Workshop - O chamado da Paz - dia 18 e 19 de maio
Autor: Dra. Mirhyam Conde Canto - mirhyamcanto@uol.com.br
Data: 18/5/2019

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp

                                              

Atreva-se a olhar para seu sofrimento nos olhos e acolhê-lo. 

Só assim poderá ver sua verdadeira dimensão e lidar com a situação com prudência e consciência. 

Venha participar desse Workshop inesquecível e transformador.
 
Reconhecer que sofre e em que nível de sofrimento você se encontra é o primeiro e fundamental passo para ser feliz.
 
Qualquer que seja seu destino você somente conseguirá chegar à ele se souber de onde está partindo.
 
Quem vive por toda vida entre as trevas e a penumbra, reconhecerá a penumbra como estado de iluminação, sendo assim jamais irá buscar maior clareza.
 
Com certeza a resistência é o maior impedimento do crescimento, e ela poderá vir de muitas formas diferentes tais como; o apego, a arrogância e prepotência, falta de audácia, falta de coragem, a falta de integridade interna, condicionamentos limitantes entre outras.
E todas essas razões derivam do mesmo sentimento primário que é o medo. Principalmente os medos inconscientes.
 
Atreva-se a olhar para seu sofrimento nos olhos e acolhê-lo.
Só assim poderá ver sua verdadeira dimensão e lidar com a situação com prudência e consciência.
É necessário ousar pensar que sempre haverá uma vida com mais luz que a atual, ou estará resignado ao seu estado de inércia.
 
“A Paz (Pax) é derivada do latim Pacem = Absentia Belli”, ausência de guerra ou conflito.
Toda guerra inicia com conflito de interesses onde duas ou mais partes desejam algo que supõem não poder ser compartilhada.
Esse objeto de interesse ilusoriamente é considerado como a “pedra filosofal” (Lapis Philosophorum.), ou seja, acredita-se que quem detiver a posse dele terá garantido sua felicidade.
No aspecto interior, paz significa um estado de espírito de equilíbrio, calma, segurança, prazer e ausente de conflito e sentimentos negativos.
Sendo que a paz externa somente é alcançada se houver a interior, caso contrário cedo ou tarde os acordos implícitos (acordos que não são expressos, mas que se espera pelo bom senso que se cumpra) ou explícitos (acordos expressos) se deterioram e reacende os conflitos.
O mundo externo é apenas um reflexo do mundo interno.
Estar em conflito é estar em sofrimento. 
 
Há duas categorias de sofrimento, o sofrimento físico que está associado a dor física, disfunção orgânica ou o simples fato passivo do sujeito que sofre a ação e o sofrimento psicológico ou emocional que é caracterizado pelo conflito interior. 
 
Sendo esse último o objeto de nosso trabalho.
 
Dias 18 e 19 de Maio - das 09:00h às 18:00h
 
Investimento de R$500,00 - em até 5 parcelas.
 
Inscrição antecipada via Whatsapp: (11) 94101-3858

Cirurgiã-Dentista, Massoterapeuta, Acupunturista, Mestre em Reiki, Radiestesista, Terapeuta Holística, Oligoterapeuta
E-mail: mirhyamcanto@uol.com.br
Visite o Site do autor
Valor: R$ 500,00

Visitas: 28
Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp


Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2019 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.