auravide auravide

O Poder da Verdade

Publicado por Elisabeth Cavalcante em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Não é preciso consenso
nem arte, nem beleza ou idade:
a vida é sempre dentro e agora.
(A vida é minha para ser ousada.)

A vida pode florescer
numa existência inteira.
Mas tem de ser buscada,
tem de ser conquistada.

Lya Luft


A verdade tem um alto poder de cura. Isto significa que, quanto mais encararmos a verdade acerca de nós mesmos, e das razões que se escondem por trás de nossos comportamentos e atitudes, mais chances teremos de vencer nossas dificuldades.

A questão é que, muitas vezes, a verdade é algo difícil de ser encarada. Então, nós a escondemos de diversas formas. Geralmente os problemas em nossos relacionamentos começam quando as pessoas pelas quais nos sentimos atraídos têm objetivos, expectativas e caminhos diferentes dos nossos. Ao constatar essa realidade, cada uma das pessoas envolvidas tenta convencer o outro a trilhar o caminho que ele próprio escolheu.

Encarar a verdade de que a pessoa na qual depositamos todas as nossas esperanças de felicidade não vai poder satisfazer esse desejo é muito difícil, mas não há outra forma de resolver nossos problemas. Enquanto continuarmos insistindo em fazer com que a realidade se “amolde” às nossas expectativas, nossas relações prosseguirão sendo uma fonte de angústia e decepção.

Nesse processo, devemos estar permanentemente atentos aos “sinais” de que as coisas não caminham como queríamos. Ignorar esses sinais por medo de encarar a verdade só fará adiar o surgimento dos problemas.

A maneira mais eficaz de detectar os sinais é observar as atitudes do outro. Elas são o verdadeiro termômetro das intenções de alguém. Por exemplo, uma pessoa pode falar muitas coisas, fazer muitas promessas e garantias. Porém, as suas ações é que irão revelar quem de fato ela é.

Não importa se ela não age de forma coerente com suas palavras por um desvio de caráter, medo ou limitação. O importante para nós, é percebermos até que ponto suas atitudes nos prejudicam ou nos fazem infelizes, e decidir se queremos pular fora ou permanecer ali por covardia. Muitas pessoas costumam arrumar desculpas para o comportamento do outro, simplesmente para mascarar o medo de que ele vá embora.

A maioria dos conflitos é passível de solução, desde que enfrentados logo no início. Mas, se ignorarmos os sinais e deixarmos que eles continuem crescendo, podem atingir tal proporção, que superá-los torna-se impossível.

Amar alguém que esteja trilhando um caminho diferente do nosso não é impossível. Mas exige muita auto-estima e segurança interior para respeitar as escolhas do outro e não abrir mão das próprias verdades por medo de perdê-lo.

Devemos escolher o caminho que é verdadeiro para nós. Ele não é a verdade absoluta, mas é o que precisamos para sermos felizes. E, por mais que amemos alguém profundamente, temos que aceitar que essa pessoa pode não trilhar exatamente o nosso caminho.

Geralmente, ficamos tão enredados nos problemas cotidianos e no esforço para manter nossos relacionamentos, que nos esquecemos de nossos verdadeiros objetivos.

Analise-se, descubra o que tem realmente importância para você, o que você precisa para ser feliz? E, quais as coisas que não o fazem feliz?

Ouça atentamente o que diz o seu coração, não tenha medo das verdades que ele lhe revelar, encare-as com coragem, pois elas, certamente, lhe indicarão o caminho para alcançar a paz.

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4


Sobre o autor
elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching e Faça uma consulta online
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa