auravide auravide

VIVA AOS INCONFORMADOS!

por Willes S. Geaquinto

Publicado dia 4/2/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Certo dia, após uma palestra, uma senhora aproximou-se e me disse: “seria bom se meu filho tivesse uma conversa com o senhor, pois ele é muito inconformado...”

Eu lhe respondi: “Que bom, seria ruim se ele fosse conformado”.

Um tanto quanto surpresa com minha resposta, ela agradeceu a minha atenção propondo-se a analisar o inconformismo do seu filho sob outra ótica. Uma das razões da citada resposta decorre de que a maioria das pessoas foi, ou ainda é, educada sob a égide de valores distorcidos ou de práticas manipulativas, onde em verdade o que aprenderam ou aprendem é obedecer cegamente às regras e preceitos, que funcionam, vida afora, como bloqueadores da criatividade e da coragem delas, o que as impede de experimentarem o novo ou serem diferentes.
Em resumo, conformando-as a papéis menores na vida.
O conformismo, então, resulta desse processo que, para muitos, se apresenta como educativo, mas que, na realidade, é limitador, já que não leva em consideração o indivíduo em sua singularidade, nem o estimula a conhecer a sua essência que é plena de potencialidades para desenvolver-se e cumprir com maior excelência o seu papel existencial. O conformado, via de regra, é nulo em sua vontade, não quer e nem faz nada para mudar. Às vezes, até faz jogo de cena para parecer o que não é, mas, no final resigna-se no que acredita ser o seu limite.
Culpa o destino, os outros, o acaso, o azar e até a justiça divina pelos seus fracassos. Vive preso a uma teia de justificativas dissonantes sem o mínimo teor de verdade, tudo isso para continuar sendo o mesmo que sempre foi.
O inconformado, ao contrário do acomodado ou do rebelde inconseqüente, dá rumo positivo às suas insatisfações. Aprende, por conseqüência, a valorizar os elementos positivos da sua individualidade, fazendo do seu inconformismo o motivador de sua busca por ocupar melhor o seu espaço no mundo e mudar a rota da sua existência. E com essa atitude afirmativa rompe seus limites, transformando criatividade, intuição e coragem em instrumentos do seu sucesso. Portanto, se nos é dado saber que todo ser humano ao conhecer o plano interior da sua vida encontra recursos e energias que fazem a diferença na qualidade da sua existência, por que permanecer sendo parte da multidão anônima e conformada?

Boa Reflexão para você.

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 6

foto-autor
Sobre o Autor: Willes S. Geaquinto   
Willes S. Geaquinto - Psicoterapeuta, Consultor Motivacional. Com método próprio trabalha com a Terapia do Renascimento promovendo o resgate da autoestima, o equilíbrio emocional e solução de transtornos e fobias. Palestras e Cursos Motivacionais(relação de palestras no site). Contato: (35) 99917-6943 site: www.viverconsciente.com.br
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa