Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide
Home > Oráculos

A MAGIA NO DIA-A-DIA - 27/6 a 03/7

por Tina Simão
Facebook   E-mail   Whatsapp


Abaixo a comemoração diária da Deusa nas várias culturas através do mundo:

27 – festival das ninfas e das deusas virgens e lunares. Em Roma, festejavam-se as divindades dos lares. Dança anual do sol dos índios das planícies norte americanas, com jejuns, orações, danças e rituais de cura, pedindo ao Grande Espírito saúde, paz, prosperidade e felicidade. Festa do espinheiro na Inglaterra. As crianças amarravam flâmulas, fitas e flores no maior espinheiro da cidade e dançavam ao seu redor. Faça um arranjo de ikebana ou compre um bonsai, ou escolha a maior arvore do seu jardim. Enfeite-a a gosto salpicando alpiste para os pássaros. Agradeça ao povo das árvores pela energia e força que nos fornecem.

28 – celebração de Lâmia, antiga deusa das serpentes reverenciada na Líbia e Creta, transformada depois, na rival de Hera. Celebração da deusa grega da alvorada e do dia Hemera. Celebração de sta. Marta, na França, cuja lenda reproduz um dos atributos da deusa como senhora dos dragões e das serpentes. Faça uma pratica de revitalização e harmonização como yoga ou tai chi chuan ou chi kun. Saúde o sol, direcionando seus raios para seus chacras. Ore pela sua saúde e vigor físico. Visualize algum novo projeto sendo iluminado e favorecido pelas energias cósmicas do céu e do sol, materializando-se na terra. Desperte o fogo da serpente que existe em você e enfrente corajosamente, as nuvens escuras e os inimigos declarados ou ocultos.

29 – nos rituais de Santeria cubanos celebra-se o deus Elegba ou Legba, senhor dos caminhos, porteiras e encruzilhadas. Equivalente a Exu Guardião na umbanda brasileira. Antigamente em Dahomey celebração de Minoma ou Marmoninon, deusa do bem e do mal , detentora de poderes mágicos, mãe, guardiã e protetora das mulheres. Nas Américas do sul e central festeja-se São Pedro. Em Malta, festival Mnarja, reminiscência de uma antiga festa da colheita. Aproveite e conecte-se ao seu guardião, reverenciando-se de acordo com sua fé e conhecimento. Peça proteção, abertura de caminhos, força para vencer obstáculos. Consulte um oráculo ou prepare uma defesa para si como um patuá, talismã, amuleto ou runa de proteção.

30 – oferendas e rituais de agradecimento para a mãe dos grãos no antigo Peru. Dia de Aestas, a deusa do milho e do verão, celebrada em Roma. Faça um pão ou bolo. Reúna os familiares em torno da mesa enfeitada com espigas de trigo e milho. Faça uma oração de agradecimento pelo seu sustento. Agradeça a mãe terra, as deusas dos grãos e frutos, aos devas e a todos os seres elementais. Peça para que jamais lhes falte alimentos. Mentalize solução para os que não tem alimento no mundo todo. Reparta o pão ou bolo com os familiares, leve um pedaço a uma arvore junto com uma espiga ou punhado de milho e uma fruta. Ofereça-os como gratidão as deusas dos grãos e assuma o compromisso de ajudar as crianças carentes ou abandonadas.

01 – celebração da deusa assíria Atargatis ou Dea Syria posteriormente identificada como Afrodite. Inicio da procissão ao monte Fujiyama, no Japão, celebrando a deusa do fogo Fuji, padroeira do Japão. No Nepal, comemora-se Naga Panchami, festival em honra a deusa serpente Manasa Devi.

02 – na Europa antiga, celebração das futuras mães, honrando as deusas padroeiras da fertilidade, gestação, parto e nascimento. As mulheres grávidas recebiam bênçãos e honras, sendo celebradas pelas outras mulheres e abençoadas pelas sacerdotisas. Dedique seu tempo para auxiliar ou orientar alguma futura mãe. Se você estiver esperando um filho reserve este dia para cuidar de vocês, orando a grande mãe e escolhendo uma de suas manifestações como madrinha para seu filho.

03 – festival celta celebrando a deusa da fertilidade e inspiração Cerridwen, detentora do caldeira sagrado da transmutação e grande mãe da vegetação. Comemoração das mães do milho na antiga Prússia e Alemanha , deusas da agricultura e dos cereais. Dança do milho verde dos índios Seminole, na florida homenageando a deusa da agricultura Selu e seu consorte Konati, o senhor da caça. Na micronésia comemoravam Lorop , a criadora, deusa que alimentava seus filhos com peixes e frutas. No Havaí e nova Zelândia celebrava-se Haumea, deusa da fertilidade, vegetação e nascimentos. Mãe de Pele, a deusa do fogo vulcânico, ela ensinou as mulheres o parto natural.

Tina Simão
Mestre em Reiki, Terapeuta, Escritora, Estudiosa e Pesquisadora da Arte ou Religião Antiga.
Autora do livro A Força dos Salmos e do Tarot dos Deuses Hindus.
Contato: [email protected] ou 11 4238 8619.

JUNHO
30 – ritual da lua minguante – 19.30 h.

JULHO
01 – workshop aliviando o estado de ansiedade – 19.30 h.
02 – leitura de búzios – 10 h.
07 – curso de numerologia – 18.30 h.
07 – rosário do Arcanjo Miguel – 15 h.
09 – workshop – conhecendo os benefícios da yoga – 14 h.
16 – curso de reiki nível 1 – 9 h.
23 – curso de astrologia – 14 h.
24 – cirurgia energética – 19 h.
30 – workshop – técnicas de defesa energética – 9 h.


SIGA-NOS NO TWITTER - VISITE NOSSA PAGINA NO FACEBOOK
NOVIDADES:
PINTURA E MUSICA DO ANJO PESSOAL/LEITURAS DE TARO ON LINE/CURSOS DE IRIS DIAGNOSE E SHIATSU
OFERECEMOS CURSOS INDIVIDUAIS NO SEU HORARIO!!!!
link - 11 4238 8619 – [email protected]

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstar Avaliação: 4 | Votos: 20
Atualizado em 25/06/2011

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo

auravide auravide

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa