auravide auravide

Você Gosta da Pessoa em Que se Tornou? Por Ken Korkow

Facebook   E-mail   Whatsapp

Você consegue se lembrar quando tinha entre 18 e 22 anos de idade, antes de se estabelecer profissionalmente ou nos negócios, e do modo como via a geração mais velha? Essa atitude varia conforme a cultura, mas os jovens geralmente encaram os mais velhos com ceticismo. Jovens e convencidos, pensam que dentro de poucos anos estarão mostrando aos seus pares mais velhos e experientes, como as coisas realmente deveriam ser feitas.
Quer saber uma coisa? Se você está na faixa dos 30, tanto você quanto eu nos tornamos a "velha geração". Que chocante descoberta isto foi para mim, especialmente quando me dei conta que não era tão esperto quanto pensava ser!
Então, agora que virou a "velha geração", você gosta da pessoa que é? Para ajudá-lo a responder esta pergunta, vamos fazer um rápido inventário, que tem sido útil para avaliar muitas vezes o meu progresso na vida. Avalie como você está se saindo nas seguintes áreas:

Fisicamente? Você está com excesso de peso? Está se sentindo cansado e sem energia? Submete-se a exames médicos periódicos? Como avalia sua nutrição e com que freqüência faz exercícios físicos? Em resumo, você planeja a forma como trata e cuida de seu corpo?
Intelectualmente? Você acha que ainda está aprendendo, tanto profissionalmente, como também num sentido geral? Continua nutrindo curiosidade intelectual em relação à vida? Gasta tempo significativo lendo livros e artigos fora de sua área de interesse, simplesmente com o propósito de "ampliar suas perspectivas"?
Emocionalmente? Você controla suas emoções ou são elas que o controlam? Já lutou contra a depressão? Você se descobre com um sentimento de raiva por um período de tempo desproporcional? Cultiva um espírito crítico ou atitude negativa ao enfrentar um dia típico?
Relacionamentos? Você tem amigos íntimos? Membros de sua família anseiam por passar algum tempo com você? Tem feito novos amigos ultimamente?
Sabedoria em gestão? Isto diz respeito ao cuidado apropriado com seus "bens". Seus veículos estão bem cuidados? Sua casa está em bom estado de conservação? Mantém sua área de trabalho, seja no escritório, em casa, ou outro local, funcional e atraente?
Financeiramente? Suas finanças pessoais gozam de boa saúde? Você deve demais, e neste caso, possui algum plano de ação para reduzir seu débito até eliminá-lo? Seu testamento está atualizado? Dispõe de apólices de seguro suficientes para cobrir o inesperado e o inevitável? Tem um plano regular de contribuição para causas sociais?
Espiritualmente? Você já se dedicou a questões mais profundas da vida? Sabe para onde vai quando morrer? Você é controlado pelo Espírito Santo, ou por um "espírito não santo"? Tem adotado um plano regular e consistente para promover seu crescimento espiritual?
Profissionalmente? Como avaliaria sua carreira até agora? Se sente realizado com o que está fazendo? Acha seu trabalho recompensador? Tem obtido sucesso em atingir os objetivos que estabeleceu para sua vida (está a caminho, foi além do planejado ou se arrasta aquém do desejado)? Será que é tempo de fazer mudanças?
Se tivesse que atribuir uma nota de 1 a 10 a estas oito áreas, como seria o seu "placar"? Quais precisam de mais atenção neste momento? Que passos poderia dar para promover as correções necessárias? Está disposto a fazer as mudanças que forem necessárias? Suas respostas são muito importantes.
Só temos uma vida para viver e a Bíblia nos lembra da responsabilidade de viver bem: "Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo" (I Coríntios 6.19-20).

Tradução de Márcia Padovani

Recebido de Nelson Sganzerla - nelson@incorp.com.br

Facebook   E-mail   Whatsapp




As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo de uso STUM.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa