Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Mãe das Pérolas 2

por Wagner Borges
Publicado dia 19/04/2001 17:04:28 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Mãe Divina,

Ainda agora pensei sobre as muitas lágrimas vertidas pelos sofredores de todos os lugares. Na verdade, senti em meu coração as dores da humanidade.

Estou no computador agora digitando o que segue internamente em meu íntimo.

Meu chacra cardíaco sente a dor do parto que faz nascer uma consciência ampla no seio da própria humanidade. Enquanto isso, minha mente processa e analisa ao mesmo tempo tentando entender a causa do vazio existencial que leva os homens a tantas infelicidades.

Sei de pesadas condições cármicas que acossam a humanidade e também sei da fome de amor que grassa nos corações. Mas, meu coração espiritual me diz que você recolhe cada lágrima vertida e as transforma em suaves pétalas espirituais que retornam ao plano terrestre em forma de orvalho benfeitor e invisível. Que os seus suaves eflúvios aliviam tantas dores internas e os homens nem se apercebem disso.

Parece que a arrogância e o egoísmo brotam aos borbotões na vida íntima de todos. Da mesma forma, a cegueira espiritual e a fome de amor que nunca termina parecem toldar as percepções e potenciais divinos latentes em suas consciências.

Querida, sinto a sede daqueles que clamam no deserto de si mesmos pela "água da vida" que só o amor pode aplacar.

Sinto muitos deles tateando às cegas em busca de um simples abraço confortador e do esclarecimento sadio das coisas do espírito. Parece que eles choram interdimensionalmente aqui dentro do meu coração.

Porém, não tenho seu poder de transformar tantas lágrimas em gotas de luz.

Por isso, lembrei-me de você e busco sua inspiração da maneira que Ramakrishna ensinou-me: deixo o coração cantar uma canção silenciosa e visualizo uma taça cheia de luz encostada em cima da minha cabeça. Ao mesmo tempo, visualizo que meu chacra cardíaco é uma imensa esfera de luz dourada pulsando pacificamente no centro interno do peito.

Então, imagino que a luz da taça entra pelo meu chacra coronário e desce internamente até a esfera dourada dentro do peito.

Imagino isso como um jorro de luz que desce e expande o amor no coração espiritual.

Torno-me terna LUZ que irradia interdimensionalmente a favor do bem de todos os seres.

Entrego-me ao "AMOR QUE GERA A VIDA" e penso em você recolhendo as lágrimas e transformando-as em gotas de PAZ no coração da humanidade.

Lembro-me do sorriso de criança de Ramakrishna e torno-me um jorro de luz por inteiro, totalmente preenchido por um amor incondicional que ajuda o mundo em silêncio.

Lembro-me dele dizendo-me: "A Mãe Divina é seu escudo! Trabalhe sob os auspícios generosos Dela. Seja amigo de todos e transforme as lágrimas dos homens em bençãos invisíveis."

Aqui e agora, em meio às luzes da cidade grande e das emoções turbulentas, eu compreendo claramente esse ensinamento. E sei que as águas turvas do ego podem ser transformadas pelo amor em caudalosos rios de bem-aventurança. E eles correm rumo ao oceano da consciência cósmica, que é dentro dos próprios corações...

Mãe, até posso ser mal-compreendido pelas pessoas por expor sentimentos tão íntimos, mas sou só um de seus filhos espirituais trabalhando e aprendendo nas lidas da Terra a arte da transmutação das lágrimas em LUZ. Esses sentimentos são vastos demais e não agüento tanta LUZ transbordando interdimensionalmente. "É muita areia para o meu caminhãozinho humano transportar!"

Novamente, lembro-me de Ramakrishna dizendo: "O crocodilo do samadhi** abocanhou-me e quer levar-me desse mundo. Quem será generoso comigo e estenderá a mão puxando-me para as margens da vida?"

Sim, era isso que ele queria dizer: "É muito amor inundando as praias do coração espiritual. Cada ondinha que chega é um avatar*** do Divino beijando as areias douradas e chamando para o despertar da consciência."

Mãe, aqui e agora, mais do que nunca, só posso dizer-lhe:

"OBRIGADO QUERIDA!"

Que as lágrimas da humanidade possam ser cada vez mais transformadas em ternas pétalas de LUZ por esse AMOR que tanto ama em silêncio e transforma a todos os seres, encarnados e desencarnados, terrestres e extraterrestres, em consciências despertas e luminosas.

PS: Somos todos cidadãos cósmicos e imortais. Viajamos na nave viva do universo interdimensional e a trilha da bem-aventurança já está dentro de nós. Sejamos felizes, aqui e agora... Forever!

- Wagner D. Borges -

* Ver o texto "Mãe das Pérolas" (texto número 260) em nosso site na seção "textos projetivos e espiritualistas".
** Samadhi (do sânscrito): "Consciência cósmica"; "Expansão da consciência".
*** Avatar (do sânscrito): "Emissários divinos"; "Canais conscientes da divindade entre os homens"; Por exemplo, Jesus, Krishna, Buda, Rama, Bábaji, Mátaji, Ananda e outros luminares da Espiritualidade são avatares do Divino ajudando a humanidade. Além deles, há muitos outros, que trabalham anonimamente e não se deixam perceber no plano visível, mas podem ser sentidos na vastidão do amor que viaja pelo coração espiritual.



KIT DE SOBREVIVÊNCIA PARA O DIA-A-DIA

VARA DE PESCAR
Para lembrarmos de pescar as boas qualidades dos outros.

ELÁSTICO
Para lembrarmos de sermos flexíveis: as coisas nem sempre acontecem do jeito
que queremos, mas no final dão certo.

BAND-AID
Para lembrarmos de curar sentimentos magoados, nossos ou de outros.

LÁPIS
Para lembrarmos de escrevermos as bênçãos e favores que recebemos todos os
dias.

APAGADOR
Para lembrarmos que todos nós erramos, porém devemos apagar estes erros.

CHICLETES
Para lembrarmos de que se nos esticarmos, podemos realizar qualquer coisa.

COFRE
Para lembrarmos de que valemos uma fortuna para nossas famílias e amigos.

BATOM
Para lembrarmos de que todos precisam de beijos e abraços.

SAQUINHO DE CHÁ
Para lembrarmos de relaxarmos diariamente.

PARA O MUNDO TALVEZ SEJAMOS APENAS ALGUÉM...
MAS PARA ALGUÉM, PODEMOS SER O MUNDO!

- Autor Desconhecido -
Nota: Recebemos esse texto pela internet. Se alguém souber quem é o autor, por favor nos informe para que possamos dar-lhe os devidos créditos de autoria.


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Leia Também

Mãe das Pérolas




Sobre o autor
wb
Wagner Borges é pesquisador, conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e confira a entrevista.
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse








horoscopo



As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa