auravide auravide

Indecisão


Tomar decisões é uma das principais qualidades que temos de desenvolver nesta nossa caminhada no planeta Terra. Para algumas pessoas este exercício é bastante difícil, visto que se sentem acuadas pelo temor de tomar decisões erradas que podem trazer conseqüências desastrosas para sua vida.

Entretanto, ao temer a decisão acabam adiando indefinidamente a resolução de seus problemas. É muito comum encontrarmos pessoas que se queixam de suas vidas, sentem-se insatisfeitas e infelizes e, no entanto, não tomam qualquer decisão quanto a mover-se em busca de uma solução.

Estas pessoas aguardam que a solução lhes venha bater à porta, sem que precisem fazer qualquer movimento para ir ao seu encontro. Tomar decisões implica em assumir a responsabilidade por nosso próprio destino e por escolher, a cada momento, se vamos continuar à mercê dos acontecimentos ou assumir as rédeas de nossa vida.

Por trás da indecisão está, geralmente, uma personalidade imatura que resiste em efetuar escolhas porque teme assumir a responsabilidade por elas. Decidir é ato de coragem, mobilizado pela energia da maturidade, do desejo de tornar-se senhor de si, exercer o poder em sua plenitude.

Agir, sair da imobilidade, requer antes de tudo a decisão de vencer os próprios medos e ir à busca do que for necessário para alcançar um novo estado de ser.

“O homem fica destemido enfrentando seus medos. Não é uma questão de bravura. Basta simplesmente olhar para os fatos da vida e perceber que estes medos são naturais. Basta aceitá-los.

...Quando você o aceita, pouco a pouco o medo desaparece, pois ter medo perde o sentido. Você o aceita, sabe que ele está sempre ali - é isso!

...O que importa é a sua opção: a opção de aprender, a opção de passar pela experiência, a opção de enfrentar a escuridão. Muito lentamente sua coragem começará a emergir. E a argúcia não está separada da coragem, é quase um todo orgânico.

...Com a coragem vem a argúcia, a inteligência, a receptividade, uma mente sem preconceitos, a capacidade de aprender - elas vêm todas juntas.

MEDITAÇÃO PARA DISSIPAR VELHOS PADRÕES DE MEDO

É só um velho hábito que se consolidou. Tente fazer o oposto. Sempre que sentir que está se fechando - abra-se. Se quiser ir embora, não vá; se não quiser falar, então fale. Se quiser parar de argumentar, não pare; argumente com mais vigor ainda.
Sempre que surge uma situação que provoca medo, existem duas alternativas - ou você contesta ou você foge. Uma criança pequena normalmente não pode contestar, principalmente nos países tradicionalistas... O único jeito é se fechar, se fechar dentro de si mesma para se proteger. Assim você aprendeu o truque de fugir.
Agora, a sua única possibilidade é, assim que sentir que está tentando escapar, ficar firme no lugar, ser teimoso e partir para a briga. Durante um mês mais ou menos, tente fazer o oposto do que está acostumado e você aprenderá a superar essas duas atitudes. Ambas têm que ser superadas, pois só assim o homem torna-se destemido - e porque os dois jeitos estão errados. Como um dos dois jeitos errados está profundamente enraizado em você, é preciso contrabalançar com o outro.

Então, por um mês, você será um guerreiro de verdade - por causa de qualquer coisa. E você se sentirá muito bem, muito bem mesmo. Por que sempre que fugia, você se sentia mal, inferior. Essa é a estratégia do covarde - se fechar. Seja corajoso. Então, descarte as duas atitudes, pois ser corajoso, lá no fundo, também é ser covarde. Quando tanto a bravura quanto a covardia desaparecerem, então, você será destemido. Experimente!

Osho, do livro “Coragem” - o prazer de viver perigosamente”.




estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 7


elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa