Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

O NOVO ANO 2013

por Fabrizio Ranzolin
O NOVO ANO 2013

Publicado dia 30/12/2012 em Astrologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Sempre que chega o fim do ano surge o anseio, seguido das práticas espirituais, de deixar para trás todos os infortúnios passados e trazer definitivamente a felicidade para a vida. E seguindo mais ou menos os mesmos costumes, todos improvisam seus rituais pessoais para entrar no novo ano com a expectativa de finalmente alcançar os objetivos tão almejados. Mas e quando tudo se repete e o novo ano se transforma em apenas mais um ano igual ao passado? O que ouve de errado? Quais os motivos que fazem com que as pessoas não mudem de fato e não vivam a tão esperada felicidade?

Claro que são muitos os elementos que contribuem para que fiquemos sempre na mesma, estagnados. Mas acho que alguns fatores são decisivos para que entremos num “círculo repetitivo de tempo”, onde em vez de viver a vida, parece que apenas passamos por ela. Uma delas é a falta de profundidade, de espiritualidade, ou de intensidade de viver. Noto que na atual situação econômica da sociedade brasileira, onde há mais poder de compra, junto com o crescimento econômico, infelizmente vem à tona o instinto de competição material. E muitos, não se contentando com o que tem e que podem ter, passam das medidas da ambição e entram numa neurose interminável de ganância. Estes gananciosos de plantão nunca estão felizes, por mais bens ou dinheiro que acumulem, nunca lhes é suficiente. Sempre preocupados somente com o lado material da vida, em possuir mais, muitos ficam neuróticos e doentes; e por mais ricos que sejam, entram numa realidade infeliz de avareza e pobreza espiritual. Posso garantir que, para estes, enquanto não modificarem suas convicções, a felicidade está muito longe de ser realidade.

Tem aqueles que esperam por algo tão fantasioso, e distante da realidade, que com certeza a decepção será uma constante. Para estes últimos, recomendo que reexaminem seus objetivos à luz da praticidade, pensem mais objetivamente no que esperam realmente da vida. Muitos se colocam no papel de eternos sofredores e vítimas do mundo, criando situações onde só lhes resta chorar. Se isso acontece com você, desperte o guerreiro que há no seu interior, assuma a responsabilidade, tome sua vida nas mãos e vire a mesa, só depende de você tomar as devidas atitudes que podem mudar as situações que levam ao sofrimento. Também existem muitos problemas gerados por questões que nós mesmos insistimos em repetir. Nestes casos simplesmente temos que aprender a abrir mão das coisas que não precisamos mais, nos desapegar, deixar ir o que não serve para abrir espaço para o novo entrar na nossa vida.

Embora o novo ano comece à meia-noite do dia 01 de Janeiro de 2013, lembre-se de que isso é somente uma data, e de um calendário estipulado por um papa católico, Gregório XIII no ano de 1582. Anteriormente, era usado o calendário Juliano, implantado por Júlio Cézar em 46 a.C.  E “a virada do ano” não tem o poder de decidir nada por si só. Inclusive, a hora da “virada” está errada, pois com o horário de verão o ano real começa somente à 01:00 hora da manhã! Acredito que está no momento de nós mesmos escolhermos os momentos pessoais de transformação. Não precisamos de calendários de terceiros, podemos recomeçar as coisas, reconstruir nossas vidas em qualquer tempo. O calendário é apenas um sistema útil para organizar as nossas vidas, e também nos auxilia a criar união da família humana. Mas o poder verdadeiro está em você mesmo, na sua força de vontade e de realização.
Como astrólogo e numerólogo, sei que a numerologia tem suas influências, mas as variantes são muitas e no fim o que define realmente as coisas são os teus números individuais ou pessoais. Pela astrologia, os ciclos mais importantes são os de cada mapa astral analisado individualmente. Ou seja, descubra tuas forças, o teu próprio poder pessoal, e encare as transformações conforme elas vêm, pois está tudo certo! Basta viver cada momento com profundidade verdadeira e decidir a partir da força interior. Escolher com equilíbrio, com sentimento e reflexão, “o caminho do meio”, como dizia Buda.

Numerologicamente, o ano de 2013 soma 6, número de união, de cooperação, do coletivo e do amor entre as pessoas. Pela astrologia o novo ano de 2013 é regido pelo planeta Saturno, que entrará o ano em sextil com Plutão. E vale sempre o aspecto quadrado Plutão/Urano. Assim acredito que seja um ano de levar as mudanças a sério, arregaçar as mangas e botar mãos à obra. Com certeza se você fizer a tua parte as mudanças ocorrerão. Quem planta com certeza colhe, diz Saturno, que carrega sempre a foice da colheita na mão! Se você não gosta do que tem colhido, mude o que tem plantado! Plante coisas boas, belas e positivas e aguarde que o momento da colheita vai chegar, com certeza!

Gosto sempre de algo que já deve estar batido, mas que é muito verdadeiro e simples. Gratidão! O sentimento de gratidão verdadeira traz um novo enfoque para a vida. E atrai naturalmente muitas coisas boas. Talvez alguém descubra que não é necessário fazer tantas mudanças assim, mas apenas mudar a forma como vive e sente as coisas da sua própria vida. Pense nisso e comece agora mesmo: depois de ler este texto feche os olhos e agradeça. Agradeça por tudo que te cerca. Agradeça pelas pessoas que estão à sua volta, com as quais você compartilha sua vida. Seja grato por ter o que vestir e comer, pessoas estão morrendo neste instante por não ter sequer um copo de água para beber. Agradeça por poder respirar e por seu coração ainda bater. Agradeça pela saúde, por poder enxergar e ver o céu, ou ler, como está fazendo agora. Agradeça por cada coisa boa e simples que você pode realizar como ter onde dormir, e poder acordar para a oportunidade sagrada de mais um dia. Quantas pessoas não dariam tudo apenas para ter mais um dia de vida neste belo planeta!
Uma sugestão para o novo ano, antes do fim ano, ou depois do início do ano de 2013, faça este exercício simples e poderoso:
- Vá um local onde tenha uma bela e ampla vista, como um campo, ou um morro bem alto. Pode ser na beira do mar ou montanha e ao nascer ou ao pôr do sol. Fique em pé e olhe fixamente para o horizonte, respire profundamente algumas vezes e sinta seu corpo. Depois abra bem os braços, e olhando para o horizonte, diga em voz alta: "Eu dou graças pela minha vida!" Repita quantas vezes necessitar e faça isso com sentimento, fale em voz alta e sinta cada palavra. – Eu dou graças pela minha vida!

Desejo-lhe Simplesmente o Melhor Ano de Todos!
Um Grande e Fraterno Abraço para Você!

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 16

Sobre o Autor: Fabrizio Ranzolin   
Fabrizio Ranzolin é astrólogo, escritor e professor em cursos holísticos alternativos. Membro CNA Astrologia do Brasil. Ativista ambiental na preservação da natureza.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Mensagem Para A+Cor+Dar
artigo Desacelerar
artigo Será que a mãe ou o parceiro abusivo sabe o que está fazendo?
artigo A estrela e a canção: Presentes de Brahman

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa