auravide auravide

Ah, dúvida atroz!

por Graziella Marraccini
Publicado dia 17/04/2008 18:02:44 em Astrologia

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

Quantas vezes nos encontramos numa encruzilhada e não conseguimos escolher o caminho a seguir? Quantas vezes, em nossa vida, já fizemos escolhas que, no decorrer do tempo, acabaram por causar decepções e arrependimentos? E quantas vezes dissemos: se eu tivesse sabido antes... Bem, creio que todos nós, mais cedo ou mais tarde, na vida, nos deparamos com dúvidas, encruzilhadas. Escolher é difícil, pois sabemos que nossas escolhas irão determinar nosso futuro. Muitas vezes, nos momentos cruciais, levantamos os olhos aos céus e pedimos a Deus que nos ilumine, ou ao nosso Anjo da Guarda que nos guie. Cada um com sua fé, a verdade é que muitas vezes precisamos de ajuda para tomarmos nossas decisões. A meu ver, a astrologia pode ser realmente uma ferramenta poderosa para esse fim. Partindo da idéia que um momento cósmico é um momento único, a astrologia deduz que as qualidades energéticas desse momento particular serão capazes de imprimir em nossa mente (em nosso DNA) uma qualidade inerente a esse momento e que essa qualidade visualizada através do nosso mapa astral nos ajudará em nossas escolhas pessoais. O mapa astral natal, ou como é chamado na Rússia a ‘equação pessoal’, é determinante para nosso caráter e nosso caráter, como diz um famoso astrólogo francês, é o agente de nosso destino. Quando pedimos a um astrólogo para fazer uma leitura de nosso mapa natal estamos fazendo um trabalho de autoconhecimento e esse trabalho precisa ser voluntário, ou seja, precisa de nossa ação para ter sucesso. Não consultamos um astrólogo somente para saber o futuro, mas sim para conhecer o presente. O astrólogo não pode fazer previsões antes de ter analisado seu mapa natal. Isso porque somente com o seu mapa natal em mãos ele poderá lhe conhecer de fato. O mapa é o retrato da pessoa. O raio X. O astrólogo lê o raio X e o interpreta. Depois, para fazer previsões, ele usa outras ferramentas e pode projetar para frente os acontecimento e esclarecer suas dúvidas em relação a esse futuro. Infelizmente, os mapas feitos por computador fornecem muitas informações que podem ser contraditórias. É assim como se, leigos, lêssemos um livro sobre mecânica para tentar consertar o motor do carro que está falhando! Poderemos aprender onde está o cabeçote, o carburador, onde fica o filtro de óleo, o tanque de água, e poderemos reconhecer algumas outras peças importantes do motor, mas não conseguiremos certamente ter a visão do todo, do conjunto, a ponto de poder consertá-lo ou de reconhecer a razão de um ou outro defeito. Para esse fim precisaremos de alguém especializado. O astrólogo é assim como o mecânico, que, além de conhecer cada peça do seu motor e conhecer seu funcionamento, sabe também consertá-lo. No entanto, diferentemente do mecânico, ele não fará o conserto, mas indicará a você, cliente, como consertá-lo sozinho! O astrólogo não irá restaurar sua vida e nem modificar seu destino, pois esse não é seu papel. Ele levantará o mapa de sua astro-caracterologia para indicar em que direção sua vida estará caminhando se você seguir direitinho a cartilha que o céu lhe apresentou. E se você não seguir a cartilha? A responsabilidade será somente sua! Se você não consertar o carro antes de uma viagem, ele lhe dará muita dor de cabeça, não é mesmo?

Uma outra ferramenta é muito pouco usada em astrologia; é chamada de astrologia horária. Como ela pode ajudar? Lembrando que a astrologia horária é o verdadeiro horóscopo, telefonar para o astrólogo na hora em que seu carro foi roubado pode ser uma boa, se você quiser saber se ele será encontrado ou se irá para desmanche. Consultar o astrólogo no momento de comprar um carro, um apartamento, ou outro bem, pode orientá-lo a fazer uma boa escolha. Consultar o astrólogo para perguntar se pode viajar naquele período, pode ser uma boa idéia para fazer uma viagem mais tranqüila. Enfim, a astrologia pode servir para tirar dúvidas e para evitar tê-las também! Por incrível que pareça, a maioria das pessoas pensa que a astrologia se resume ao horóscopo do jornal e quer, nele, encontrar todas as respostas para suas dúvidas! E muitas pessoas escrevem dizendo que não se reconhecem neste ou naquele signo de seu nascimento.

Quando uma criança nasce, a mãe pode pedir uma leitura do seu mapa natal para um astrólogo competente. Ele lhe dará um perfil do caráter dessa criança e este perfil servirá para os pais e educadores se orientarem durante seu crescimento. Semente cósmica única, essa criança crescerá com suas características próprias, mas se desenvolverá de forma diferente, dependendo do ambiente onde for criada. Uma criança é como uma semente plantada na terra. Ela terá, na origem, suas próprias características genéticas, mas seu crescimento saudável e proveitoso será possível somente se a plantinha, ao crescer, será adequadamente cultivada, cuidada, regada, adubada, tutelada! Costumo dizer aos meus clientes que se temos um punhado de feijões e os plantamos em vasinhos diferentes, com insolação diferente, adubação diferente, cuidados diferentes, eles crescerão como plantinhas diferentes, mas sempre darão feijões! Assim, um aquariano sempre será um aquariano em suas características genético-astrológicas, um ariano será sempre um ariano, etc. etc. e se comportará como tal! E será reconhecido como tal por um astrólogo assim como um botânico saberá reconhecer a família à qual pertence essa ou aquela semente ao analisá-la... Mas, ao plantar a semente, desde os tempos milenares, o lavrador não escolhe o período certo do ano? A Lua melhor? Por que isso acontece? Porque cada semente deve ser respeitada em sua unicidade e o lavrador sabe que aquela semente não dará uma boa planta se não for plantada sob aquele céu! Nossa sociedade, infelizmente, se afasta cada vez mais dessa união com o cosmo, dessa sincronicidade cósmica, do respeito ao ciclo da terra, ao ciclo da natureza. A nossa sociedade atual sofre de uma doença grave: a falta de união com o TODO. Mas nós, que estamos envolvidos nessa missão do STUM, podemos e devemos respeitar a unicidade de cada um, sincronizar nossa vida com o ciclo do TODO e com ele nos desenvolver, crescer e nos multiplicar. Às vezes recebo criticas sobre as minhas analises, meus artigos, pois sempre há alguém que discorda de minhas opiniões. É claro que nem pretendo que não seja assim. Não se pode agradar a todos. E fico feliz quando recebo elogios, também! Mas, na realidade, ao escrever no STUM (como o fazia já em meu site pessoal) minha intenção sempre foi de procurar compartilhar meus conhecimentos para oferecer ajuda a quem, como eu, está em busca de respostas. Eu, quando estou numa encruzilhada, olho para o céu e peço ajuda a Ele. Com a análise dos movimentos celestes, interpreto a mensagem Dele. É assim que Ele fala comigo. Interpreto sua mensagem sempre com base nos meus estudos e também na minha experiência pessoal, e consigo, então, não somente decidir mas também consigo a paz interior! Do mesmo modo procuro ajudar quem me consulta, com a mesma humildade, como interprete que sou da mensagem do céu. Sei que estou mexendo com a vida das pessoas, que as ajudo a tomar decisões, que as encaminho para esse ou aquele caminho, e sei que isso me acarreta um carma muito pesado. Mas quero deixar claro que esta é a profissão que escolhi como missão de vida e que a pratico com carinho, dedicação e amor ao próximo e não somente visando o meu sustento, como é de direito. Vocês não imaginam como fico feliz quando um cliente me retorna um email, um telefonema, dizendo que após a consulta se sente mais tranqüilo, consegue enxergar mais claramente suas possibilidades, consegue tomar suas decisões com mais serenidade! Como fico feliz quando um cliente desempregado e desesperado que me consultou, me escreve dizendo que achou o emprego justamente na data que eu havia previsto em minha consulta e que ele soube esperar aquele momento com mais paciência. E aquele outro cliente que deseja programar seu casamento sob um céu favorável para que o relacionamento dê certo, e me consulta para encontrar uma boa data, não coloca um pouco de sua vida nas minhas mãos? Quanta responsabilidade, meu Deus! Eu interpreto, aconselho, indico o melhor momento astrológico, mas no dia-a-dia do relacionamento, será ele a fazer o trabalho duro, e o fará com ou sem os conselhos do astrólogo, não é mesmo? Eu peço a Deus todos os dias que me ajude a ser útil, a ajudar os outros. Esta é minha missão. Eu a escolhi. No final de cada consulta esclareço sempre que, mesmo se a astrologia pode fazer muito para ajudar as pessoas em suas escolhas, ela não consegue mudar o destino de ninguém.

Para ajudar a dirimir suas dúvidas, esclarecer e abrir sua visão interior, afastar maus pensamentos, diminuir a tensão da vida diária, vocês podem meditar com o nome desse Gênio Cabalístico: Cahetel, o oitavo nome de Deus.

Peçam, com Fé e obterão uma mensagem esclarecedora.
Uma boa semana a todos!
São Paulo, 14 de abril de 2008


estamos online

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp

starstarstarstarstar
O artigo recebeu 1 Votos

Gostou?   Sim   Não  



Sobre o autor
graz
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology. grabnn Atende em seu consultório em SP com hora marcada no horário comercial.
5 perguntas Frequentes, visite Canal do youtube e Facebook
Email: [email protected]
Visite o Site do Autor

Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos


As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa