auravide auravide

Reflexões Conscienciais - de gente para gente


(Depoimento de um Espírito Simples e Feliz)

Os meus maiores progressos foram nas pequenas coisas da vida...
Tratando os outros com respeito e simpatia, dei passos de gigante.
Portanto, não é preciso ser santo ou guru para ser feliz.
E também não é preciso muito para ir em frente consciencialmente.
Basta ser gente! E respeitar a liberdade de pensamento alheia.
Não fui gênio nem boçal. Fui eu mesmo, sem máscaras e nem conversa fiada.
E, assim, fiz minha vida e alcancei a alforria de mim mesmo.
Libertei-me da roda reencarnatória não por ser mestre ou ser especial.
Mas porque assumi integralmente o compromisso de ficar bem comigo mesmo.
Para isso, aprendi a respeitar os outros e a ser flexível, sem ser hipócrita.
Parei de julgar a vida alheia e prestei mais atenção em minha própria vida.
Sempre fui firme em minhas opiniões, mas sem ser chato ou ameaçador.
Quando errei, fui bem claro e humilde para mudar e tratei de pedir desculpas.
Nunca tive problemas em dar segundas chances, pois todos erram.
Sempre achei que os meus amigos fiéis eram presentes de Deus.
Eu não sabia nada de coisas espirituais, só fiquei sabendo depois que "subi além..."
Contudo, fui espiritual do meu jeito, com o meu caráter, e não sabia quase nada.
Pois é, caráter não é doutrina ou imposição consciencial, é atitude e equilíbrio.
E já vi muita gente que se achava altamente espiritualizada se estrepar por aqui.
Era gente que se tinha em alta consideração, cheia de salamaleques e vontades.
Mudaram de plano cheios de badulaques e balangandãs e queriam "furar o céu".
Tomaram um "ferrabrás de primeira" quando saíram do corpo! Se lascaram...
Nada demais, só a queda de suas ilusões. Só a verdade jogando Luz na cara!
Pareciam grandes no mundo, mas, que nada, eram só gente comum e igual a todos.
Porque, quando a máscara de carne cai, só fica o que se é, e a verdade aparece.
Vale mais a pena ser feliz sendo simples, vivendo e deixando viver...
O respeito ao próximo é fundamental! Considerando a todos como iguais na vida.
A arrogância escurece a Luz do espírito e o desvia da senda consciencial real.
Quem se acha muito inteligente, só de pensar isso já mostra sua burrice!
Eu não tenho teorias a passar e nem sei orientar a ninguém, só sei ser eu mesmo.
E isso me bastou para voar livre das peias do corpo e singrar os espaços...
Por isso, insisto em dizer que o mais importante é a integridade de caráter.
Cheguei aqui e fui muito bem recebido por todos, como um igual, como gente.
E nem reclamei porque não tinha banda de anjos me esperando com música chata.
Fui recebido com sorrisos e rapidamente me enturmei. Continuo sendo gente...
Penso e sinto, como antes, e continuo sendo simples e feliz comigo mesmo.
Outro dia, alguém me viu, de relance. Provavelmente, a pessoa era médium*.
E depois ela disse que tinha visto um Espírito de Luz. Não resisti e comecei a rir.
Sou só gente além da Terra... Eu mesmo, não um fantasma ou bolinha extrafísica.
E sendo simples, irradio algo bom, pois considero a todos como iguais.
Me interessa a gente simples do mundo, e não caras metidos a besta!
Cada um só encontrará no mundo astral aquilo que já tiver dentro de si mesmo.
Ninguém fura o céu! E nem vira um Buda** só porque sai do corpo de vez.
Finalizando essa prosa, de gente para gente, deixo um mantra especial...
É a palavra "Caráter!" - É só praticar, para ser simplesmente feliz.

P.S.:
E agora, cumprida minha tarefa, vou voar por aí...
Emancipado do jugo da carne, adoro singrar as estrelas.
E sempre digo a elas: "sou gente feliz, viu?"

- Anônimo -
(Recebido espiritualmente por Wagner Borges - São Paulo, 14 de outubro de 2014.)

- Nota de Wagner Borges: Esse espírito é possuidor de uma poderosa onda mental e nem deu para vê-lo direito. Só percebia a silhueta um homem dentro de um campo luminoso, nada mais. Ele usa uma comunicação com linguagem bem popular, pois essa é a sua área de atuação, mas a sua irradiação energética não deixa dúvidas quanto à sua condição extrafísica elevada. Inclusive, ele não quer nenhuma ostensividade a respeito de sua personalidade. Ou seja, trata-se de uma consciência extrafísica benfeitora, que opera nos bastidores espirituais a favor do Bem de todos.
Agradeço a ele por ter me dado a honra de captar os seus apontamentos e repassá-los de forma aberta, com o objetivo claro de esclarecimento consciencial e reflexão sadia.
Paz e Luz.

- Notas do Texto:
* Médium - do latim, intermediário - é o indivíduo que tem a capacidade supranormal de perceber os seres extrafísicos e de servir de canal interplanos para eles se comunicarem com os níveis mais densos.
** Buda - do sânscrito - O Iluminado; Aquele que despertou! Palavra derivada de "Buddhi", que significa "Iluminação Pura" ou "Inteligência Pura". Ou seja, quem alcança o estado de Buddhi, torna-se um Buda, um Ser iluminado e desperto.


Confira as palestras gratuitas, os cursos e os eventos no IPPB clicando AQUI


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


wb
Wagner Borges é pesquisador, conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e confira a entrevista.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa