auravide auravide

Taro e Marte em 2008



Astrologicamente o ano de 2008 será regido pelo planeta Marte. Como podemos usufruir deste planeta, ou da sua energia, no nosso dia-a-dia, e ainda uma síntese da influência desse planeta nas cartas do Tarô.

O planeta Marte, mitologicamente, é o deus da guerra. Teremos então um ano onde os projetos desbravadores serão conseguidos pela persistência e pelo poder por pessoas que têm uma grande influência deste planeta. Os signos do elemento fogo Áries, Leão e Sagitário serão os mais beneficiados.

Mas, todas as pessoas tem alguma influência de Marte. Sabendo onde ele se localiza no seu mapa astral pode-se conhecer em que área terá mais influência neste ano.

Onde houver um caminho a ser descoberto, um empreendimento inovador, uma dificuldade a ser resolvida, pode contar com as pessoas regidas por Marte. Pioneiramente essas pessoas abrem todas as portas para que os outros dêem prosseguimento a qualquer jornada. Elas não ficam para desfrutar, se retiram em busca de outra empreitada. Se o proposito é de luta, no intuito, e principalmente no instinto de defender a si próprio, seu ente querido, sua família, sua pátria e até o planeta podem contar com essa força guerreira.

Essa força, no lado positivo, beneficia o início de projetos que requerem criatividade e inovação e com isso beneficia atividades virtuosas, e também, no lado negativo, destrói o que já está iniciado, espalha intrigas e desavenças com a fúria de um vulcão. Este é o impulso do planeta Marte.

A influência de Marte em 2008 começa com algumas dificuldades na área da comunicação, nos relacionamentos familiares – o conselho é paciência e compreensão; nas viagens terrestres - muito cuidado com veículos automotores, não abusar de velocidades e checar bem os veiculos antes de uma viagem. Este período se ameniza no final de janeiro e segue com sua energia positiva até o final do ano.

Não é que devemos relaxar com os perigos dos automotores e sim que existirá menos propensão a acidentes, discussões e desavenças. O fogo e a combustão são elementos que estarão em moda neste ano, portanto teremos algumas catástrofes nesse sentido.

Na sua energia positiva Marte estará beneficiando os relacionamentos mais estáveis, a consciência do altruismo familiar e da pacificação entre os povos. No âmbito íntimo e pessoal as energias deverão ser canalizadas para relacionamentos e empreendimentos que tenham a ver com sua verdade; não se deixe levar por negócios ilícitos e fáceis, sem qualquer organização e planejamento, onde só a ambição predomina e não há respeito social.

Fique atento e consciente de que tudo o que fazemos é revertido para nós mesmos. Controle suas emoções, observe o seu instinto animal e não se deixe conduzir pela raiva. Não se deixe levar por paixões avassaladoras; ao mesmo tempo em que elas renovam nossa vida também destroem tudo o que construímos, às vezes, durante a vida toda. É possível resolver questões com discernimento e cabeça fria; é só dar um tempo, refletir, sair da situação e resolver a questão com sua verdade e não a que os outros querem.

A medicina será favorecida e terá um impulso tecnológico favorável à descobertas de novos métodos para aliviar os problemas físicos.

A cor do ano é o vermelho e suas nuances; cores quentes que queimam e transformam como o fogo. Se alguém está com fraqueza ou energia baixa, se usar os nuances do vermelho terá mais ânimo e se sentirá renovado. A composição do vermelho é o amarelo com o magenta, então temos mais essas variações para compor nossa vestimenta e nosso ambiente. Pode-se harmonizar um ambiente com flores e folhagens nessas cores; as flores do campo são ótimas.

No Tarô temos vários autores que classificaram o planeta Marte em suas cartas. O Tarô egípcio adaptado por Eliphas Levi, místico que viveu no fim do seculo XIX, remete a influência de Marte à carta da Força de número 11, que representa a força sutil. É a energia de Marte, diríamos evoluida, usada de forma consciente, planejada, com ética e moral. Nesse contexto deve-se sempre observar as questões com discernimento para que as discussões sejam amenizadas; se uma situação for analisada através da compreensão, ambos lados serão beneficiados de forma pacífica.

Os empreendimentos, para que tenham sucesso, precisam agregar tecnologias de ponta que não interfiram agressivamente no meio ambiente e na comunidade social local. O respeito a todos os seres viventes deste nosso planeta deve ser prioridade, principalmente numa distribuição financeira mais consciente. Cabe aqui a responsabilidade de cada ser, o trabalho da formiguinha é fundamental; se cada um fizer a sua parte, o planeta evoluirá de forma mais adequada e habitável daqui a cem anos. É nossa responsabilidade do que virá a ser, transformar o processo degenerativo de agora em produção saudável de uma biodiversidade com qualidade; isto é absolutamente possível.

Um Tarô mais moderno – de Crowley, místico que viveu no princípio do século XX - denominou Marte regendo a carta da Torre de numero 16. Tudo o que é obsoleto, inoperante, sem infra-estrutura individual, familiar e/ou comunitária é destruído. O relâmpago é a energia mais forte que existe entre o céu e a terra; é esse raio que rompe relacionamentos e/ou negócios onde não são respeitados os seres envolvidos. Quando uma só pessoa ganha algo deve estar errado e é nesse momento que cai o raio sobre esta pessoa - simbolicamente, é claro - desestruturando tudo e acabando com tudo.

São, também, situações desestruturadas que vão vir à tona e terão um fim. Esta carta derruba os malfeitores e renova a comunidade para uma vida melhor. No nível físico, no âmbito material, a energia de Marte é construtiva e dá uma força de ânimo para o trabalho árduo mas compensatório. No nível emocional tudo o que está errado será corrigido, então, no lado positivo, a resignação passiva é aconselhável e é preciso tomar cuidado, no lado negativo, com o instinto de vingança.

No nivel dos relacionamentos o conselho é não criar expectativas demais para depois ficar sofrendo com as frustrações; enxergar a realidade e se colocar com sua verdade é a melhor maneira de encontrar a felicidade. No nível espiritual Marte enfatiza a vontade ideal, o poder celeste e o processo criativo. Às vezes para que se possa emergir a energia criativa é preciso o fogo destruir tudo que nos fecha a nossa volta.

Esta é uma síntese de Marte, suas referências nos estudos dos arcanos do tarô e como aplicar na sua jornada em 2008.

Texto revisado por Cris
Publicado dia 18/12/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 14



foto-autor
Autor: Vilma Ruho   
tarologa, astrologa, meditadora e atuante no evento mensal da celebração da lua cheia.
E-mail: vilmaruho@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa