auravide auravide

Reprograme a Sua Vida V


Reprograme a Sua Vida V

Viver o Presente, ficarmos atentos ao nosso nome, pararmos de responsabilizar terceiros pelos nossos insucessos, termos consciência que o feio existe para que o belo possa surgir, que a dor se faz presente para que a felicidade seja entendida, são processos importantes no entendimento e aceitação de nossa transitória vida terrena.
Porém, duas coisas possuem peso muito forte. Saber aproveitar o PRESENTE e PERDOAR.
Na semana anterior deixamos evidente o que é preciso fazer com o nosso momento, com o nosso dia, com o nosso PRESENTE.
Nesta semana precisamos aprender o que fazer com a DOR, com a Má Água (Magoa) que acumulamos em nosso corpo físico, emocional e mental.
Uma fábula muito interessante, de um Samurai, ajuda a ilustrar o nosso pensamento e o começo do nosso conceito.

“Era uma vez um grande e idoso Samurai que vivia no Japão. Dedicava-se a ensinar a arte Zen para os jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda de que ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.
Certa tarde, um Guerreiro conhecido por sua falta de escrúpulos apareceu na cidade. Queria derrotar o Samurai e aumentar sua fama. O jovem aproximou-se do velho Samurai e começou a insultá-lo. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou insultos e ofendeu seus ancestrais.
Durante horas fez de tudo para provocá-lo, mas o velho permaneceu impassível. No final do dia, sentindo-se exausto e humilhado, o Guerreiro retirou-se. E os seus alunos perguntaram ao mestre como ele pudera suportar tanta indignidade... Então ele disse:
Se alguém chega até você com um presente, e você não o aceita, a quem pertence o presente?
- A quem tentou entregá-lo, respondeu um dos seus discípulos.
O mesmo vale para a inveja, a raiva, a mágoa e os insultos. Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carregava consigo.
A sua paz interior depende exclusivamente de você, as pessoas não podem lhe tirar a calma, só se você permitir...

"NINGUÉM LHE FERE SEM O SEU CONSENTIMENTO"


Este é o primeiro passo. Não aceitar que nossos adversários dominem os nossos pensamentos e/ou conduzam as nossas atitudes. Em outras palavras, dirijam a nossa vida. Cabe a nós a decisão soberana do que queremos ser, aceitar e conviver.
Segundo passo; é importantíssimo definirmos o que fazer com o sentimento. Sem qualquer dúvida é preciso perdoar e não convivermos com aquilo que nada acrescenta em nossa vida.
Nutrir maus sentimentos nos coloca em uma esfera de energia negativa e ela funciona como um verdadeiro ímã. Atrai o que é semelhante. Só por isso já seria recomendável apagar de nossa memória as pessoas que não nos fazem bem. Só por isso devemos estar em outros locais que eles não freqüentem. Só por isso é importante perdoar.
Mas, cuidado, há dois tipos de perdão:
O Social e o de Alma.
O primeiro é falso, da boca para fora e sem qualquer sentido vibratório positivo. Enganador mesmo; mas, afinal, quem se pretende enganar com isso? Nós, não é verdade?
O segundo perdão, de alma, é aquele que extingue de nossa memória os efeitos maléficos que geram energia negativa. É aquele que apaga, que “deleta” de nossa mente todos os efeitos que provocam o mal-estar que sentimos quando nos lembramos da pessoa ou do episódio.
Para algumas pessoas que me procuram para uma Reprogramação de Vida, se faz necessário praticar o Exercício do Perdão. São incapazes de agir por conta própria. A maldade está tão forte em suas vidas que nada dá certo. São verdadeiros vetores de energia negativa. Quanto mais o tempo passa, menos as coisas dão certo, há mais ódio no coração e total ausência de felicidade.
É, portanto, nosso Livre-Arbítrio se conservarmos qualquer dor e qualquer sentimento negativo. Não podemos, desta forma, responsabilizar terceiros pelos nossos fracassos, pelos insucessos e ausência de felicidade.
Desgraça atrai desgraça. Dor atrai dor, a não ser que nossa mente acabe com este ciclo vicioso.
Repito: não adianta responsabilizar terceiros pelas coisas ruins que acontecem em nossa vida. Nós aceitamos por comodidade, conforto, impotência, submissão...
A felicidade é construída por nós.

Nos veremos, certamente.
Beijo na alma



estamos online

Gostou?   Sim   Não  
starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1


Leia Também

Reprograme a Sua Vida IV

Reprograme a Sua Vida VI




saul
Saul Brandalise Jr. é colaborador do Site, autor do livro: O Despertar da Consciência da editora Theus, onde mostra através das narrativas de suas experiências como extrair lições de vida e entusiasmo de cada obstáculo que se encontra ao longo de uma vida.
Visite o Site do Autor


Veja também

As opiniões expressas no artigo são de responsabilidade do autor. O Site não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros.

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa