auravide auravide

A EVOLUÇÃO SURGE DO CONFLITO

Facebook   E-mail   Whatsapp

É curioso o quanto nos equivocamos, talvez por carência de entendimento ou pelo medo da dor que todos nós temos. Todos queremos ter e receber bons sentimentos, porém as coisas boas nos acomodam demais, fazendo com que nos esqueçamos do básico, criando uma desarmonia que nos levará em breve a um novo conflito.

O conflito é sempre dispendioso, chato e estressante; afeta nossa carga emocional de ódio, fazendo disparar em nosso corpo altíssimas energias que, se não dissipadas devidamente, podem nos causar um ataque fulminante. Tentar prender esse fluxo de energia é pior ainda, pois pode provocar doenças irreversíveis.

Ódio é energia, e essa energia é poderosíssima, o contraponto do amor...
Ambos os sentimentos unem os seres, pouca gente sabe, mas odiar alguém é o mesmo que amá-la, pois ficamos ligados mentalmente à essa pessoa. Existe até um certo ditado que diz que amor e ódio andam juntos, cada um é um extremo oposto de um mesmo vetor. Porém o ódio é o extremo negativo, dissipado quase sempre por atos que levam à destruição... Chegamos ao grande paradoxo da questão: Evolução com destruição? Como que destruir pode significar uma evolução?

É lamentável aceitar, mas os fatos são nus e crus, o século XX foi marcado por um gigantesco avanço tecnológico, em 100 anos o homem teve uma evolução que não tinha tido ainda em seus últimos 5000 anos...
O preço disso: Duas guerras mundiais, seis milhões de judeus perseguidos e mortos cruelmente, duas bombas atômicas que devastaram Hiroshima e Naghasaki com cerca de 20 milhões de vítimas, guerra Fria, guerras químicas, conflito da Palestina; recentemente, o atentado ao Word Trade Center com cerca de cinco mil vítimas, e inúmeros atentados ocorrendo por esse mundo matando dezenas e centenas de vidas a cada vez... Atrocidades e violências terríveis como no tempo dos bárbaros, em épocas de alta tecnologia.

A tecnologia está cada vez mais avançada... Os recursos estão cada vez mais poderosos... Mas a mente humana ainda vive nos tempos da inquisição: perseguindo, destruindo, torturando, matando, aterrorizando... Pregando o caos. Permeando os corações de tristezas, matando os sentimentos mais puros, cortando laços, criando vermes, tomando com violência, abusando dos seres à sua volta...

A "matéria" está à nossa disposição para fazermos o que a nossa vã consciência nos leva. Temos muito conhecimento, temos riquezas, temos recursos, temos parceiros de nossos atos insanos... Só "temos"... Ainda não aprendemos a "ser" coisa alguma...

A evolução atual mudou nosso dia a dia. Porém os nossos sentimentos continuam como nos tempos antigos. A lâmpada iluminou nossas noites, mas nossos corações ainda vivem na escuridão...

Temos a faca e o queijo na mão, como diz o conhecido ditado... Temos evolução e recursos suficientes que superaram as distâncias para nos conscientizar de que, seja no Brasil, na América do Norte, em Portugal, na África, no Oriente Médio, no Japão ou na Austrália; todo ser humano possui dentro de si o desejo de amar e ser amado por alguém especial, de querer sempre o melhor para si e os seus, de querer seguir em frente e poder viver sua vida da melhor forma.

Temos tudo para sermos melhores e mais puros, temos um mínimo de consciência pra entender que só ganhamos o que merecemos e só merecemos pelo que fazemos. Quem destrói o que não é seu, na maioria das vezes, é porque não tem capacidade para construir.

Já entendemos que o melhor caminho, o menos dispendioso, é o do entendimento. Porém ainda somos tolos, deixamos nossas emoções tomarem conta de nosso raciocínio, nos deixando cegos sem que possamos entender mais nada... E tomamos atitudes "sem pensar"... E fazemos merda na maioria das vezes.

Nossas emoções devem estar equilibradas com nosso raciocínio, se não nossa vida será o mesmo que tentar correr com uma só perna. Precisamos de equilíbrio entre o que pensamos e o que sentimos para podermos viver razoavelmente bem.

Os erros são lições que a vida nos coloca. Errar é humano mas persistir num erro é burrice. Os erros irão se repetir, sempre, até que aprendamos a lição. Não tenho competência pra julgar, cada um que pense sobre si mesmo...

A única coisa que devemos destruir em nossas vidas é o nosso preconceito.

Que a luz oriente nossas consciências...

O amor e a alegria estejam sempre em nossos corações...

Alex Marq

Recebido de Lia




Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa