auravide auravide

A Grande Família Cósmica - Não Estamos Sós - Cap I - O Poder das Palavras


Facebook   E-mail   Whatsapp



Canalizado por Paulo Veneziano

Devem prestar atenção às palavras, pois elas têm um poder muito forte no processo de criação. Devem firmar claramente o que desejam e o que pretendem fazer quando escrevem, pensam ou falam. Já ouviram falar no poder das palavras e na força que elas têm? Pois é exatamente assim que tudo funciona. Os decretos, as palavras sagradas, os símbolos, tudo está interligado como uma corrente para que possam expressar ao cosmos com firmeza tudo aquilo que desejam realizar e as metas que pretendem atingir.

Devem escrever, sempre que possível, todas as ideias que lhes vier à mente e de uma forma simples, com lápis e papel sempre à mão, pois as mensagens e os insights se manifestam no sono, quando estão em estado de vigília ou até mesmo quando estão despertos realizando as tarefas diárias. Quando estiverem "ouvindo" as vozes que vêm do coração, não percam tempo e registrem estes ensinamentos, pois muitas vezes estão vindo dos seres que "anonimamente" estão lhes dizendo o que devem fazer. Podem também invocar as suas presenças e lhes pedir para que se manifestem da forma que for mais adequada. Devem sempre que possível procurar a natureza e os lugares sagrados para que possam purificar as suas energias densas e desgastadas e assim facilitar o trabalho de comunicação que se estabelecerá.

Todos são capazes de receber diretamente estes ensinamentos e tudo o que terão que fazer é permitir que os seus corpos sejam modificados para estarem habilitados a desenvolver esta tarefa. O primeiro passo é acreditar que podem fazer e em seguida colocar em prática estes ensinamentos.

A prática da leitura também é recomendável, pois através dos textos sagrados e das palavras sábias, poderão absorver mais uma vez os ensinamentos e as verdades ali contidas. A leitura deve ser habitual e fazer parte do seu dia a dia, pois não é importante a quantidade e sim a frequência, exatamente como fazem com exercícios físicos que buscam o aprimoramento do corpo. Trata-se de um exercício para a mente, para que ela se torne sadia e consciente, ajudando o seu corpo na integração mente e espírito. A arte é também uma força valiosa de expressão e deve ser utilizada como forma de suavizar e harmonizar os seus sentimentos e ajudar no equilíbrio emocional. Devem perguntar no íntimo de si mesmos que habilidades possuem e o que lhes traz alegria e prazer para em seguida manifestarem através da prática. Pode ser qualquer coisa que lhes traga equilíbrio e prazer, pois assim estarão se harmonizando e equilibrando as suas tão debilitadas energias.

Devem também adotar a prática do bem com frequência em suas vidas e as chances estão aí, prontas para serem aproveitadas. Quando se depararem com alguma situação que lhes pareça uma oportunidade, não titubeiem e façam aquilo que o seu coração está lhes mostrando. Esta é uma forma como o Pai proporciona aos seus filhos a chance de poderem praticar atos de puro amor e fraternidade. Demonstrem claramente nesta hora que todos são irmãos, membros de uma família que nem sempre conseguimos enxergar, mas que está aí, diante dos nossos olhos e pronta para nos receber de braços abertos cheios de emoção. Este é o verdadeiro sentido de fraternidade que o Cristo nos ensinou e que testemunhou através da sua vida cheia de sacrifícios e abnegação. Não há coisa mais bonita do que a entrega, a confiança e a certeza de que está sendo feita a coisa certa.

Tudo funciona de forma harmônica e incrivelmente simples, impossível de ser imaginada pela mente humana pelo simples fato de que não conseguem ver a magnitude da obra do Pai. Todas as energias manifestadas são expressões do Pai e todas são igualmente importantes no contexto cósmico e universal. Não devem julgar nada pelas aparências, tamanho ou cor, pois não poderão compreender o seu verdadeiro significado. Devem sempre enxergar com os olhos do coração para captar as essências que provêm deste ou aquele objeto, pessoa ou elemento da natureza. Sintam, sintam com vontade, procurem exercitar sempre este ensinamento fechando os olhos e procurando enxergar com os "olhos do coração".

Façam este exercício: vão até um lugar na natureza e permaneçam lá, quietos, apenas ouvindo os sons e sentindo o vento e o calor do sol. Sintam a brisa no seu rosto, o som dos pássaros e do vento, a mudança da temperatura quando o sol está presente e não pensem em mais nada. Se alguém ou algo estiver se aproximando, poderão sentir apenas através do fato de contatarem a sua energia e não porque estão vendo com os olhos físicos. Com a prática, aos poucos, verão que com o passar do tempo poderão fazer isso em qualquer lugar que estejam e poderão "sentir" se as energias à sua volta são benéficas ou não para vocês.

Lembrem-se sempre que tudo depende de disposição e disciplina e que apenas poderão alcançar estes objetivos através da prática diária dos ensinamentos.

Somos os seus mentores Bem-Sharon de Arcturus e Shanuá de Vênus.

São Paulo, 06 de agosto de 2005.

Texto Revisado


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Projeto Terra   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa