auravide auravide

Você É Sua Cura - VII


Só saber, conhecer, ter acesso à informação, se torna um problema maior do que ignorar. Não se assuste, mas é isso mesmo. Ninguém pode ser cobrado daquilo que ignora.
Eu estava assim... buscando conhecimento e só aplicando o que realmente gostava. Queria ler cada vez mais porque assim eu esperava alcançar a tão sonhada LUZ. Ver e sentir o outro lado sem lá estar. Sim, era isso que eu queria.
Esforço para tal? Nenhum.
Nada. Nenhuma mudança na forma de ser era aplicada, mas a sede de saber continuava grande. Sempre buscando, pesquisando, adquirindo novos conhecimentos e tendo experiências inovadoras.

Uma vez trilhando o Caminho Inka, outra me relacionando com os Índios Xavantes e vivendo um pouco como eles... em outra oportunidade na Serra do Roncador, com sua energia e seus encantos. Cuzco e sua magia. Machu Picchu e seus Portais, os Alpes, os Andes, o Triângulo das Bermudas...
Livros, cada vez mais leitura. Sempre assim. Conhecendo muito, aplicando só o que me identificava e gostava.

Num belo dia, em uma conversa com meu Mestre, pedi:
- Mestre, por favor, o senhor poderia me recomendar alguma leitura. Quero saber mais.
“Não precisa, ele respondeu, fazendo ao mesmo tempo uma reverência com a cabeça. Já sabe muito, agora é hora de aplicar o que sabe”.

Foi neste exato momento que, como se diz na gíria: “Caiu a ficha”.
O conhecimento não aplicado se torna nulo, irrelevante e também obsoleto. Nada acrescenta em minha vida o saber sem a sua correta aplicação. Muito embora se diga e se propague aos quatro ventos que ‘Saber não ocupa lugar’.

Sim, não ocupa, mas toma tempo e cria falsos conceitos e nos faz críticos sem que propaguemos exemplos. É preciso aplicar, vivenciar e concluir.
Tudo aquilo que eu sei e não gosto de fazer é exatamente o que eu mais preciso praticar, mudar e assim me tornar outro. O Universo não cobra. Ninguém precisa prestar conta do que ignora. Depois que se tem contato, conhecimento e se sabe, muda tudo. Precisamos ser exatamente conforme o conhecimento que temos.
Para que exista a coragem o medo precisa se fazer presente...

Dias atrás, alinhando os Chakras de uma pessoa que veio exclusivamente para isso de São Paulo a Florianópolis eu escutei:
“Sabe Saul, eu não sou o que as pessoas pensam que sou. Na realidade me sinto muito diferente”...
- Não, você está enganada, respondi. Você é exatamente como as pessoas te vêem. O que na realidade você precisa é refletir sobre a diferença entre o que você quer ser e o que realmente é. A diferença está na forma como você aplica suas decisões.

Repito o que já escrevi: Somos a somatória de nossas decisões. Mas sou obrigado a complementar: Aplicadas segundo a emoção e o sentimento do momento. Na maioria das vezes não resolve saber. É preciso o domínio da emoção.

Quer saber mais? Cuidado com o que faz com o teu conhecimento, o Universo vai te cobrar com mais intensidade. Quem ignora não é responsável com o que faz com a sua ignorância...

É o sétimo texto sobre o mesmo tema... Fim do ciclo.

Sei que nos veremos.
Beijo na alma


estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Leia Também

Você É Sua Cura - VI




saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa