auravide auravide

Equinócio de Primavera 2021


Facebook   E-mail   Whatsapp

Hoje, neste 22 de setembro, ocorre o início da primavera, o equinócio de primavera no hemisfério sul. Equinócio, do latim, equinox, aequus (igual) e nox (noite), significa que, neste momento, noite e dia possuem igual duração. Esse evento cíclico deve-se que, hoje, os raios solares iluminam de forma igual os dois hemisférios, norte e sul, da Terra.
O início da primavera no hemisfério sul é marcado pelo ingresso do Sol no signo tropical de Libra, a balança. Enquanto a primavera é o início do novo ciclo da natureza, a estação do despertar das plantas e das flores, libra sintetiza a consciência aguda da harmonia, da beleza do equilíbrio entre opostos.

No frio, na escuridão do inverno, vivenciamos o tempo da sobrevivência, é a resistência do calor da vida contra o frio final da morte. No inverno os dias são curtos e as noites são longas, até que chega o dia do equinócio. A partir deste dia, devido a inclinação do eixo da Terra, o ângulo de incidência dos raios solares no hemisfério sul vai se elevando gradualmente, com a luz e o calor do Sol se fazendo cada vez mais presentes dia após dia. A elevação do calor e da luz propicia um novo recomeço para a vida.

Na primavera, podemos deixar ir as sombras com as quais lutamos no inverno, e começar a despertar para nossa luz. Um ciclo fundamental de transformação, do frio e da escuridão, para o reinício do pulsar quente da vida.

A primavera também é chamada de “meia estação”, no sentido de um ponto de passagem entre o inverno e o verão. Neste fluxo da ascensão da luz solar começa o despertar, as plantas brotam e os seres acordam para retomar as atividades de viver e compartilhar a vida. Como o temperamento do ar cardeal, libra, as massas de ar se movimentam, e os ventos mornos começam a espalhar as sementes, compartilhando o futuro. Com o início da primavera, temos novamente uma chance sagrada de recomeçar, de retomar a caminhada na direção da beleza.

Na carta do ingresso do Sol em libra há predominância do elemento ar, da troca dinâmica e do saber, no ritmo cardeal, o impulso inicial que move tudo. A Lua em Áries, na sua fase cheia desde o dia 20 de setembro da lunação iniciada no eixo Peixes/Virgem. Vênus, o regente principal do ingresso, em Escorpião, em mútua recepção com Marte em Libra. Enquanto a Lua sobe cheia em Áries, ainda na noite do dia 22, fará oposição exata a Mercúrio em Libra (Plutão quadrando a oposição em orbe estreita).

Brilhando em destaque, retrógrados em Aquário, Júpiter e Saturno, reforçam o elemento ar com trinos de orbe estreita:  Júpiter separativo a Mercúrio e Saturno aplicativo a Marte, este em trino aplicativo alongado ao Sol. Júpiter e Saturno planetas gasosos “sociais”, neste aspecto, no momento, o pessoal torna-se cada vez mais inseparável do coletivo. Havendo uma sensação ou necessidade urgente de pertencer, de participar. Sendo importante, portanto, buscar de forma voluntária a individualidade do ser pessoal, para não perder-se nos outros.

A síntese da carta se manifesta na dualidade Vênus/Marte (regentes dos luminares). O ascendente de Peixes (exaltação de Vênus) encontra Vênus em seu signo de depressão ou exílio (Escorpião), lançando recepção para Marte regente da Lua. Considerando o horário do ingresso, temos em destaque principal as casas 7 e 8, (o outro, morte/transformações) e secundário das casas 9 (Vênus e Nodo Sul),  11 e 12 (Saturno e Júpiter), e 2 pela Lua.

Temos presente neste ingresso uma dinâmica inquieta (cardeal), impulsiva com tendência a dispersões de ações e energias em desencontros e conflitos entre próximos, que podem levar a divisões e perdas. No negativo é evidente a tendência aos atritos nas relações, tanto individuais como em grupos específicos sociais, com situações em que tenha-se que abrir mão de algo para que as coisas se acertem e fluam (sombra da balança).

No positivo, podem haver uniões em função de esforços importantes em prol do próximo devido aos sofrimentos coletivos humanos (Júpiter-Mercúrio/Saturno-Marte). Será através das relações que poderemos reconhecer o que é fundamental para as pessoas, e pelo que realmente vale a pena se esforçar nesta etapa.

A presença do cardeal forte e planetas coletivos retrógrados, traz um período que favorece a ação em busca dos objetivos que já estejam claramente definidos, mas é necessário um cuidado especial com contatos e parcerias. Será importante estar em dia com as questões interiores (escorpião), tentar “acertar” as pendências com o que impede a concentração objetiva, de forma que os conflitos emocionais não dispersem as ações. Questões subjetivas e do passado podem trazer distrações e obstáculos, e será fundamental investir tempo e energia para esclarecer e soltar situações que possam impedir o progresso em qualquer projeto, seja pessoal ou coletivo (Peixes).

A sombra de libra poderá transformar-se em luz através da honestidade e senso de desapego pessoal (Marte em libra). Terão reconhecimento aqueles que não negarem os problemas, admitindo falhas e dificuldades de forma franca, se esforçando para encontrar soluções coletivas, e gerando um crescimento compartilhado do todo de forma equânime. Para haver um valor real e justo obrigatoriamente há que igualar os pratos da balança.

A ênfase nas relações, o “buscar-se no outro”, será intensa, tonalizado na forma do fixo de água, tendendo a ser mais passional (Vênus água fixa, casa 7,8). Para os que não conhecem seu eu interior intimamente, poderão haver mudanças e afastamentos significativos nas relações mais importantes no período. A desconfiança com o outro é um reflexo da falta de confiança na vida, portanto, em si mesmo, consequência natural dos que nunca pararam para olhar dentro dos próprios olhos (escorpião).

Problemas pessoais poderão vir à tona devido aos outros, e nos relacionamentos importantes de sua vida. Por sua própria necessidade pessoal de evolução. É necessário que alguém importante nos mostre quem somos de verdade. Diante desse desafio poderá haver uma intensa transformação, mesmo que difícil, mas muito preciosa, se não forem impostas resistências. É a experiência dinâmica do cardeal de ar com fixo de água.

Ou, no negativo, diante da negação e da resistência, na aridez do orgulho e na secura da superficialidade, a semente que a brisa, o outro trouxe, não conseguirá brotar. Além do calor e da luz, o pulso da vida necessita da umidade, da conexão e da fluidez que somente a presença da água pode manifestar, seja das lágrimas, ou das novas chuvas primaveris.

Na primavera, a vida torna-se rica, bela e perfumada, e a questão será se também seremos ricos para a vida. Cada ser é um universo e uma oportunidade de crescimento. Como as sementes que explodem sua casca e brotam em dança espiralada, e décadas depois, serão árvores.

Cada atitude, cada palavra e cada escolha poderá ser o início de uma nova e incrível jornada, a fronteira dependerá apenas do valor sentimento que você tem da vida neste momento.  A verdade que você leva no coração, a verdadeira riqueza interior.

A postura de reencontrar-se consigo mesmo, e com a própria humanidade, para unir-se ao próximo em igualdade, formará novas e duradouras conexões. Que serão as sementes das cadeias de crescimento nas áreas sociais, e econômicas na próxima etapa do Sol na cabra do mar, capricórnio no verão. São as sementes que os ventos espalham para a manutenção do futuro. Nesta etapa muitas se perderão em terras áridas de confusão e conflitos, mas as que caírem em solos férteis de compaixão irão brotar com força, gerando bons frutos na próxima estação.

Que você encontre sua verdadeira riqueza, e suas sementes brotem flores para esta Terra tão carente de beleza..

Bons ventos.. 

No instagram/fabrizioranzolin, a Imagem do mapa astral do equinócio, e de Anúbis, o abridor de caminhos, que pesa um coração, que deve ser leve como a pena da verdade, para poder seguir caminho livremente além da vida

Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 285


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Fabrizio Ranzolin   
Fabrizio Ranzolin é astrólogo, escritor e professor em cursos holísticos alternativos. Membro CNA Astrologia do Brasil. Ativista ambiental na preservação da natureza.
E-mail: fabrizioranzolin@yahoo.com.br | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Astrologia clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa