auravide auravide

O amor próprio e o amor pelo outro



O amor das pessoas por você é muito pouco perto do que você pode dar a si, o seu amor próprio e a sua autoestima.

Isso é comum acontecer com todos nós e muitos ficam deprimidos e passam uma vida toda a lamentar pela lacuna que sentem, pela carência, pela vontade de ter alguém capaz de “preencher” o vazio.

No entanto, ninguém pode suprir aquilo que cabe a cada um de nós. Quando alargamos a percepção da nossa existência, vemos que amor não é apego e que cuidar de si mesmo é o primeiro passo para estar em paz e em harmonia.

Sabemos o quão difícil é mantermos nosso corpo, mente e emoções equilibrados. Como, então, exigir do outro aquilo que não é saudável para nós? Como doar além do que podemos? Isso pode causar dores, transtornos, arrependimentos.

Por isso, antes de cobrar amor do outro, certifique-se de que você se ama o suficiente para estar preenchido. Doe amor porque tem de sobra e não porque quer algo em troca.

Isso é um caminho para vivermos mais tranquilos e felizes.
Texto Revisado

Publicado dia 8/3/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 35



foto-autor
Autor: Michelle Aranda   
Terapeuta Holística, Reikiana, Master Reiki e Taróloga Especializada em Tarot Terapêutico e Baralho Cigano
E-mail: tarotcaranda@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa