auravide auravide

A formação de uma nova estrela e os elixires de cristais


Facebook   E-mail   Whatsapp

Na semana de 6 de junho de 2011, circulou a notícia de que a Nasa descobriu, com surpresa, que há uma chuva de cristais ao redor de uma estrela em formação que se encontra há 1350 anos-luz distante da Terra, batizada Hops-68.  Entre esses cristais. foi identificada a olivina, ou peridoto, um cristal do qual é feita uma essência do sistema Florais de Lara-Dharma. 

A essência de Peridoto trabalha o auto-engano, as máscaras que o indivíduo usa para se enganar; ajuda as pessoas que sempre dão desculpas para não enxergar a realidade como ela é. Para aqueles que têm medo de enfrentar o desconhecido,  de entrar em novos projetos ou relações afetivas com receio de fracassar e, então, ficam buscando formas de justificar porque deixam de fazer algo ou de se envolver em um novo compromisso amoroso. 

Que este cristal esteja na formação de uma nova estrela dá campo para uma reflexão a respeito da importância da correção desses aspectos... 

Daí, navegando pela internet, achei informações controversas a respeito do que são elixires de cristais - que na verdade, são essências semelhantes aos florais de Bach, modernamente. 
 
"Elixir", segundo o Dicionário Etimológico, de Antonio Geraldo da Cunha, é uma" bebida medicamentosa, balsâmica ou confortadora". Sua origem  remonta ao grego, "kseron", medicamento
No latim medieval, era  usada também como "pedra filosofal", que tanto podia ser usada para transmutar metais, como serviria para curar doenças em geral - além de rejuvenescer e prolongar a vida, um dos propósitos de pesquisa dos alquimistas. 

Um "elixir" seria a pedra filosofal dos antigos, resumidamente. Na Idade Média, quando se tinha uma substância medicamentosa a que se atribuía propriedades mágicas de cura, sua denominação era esta, "elixir". 

Em inglês, usa-se o termo "gem elixir"  para as essências vibracionais preparadas com cristais, em vez de flores, conforme os livros de Gurudas canalizados por Kevin Reyerson. 

Em seu preparo, na solução matriz ou estoque, tal como entendemos hoje as essências vibracionais, constam a água pura da fonte,  uma porcentagem de conservante que pode ser o álcool de cereais como é feito na homeopatia ou o brandy (conhaque) como o médico inglês Dr. Edward Bach recomendou, já nos anos 1930, para o preparo das essências florais, hoje mais conhecidas como Florais de Bach.

A referência é pertinente porque,  sejam florais de Bach, sejam essências de cristais, a mesma técnica de preparo pode ser usada, para se chegar a um resultado vibracional desejado. 

O sol é o elemento que permite a transposição da energia matriz dos cristais para a água. Depois seguem-se processos recomendados de cuidados de higiene, filtragem, etc., como em qualquer boa prática.

O que faz a grande diferença na obtenção dos resultados finais seria digamos,  o "segredo alquímico" do produtor. A pedra precisa estar "acordada" para que os resultados sejam os esperados de suas propriedades curativas. E as pessoas não sabem exatamente como "despertar" o cristal. 

Não se rala, moe ou permite-se qualquer resíduo dela na solução estoque. Apenas suas vibrações, que vão corrigir o campo energético fora de equilíbrio. 

Assim, os resultados tem sido consistentes e muito interessantes, sendo suas principais características a resposta muito rápida, mais do que a dos florais, e seus reflexos no corpo físico também, pelo reequilíbrio energético nos mais diversos níveis. 

Os minerais foram a primeira emanação da mente divina - primeiro existiu a Terra. Depois vieram a vegetação, animais, homens. Esses reinos, mineral, vegetal, animal, precisam estar em sintonia cada vez maior, para que possamos alcançar uma consciência plena de que somos realmente todos um. 

Estamos todos conectados no nosso caminho evolutivo, alguns com mais compreensão disto, outros menos. 

Ao tomarmos as gotinhas da essência, nos sintonizamos com a natureza dos cristais e suas propriedades de cura, de rejuvenescimento. Alguém já viu uma pedra naturalmente envelhecida após 50 anos? Elas nos ajudam a quebrar padrões antigos que carregamos e que são pesos em nossas vidas.

Os elixires ou essências de cristais, para facilitar a compreensão do público em geral, nos trazem respostas para o equilíbrio energético que nos dá rejuvenescimento, melhor saúde, qualidade de vida, sempre de forma natural, pelo melhor controle das emoções e compreensão de si mesmo. 

As essências que vieram das estrelas...


Texto revisado
 


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 36


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Berenice de Lara   
Terapeuta floral com pós graduação pelo IBEHE/UERJ e sintonizadora do sistema de essências de cristais e flores Florais de Lara-Dharma. Autora dos livros Elixires de Cristais Novo Horizonte da Cura Interior, A cura dos chakras com cristais, entre outros. Atendimento online pelo Skype e preparo de sua fórmula pessoa"
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa