auravide auravide

O autoconhecimento através do Tarô


O autoconhecimento é a mais importante tarefa a que o ser humano deve dedicar-se durante a vida. E uma das ferramentas de que dispomos para ter acesso à realidade interior, que tão fortemente influencia nossas ações, pensamentos e sentimentos, é o tarô. O psiquiatra suíço Carl Gustav Jung foi o primeiro a descobrir no simbolismo do tarô uma correlação perfeita com os conteúdos inconscientes que existem em todo ser humano, independente de raça ou cultura, que ele denominou "inconsciente coletivo".

O alvo principal do interesse de Jung era a relação entre esse grande inconsciente universal e a consciência individual do homem. Para o psiquiatra, o consciente e o inconsciente existem num estado profundo de interdependência recíproca e o bem estar de um é impossível sem o do outro.

Ao contrário dos positivistas lógicos, para os quais o consciente é um simples estado de mente e espírito intelectual e racional, Jung apresentou provas, extraídas de seu trabalho com os chamados "loucos" e as centenas de pessoas "neuróticas" que lhe pediam uma resposta para seus conflitos, de que a maior parte das formas de insanidade e desorientação mental eram causadas por um estreitamento da consciência e sua excessiva racionalização.

Jung contribuiu para uma nova e mais significativa compreensão da natureza da consciência: a de que ela só pode ser renovada e ampliada, pela manutenção de suas linhas não-racionais de comunicação com o inconsciente coletivo.

Por esse motivo, o psiquiatra dava grande valor a todos os caminhos não-racionais ao longo dos quais o homem tentara, no passado, explorar o mistério da vida e estimular o seu conhecimento do universo que se expandia à sua volta, o que o levou a interessar-se pela astrologia e, principalmente, pelo tarô.

As forças instintivas que operam de modo autônomo nas profundezas da psique humana, chamadas por Jung de "arquétipos", estão simbolicamente representadas nos Arcanos ou Trunfos desse baralho misterioso, que tem pelo menos seis séculos de existência, e que, segundo a lenda, surgiu em Fez, no Marrocos, algum tempo depois da destruição dos mistérios da Antiguidade e antes do início da Idade Média.

Ao consultar o tarô, trazemos à luz essas forças instintuais, o que nos permite compreender de que forma elas vêm influenciando nossas ações, e qual o melhor modo de agir para integrá-las ao nosso consciente. Quanto maior for a sintonia entre nossas ações conscientes e os conteúdos inconscientes de nossa psique, mais harmonia, equilíbrio e serenidade estarão presentes em nossa vida.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstar Avaliação: 4 | Votos: 4


elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Oráculos clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa