auravide auravide

As Cartas de Cristo (Carta 7 - Parte 9) – Sua alma contém e manifesta a Realidade Divina

Facebook   E-mail   Whatsapp

Qual é a diferença entre a alma e a psique? Explicarei agora a verdadeira diferença, ainda que os psicólogos terrenos possam contestar. A Alma é a “Chama Divina” – uma metáfora usada para descrever a essência da Vida Divina que é absorvida pelo ser individual no momento da concepção. A FORÇA VITAL adquire uma forma pessoal e libera a energia da “força elétrica de atividade” e os impulsos magnéticos de “ligação – rejeição” para empreender o trabalho complexo de construção do corpo.
Portanto, você tem no núcleo do seu ser
sua alma – a Realidade Divina
e essa é Inteligência Divina/Amor - Divino
que é o poderoso Impulso Divino para criar, crescer, alimentar, nutrir, sanar, proteger, satisfazer toda a necessidade em um sistema de perfeita lei e ordem.

Essa é a Realidade que é a sua alma.
Portanto, quando você tiver superado os impulsos do ego e convidado a ALMA a manter o domínio de seus pensamentos e sentimentos, você será instigado a expressar todos os Impulsos Divinos acima descritos. Você será tomado por um desejo de promover unicamente o bem supremo de todos os seres vivos e do universo em si. Você terá se tornado um verdadeiro mensageiro da Consciência Divina, expressando todas as Suas qualidades do Ser.

Até o momento da reunificação da alma com a Consciência Divina, a psique ocupa os recantos mais profundos de sua consciência humana e extrai sua consciência de sua alma. Este é o instinto oculto em você que sabe distinguir o certo do errado.

O ego também é formado no momento da concepção.
Enquanto a criança se desenvolve, o ego começa a se fazer sentir. Ele é a base de sua personalidade humana que dá a você a individualidade. É a energia de sua consciência humana. É o que o torna único e diferente de todos os demais.
Com a finalidade de conservar a sua individualidade, o ego deve protegê-lo dos ataques exteriores de qualquer tipo e dar a você o que necessite para prosperar, florescer, crescer e ser feliz. Isso é Divinamente ordenado e não deve ser tratado com desprezo. O ego constitui um núcleo de “primeira-importância” e muito necessário de consciência de criação, desenvolvimento e crescimento.

O ego é governado exclusivamente pela corrente elétrica da consciência de atividade, – o impulso de “movimento contínuo” aparente em todos os seres vivos, inclusive nas plantas que giram e desdobram as suas folhas para captar o sol da melhor maneira possível. Esse é um movimento concebido no campo elétrico de atividade contínua e no campo emocional de “ligação – desejo” na consciência da planta, que permite que ela cresça e desfrute do calor do sol. O ego em todo ser vivo é unicamente o assento da “consciência terrena”. Ele de maneira nenhuma se assemelha à Realidade Divina que constitui a alma. O impulso egóico pertence unicamente à dimensão terrena e está voltado exclusivamente para conseguir o que quer para fazer a entidade individual feliz, protegê-la dos ataques e assegurar a sua sobrevivência. Ele pisoteará outras entidades ou espécies para alcançar os seus propósitos. Essa força egóica está ativa em todos os seres vivos, desde a minúscula ameba até o rei mais poderoso.
O Impulso do Ego poderia ser chamado de Protetor e Ditador do Universo vivo.
É nesse ponto que a maioria das pessoas do mundo, na atualidade, se confunde ao contemplar a possibilidade da existência de um “Deus”. Elas analisam as atividades de diversas espécies impulsionadas por consciências egoicas, uma alimentando-se da outra para a sua subsistência, e decidem que essa “selvageria” deve ser trabalho do criador. Como, então, o criador pode ser um “Deus de Amor”?
Esse é um dos mal-entendidos e crenças que eu gostaria de desfazer. É meu propósito que todo mundo compreenda que
: o universo inteiro tem, em seu núcleo de base e fundamento de todas as coisas, a Força Vital Divina que inspira e respira através de toda a criação. Ela é o Equilíbrio oculto, porém poderoso, do qual todas as coisas extraíram o seu ser, forma e estrutura. Ela é o “espaço” dos cientistas, no qual é conduzido “o Movimento e a Ligação das Partículas Elétricas”. Ela é tanto o impenetrável e sempre desconhecido “terreno da existência” como também a Fonte oculta de toda a substância que há em todas as coisas do universo.
O Ego é a ferramenta da Criatividade Divina para produzir a individualidade a partir da UNIDADE DE SEU PRÓPRIO SER.

O que estou dizendo será muito discutido pelos seus cientistas – estou me referindo às almas daqueles seres “terrenos” cujo intelecto está suficientemente evoluído para debater e decidir sobre uma linha de conduta e – mesmo com uma compreensão parcial – responder intuitiva e inteligentemente ao que está acontecendo no ambiente. Essas entidades mais avançadas de todas as espécies são os gênios de sua raça. Não julgue o desenvolvimento interior de qualquer espécie, humana ou outra, pelo seu corpo físico exterior. Todas as coisas vivas são individualizadas a partir da mesma Vida Divina.

Ir para o início do livro
Página anterior
Próxima Página

Se desejar adquirir o livro, clique aqui

0104/C7

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa