, se assim podemos definir. Despertou a mente para o novo ou, mais ainda, para o reencontro de uma realidade já estudada em outro plano.
Agora, o mais importante do que lamentar o impacto é agir conforme os novos conhecimentos. Depois, a colheita certamente virá.

Policie suas emoções. Cuide de suas atitudes. Ame o presente, senão ele teria outro nome. Jamais PRESENTE.
As pessoas que têm sede de saber e nada fazem com o que sabem, só armazenam no cérebro conhecimento sem valor e vão, aos poucos, se tornando reféns do que acumulam de conhecimento inútil.
O Universo nada cobra de nossa ignorância, mas tudo exige de nosso conhecimento.
É preciso aplicar.

A doença física resulta da incapacidade das pessoas de conviverem adequadamente e corretamente com o que sabem, possuem e, assim, serem felizes.
Darem o devido valor ao novo e ao acontecimento que acabaram de vivenciar. Só adquirir conhecimento é algo absolutamente inútil. Pior do que ignorar. O Universo não nos cobra só pelo que executamos, mas principalmente pelo que fazemos com o que sabemos. Quando conhecemos o bom imediatamente o ruim surge para testar-nos e cobrar o que fazemos com o nosso conhecimento.

Não resolve ler a Bíblia, livros de Física Quântica, o Alcorão, os Sutras de Lótus, livros de Auto-Ajuda ou Autoconhecimento... Saber, conhecer, é pior do que ignorar. Ninguém pode exigir coerência em um ignorante. Mas tudo é cobrado de quem sabe. Assim é - e assim sempre será. Aqui será aplicada a Lei de Causa e Efeito. Portanto, se não se aplica o que se sabe é muito melhor ser ignorante.

Um dia pedi ao meu mestre para saber mais e ele me disse:
- Já sabe bastante, agora aplica o que sabe.
Na realidade ele me disse que o que sei é suficiente para o meu atual momento. Posso lhes confessar que o que mais me complica são meus vícios antigos de conduta. Derrotá-los é uma batalha constante. Afinal, sabemos que é preciso perdoar, não julgar, respeitar o Livre-Arbítrio, não ter sentimento de mágoa, não controlar a vida das pessoas em nossa volta... e assim por diante.
De tal modo, sugiro cautela em sua sede de conhecimento. Precisamos ter consciência, cuidado e zelo com o saber. Não podemos continuar afirmando: O Saber não ocupa lugar...
Ocupa sim.
É preciso viver conforme se sabe.

Sei que nos veremos.
Beijo na alma


estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Leia Também

Humanos V - Idade




saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa