auravide auravide

Felicidade


Conheci Palestina, irmã de um grande amigo, num domingo. Estávamos num estúdio de gravação em Uberlândia, quando ela apareceu com o Alexandre. Fomos convidados, Márcia, Jean e eu, para jantarmos. Ela, a família do irmão, alguns amigos e todos os meus.

Palestina é uma pessoa singular. Como todos nós, com seus problemas. Quando nos conhecemos ela foi logo dizendo:
- Gostei muito do seu livro. Li-o em dois dias e já reservei algumas frases para colocar na creche.

Sempre fico sem jeito quando isso acontece e não me recordo quais foram as minhas palavras naquele momento. Ainda não aprendi a conviver com estas situações. Mais tarde fiquei sabendo que Palestina dedica todo o seu sábado, quando está em Belo Horizonte, a uma creche. Seu sonho é ser comissária de bordo de uma companhia aérea. Conhece todos os termos aeronáuticos e, na realidade, gostaria mesmo de comandar uma aeronave.

Seu sonho lhe impedia de pensar no presente. Vivia uma realidade virtual. O passado estava em seus momentos e seu futuro sonhado lhe castigava. Quem sonha alto se esquece de viver o presente e não consegue construir a felicidade. Achei que poderia ajuda-la. Marcamos para conversar.

No momento que nossa conversa se realizava ela olhou para a minha direita e espantada disse:
- Vi alguém. Um homem com uma túnica branca usando sandálias e com um cajado de madeira.
Fiz de conta que não tinha entendido nada e lhe pedi um papel e uma caneta. Senti uma forte necessidade de escrever. Sabia que o que viria estaria fortemente ligado ao assunto que conversávamos e também a qualquer ser humano.
Com caneta e papel as palavras e o texto começaram a ser escritos:

Para sermos FELIZES.

1. Devemos estar em paz com a Natureza.
2. Respeitarmos as suas regras.
3. Vivermos o aqui e o agora.
4. Sabermos conviver com os defeitos dos outros.
5. Sabermos perdoar.
6. Não julgarmos.
7. Sabermos usar a palavra NÃO.
8. Sermos verdadeiros.


Ficamos surpresos com a revelação. Tenho certeza que foi mais um trabalho do Homem de Sandálias... Palestina ficou meditando sobre o que tinha acabado de ler e se sentiu atingida. Estava mais calma e me confidenciou que sua tranquilidade era tanta que sentia sonolência.

As maiores verdades são simples, como simples deve ser a nossa maneira de viver. Nunca confundamos luxo com conforto...

Até a semana que vem...
Nos veremos.

Um beijo na sua alma.


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 2


saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Visite o Site do Autor

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa