auravide auravide

Rebeldia


O conceito de rebeldia tem sido bastante deturpado em nossa sociedade.
Geralmente entendemos a rebeldia como uma reação, usualmente agressiva ou até mesmo violenta, contra algo que nos oprime.
Na adolescência, quando nossa identidade está se afirmando, tendemos a reagir contra as imposições de nossos pais e da sociedade como um todo.
Este é um comportamento absolutamente saudável, pois esta é uma etapa da vida em que sentimos necessidade de descobrir quais são nossos próprios desejos e necessidades.

Infelizmente esta rebeldia é, na maior parte das vezes, incompreendida, o que leva muitos a reagirem com raiva diante das atitudes repressivas. Entretanto, a verdadeira rebeldia, é algo bem diferente.
Ela só é realmente assimilada à medida que nos tornamos mais maduros e descobrimos que seguir nossas percepções interiores -e viver em sintonia com elas e com nossa própria verdade-, não requer nenhuma atitude agressiva ou violenta.

Ao contrário, devemos fazê-lo de maneira serena e pacífica, sem qualquer intenção de revanche, mas simplesmente pelo desejo profundo de sermos fiéis a nós mesmos.

"A rebelião da qual eu tenho falado não tem que ser feita contra ninguém. Ela não é na verdade uma rebelião, mas somente uma compreensão. Não, você não tem que lutar contra os padres, as freiras e os pais externos.

... E eu também não estou dizendo a você para se rebelar contra tudo o que eles incutiram em você. Se você se rebelar contra sua própria mente, isso será uma reação, não uma rebelião. Note a diferença. A reação surge a partir da raiva; a reação é violenta. Numa reação você se torna cego de raiva. Numa reação você passa para o outro extremo.

Por exemplo, se os seus pais ensinaram você a ficar limpo e tomar um banho todo dia, e mais isso e mais aquilo, e se foi ensinado a você desde pequenino que a limpeza está próxima de Deus; o que você fará, se um dia você começar a se rebelar? Você vai parar de tomar banho. Você vai começar a viver imundo.

... Enquanto você estiver reagindo aos seus pais e às suas idéias de limpeza, você ainda está apegado àquelas mesmas idéias. Elas ainda estão dentro de você, elas ainda têm um poder sobre você, elas ainda são dominantes, elas ainda são decisivas

... Então o que é rebelião? Rebelião é pura compreensão. Você simplesmente compreende qual é o caso. Então você não fica mais obcecado por limpeza, e isso é tudo. Isso não quer dizer que você vá se tornar sujo. A limpeza tem sua própria beleza. Mas a pessoa não deve ficar obcecada por ela, porque obsessão é doença.

... Se você não prestar muita atenção aos pequenos detalhes, não verá muita diferença entre obsessão e inteligência. Por exemplo, se você cruzar com uma cobra no caminho e você der um salto, naturalmente você deu um salto devido ao medo.

... Esse medo é inteligência. Se você não for inteligente, for estúpido, você não vai pular para fora do caminho e, desnecessariamente, estará colocando a sua vida em perigo. A pessoa inteligente irá pular imediatamente - a cobra está ali. Isso é devido ao medo, mas esse medo é inteligente, positivo e está a serviço da vida.

Mas esse medo pode se tornar obsessivo... A pessoa pode se tornar obsessiva a respeito de qualquer coisa. Qualquer coisa que pode ser inteligente dentro de certos limites, pode se tornar uma neurose se você ampliar esses limites.

Reagir é passar para o outro extremo. Rebelião é uma compreensão muito profunda, compreensão profunda de um certo fenômeno. A rebelião sempre mantém você no meio, ela dá a você um equilíbrio.

... Eu não estou ensinando você a brigar com seus condicionamentos. Compreenda-os. Torne-se mais inteligente a respeito deles. Simplesmente veja como eles dominam você, como eles influenciam o seu comportamento, como eles modelam a sua personalidade, como eles seguem atingindo você pela porta dos fundos.

Simplesmente observe! Seja meditativo. E um dia, quando você tiver visto o funcionamento dos seus condicionamentos, de repente um equilíbrio será alcançado. Em sua real compreensão você estará livre.

Compreensão é liberdade, e essa liberdade eu chamo rebelião.
O verdadeiro rebelde não é um lutador; ele é um homem de compreensão. Ele simplesmente cresce em inteligência, não em raiva, não em ira. Você não consegue transformar a si mesmo tendo raiva de seu passado.

Dessa maneira, o passado irá continuar dominando você, o passado continuará sendo o centro de seu ser, o passado permanecerá o seu foco. Você permanecerá focado, preso ao passado. Você poderá passar para o outro extremo, mas você ainda continuará preso ao passado.

Fique alerta quanto a isso! ...Quando você reage, o traço permanece lá. Mas, na rebelião não fica nenhum traço; é liberdade completa.
Você tem simplesmente que ser um observador.

E o observar é a sua face original; aquele que observa é a sua consciência verdadeira. Aquilo que é observado é o condicionamento. Aquele que observa é a fonte divina de seu ser.

OSHO - The Secret.

***** Em Outubro acontecerá -pela primeira vez em São Paulo-, o workshop vivencial "A criança interior nos relacionamentos", destinado àqueles que desejam se conectar com sua criança interior e a lidar positivamente com ela. Para mais informações, escrevam para o meu e-mail.



estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa