Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 

Fluir com a vida

Publicado dia 4/8/2020 11:35:16 AM em Autoajuda

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura

O maior desafio da vida consiste em soltar, deixar ir as situações emperradas, diante das quais nos sentimos impotentes. Muitas vezes este processo consiste em ter de abrir mão de sonhos e ilusões, o que é muito difícil para o ego.

Ele não suporta a frustração de seus desejos e por essa razão, nos leva a resistir ao máximo às finalizações. Apegar-se ao que já não tem sentido é uma das maiores fontes de sofrimento para o ser humano.

Quanto mais avançamos no crescimento da consciência, mais surgirão circunstâncias que nos levarão a este aprendizado. Encarar o vazio deixado pelo abandono das fantasias ilusórias é uma prova imprescindível neste processo.

Aos poucos, a entrega aos desígnios da existência vai se tornando mais fácil até que nos tornamos plenos de confiança e passamos a fluir de modo relaxado, nos caminhos que ela vai redesenhando.

"O ego não pode fluir como um rio. Está congelado. Como um rio congelado pode fluir? O gelo precisa derreter, só então ele pode fluir.

Congelado, você tem uma forma - derretido, a forma desaparece. Congelado, você é alguém, em alguma lugar; um nome - derretido, o nome some, " ser alguém" desaparece. Você se tornou um nada, sem forma.

Somente quando você não está congelado, você flui e, quando flui, você é como a própria vida, porque a vida é movimento. Só a morte é imóvel, só a morte permanece onde está.
A vida continua indo, indo, indo - é um fluxo contínuo.

Se teve sucesso, você está congelado, porque agora você tem medo de derreter - porque se você derreter todo o sucesso será perdido. O seu sucesso é parte da sua imobilidade.
Se você ficou famoso, você está congelado, agora você está morto, agora você não pode derreter. Você tem que se proteger, preservar sua fama, seu respeito, sua reputação.
Você tem que se proteger e tem que permanecer com seu passado. Você não pode avançar para o futuro desconhecido, porque quem sabe? O caminho desconhecido pode levar você a algum lugar onde você perca a fama, perca a reputação. Então você vai andar só na trilha batida, no território que foi mapeado, no conhecido. Você vai andar no círculo da memória, na roda da memória.

A vida nunca anda na trilha de terra batida, ela sempre avança na direção do desconhecido. A todo o momento, ela está avançando para o desconhecido. A todo momento ela está avançando para o desconhecido, e se você está congelado, você morrerá.
A vida não vai esperar por você. Você tem que derreter e só quem não tem uma reputação a zelar não tem fama para proteger, pode avançar em direção ao desconhecido e avançar feliz. Não tem nada a perder.

Assim eram os mendigos de Buda - sem nome, sem abrigo, nada para proteger, nada para preservar. Eles podiam ir a qualquer lugar, assim como as nuvens no céu, sem casa, sem raízes em lugar nenhum, flutuando, sem nenhuma meta, nenhum propósito, nenhum ego.
Osho

Amigos de São Paulo, estarei na cidade de 22 a 29 de outubro, realizando atendimentos de Tarô, I ching, Astrologia e Terapia Floral. Para agendar um horário, escrevam para o meu email.


por Elisabeth Cavalcante

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Obrigado por votar
starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  

Compartilhe
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura

Sobre o autor
elisa
Elisabeth Cavalcante é Taróloga, Astróloga, elisabnn Consultora de I Ching e Terapeuta Floral.
Atende em São Paulo e para agendar uma consulta, envie um email.
Conheça o I-Ching
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor





horoscopo


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa