auravide auravide

O que é Cura Vibracional?



(uma visão espiritual)

Este artigo se baseia no acervo de informações espirituais denominado “observações Tumarã” e está intimamente ligado à doutrina espiritualista do vale do amanhecer, fundada pela médium clarividente conhecida como Tia Neiva e que pela grande quantidade de informações importantes e a mesmo tempo de simples entendimento, resolvi disponibilizar ao público em geral, pela utilidade a nível humanitário.

Aprendemos que, no Universo que nos rodeia, nós e tudo o mais somos apenas formas de energia, cada um sendo emissor de uma frequência própria de vibrações. 

Na Natureza, onde a escala natural, mineral, vegetal e animal  apresenta em cada nível, uma complexidade maior na formação de seus seres, os mais adiantados apresentam órgãos que vibram, cada um, independentemente do outro, mas compondo uma resultante que é a vibração daquele ser.

No ser humano, uma mudança na frequência de um órgão, determina a doença e é preciso que ele vá se libertando das paixões e atuações de sua sombra (negatividade) e melhorando, progressivamente, elevando sua mente e seu coração aos planos vibracionais superiores.

Por isso, seriam usadas as vibrações para corrigir e normalizar a frequência vibratória desse órgão “doente”. Pelos estudos modernos e científicos, as células do corpo humano selecionam e rejeitam certas vibrações, podendo, mesmo, por ação de uma vibração, alterar sua frequência e o seu campo eletromagnético, gerando, caso seja uma vibração negativa, uma despolarização de graves consequências para o órgão ou órgãos que compõem.

Alguns males são provenientes da captação de vibrações energéticas pesadas, que podem ser dispersas por exemplo pelo ato de “benzer” o doente. 

Quando usamos a manipulação de forças para afastar uma influência externa, de origem transcendental, um espírito que esteja provocando um mal físico, estamos aplicando a cura desobsessiva. Todavia, existem variedades dessas alterações vibratórias nocivas que se restringem ao próprio ser, isto é podem até gerar condições de diminuição do padrão vibratório que propiciem, além do mal físico, a atração de espíritos de baixo padrão, pelo fator de afinidade.

O ser humano é um mundo  miniaturizado, complexo e intensamente dependente de suas emoções. Qualquer tipo de emoção determina a produção de vários hormônios, adrenalina, noradrenalina e muitos outros e que afetam diretamente nosso padrão vibratório.

Desde a gestação, quando o feto já sente as vibrações de amor  ou de rejeição  dos pais, passando pela infância  e período de ajustamento à convivência que dá os sentimentos de abandono, humilhação, medo e rejeição, frutos da educação e da crítica dos adultos, que vão formando a nossa sombra, e chegando à fase adolescente, quando explodem as potencialidades do ser, sob o aspecto mediúnico, nossa vida é repleta de percepções que interpretamos por escala de valores que construímos pelos conteúdos de mensagens, comportamentos e crenças que nos envolveram desde a nossa concepção.

Temos, assim, uma carga de bons e maus sentimentos, incluindo, nestes, o medo, o isolamento, a ansiedade, a vergonha e a culpa. É esse conjunto de negatividade que nos leva ao desequilíbrio vibracional, anulando o lado bom e causando doenças.

Nosso estado de saúde depende do equilíbrio entre três importantes fatores, que são interdependentes: o psicológico, o orgânico e o econômico.

Assim, temos que ter a consciência de que nosso bem-estar vai depender de nosso próprio interior e, quando entramos em uma doença, temos que reagir e pensar que estamos contribuindo para esse mal, porque nossa posição negativa influi de forma determinante para isso, seja gerando cargas negativas para nossos órgãos como, pela afinidade, dando condições de um espírito obsessor ou um cobrador espiritual agir.

Por exemplo: o sentimento de medo ou insegurança frente a alguma situação gera tensão que provoca enfraquecimento do sistema imunológico e, assim, dá condições para a atuação de vírus que todos temos no organismo, aparecendo uma doença.

Por isso, temos que saber lidar com nossos males físicos. Nem sempre eles decorrem da ação de espíritos sem Luz, mas de nossas próprias condições.

Temos que agir pela cura vibracional, isto é, buscar dentro de nós mesmos a reversão de nosso padrão vibratório, fazendo na prática o que nos disse Jesus, segundo  Mateus (XXII, 34 a 40): “Mas os fariseus, quando ouviram que Jesus tinha feito calar a boca aos saduceus, se reuniram em conselho. E um deles, que era doutor da lei, tentando-o, lhe perguntou: Mestre, qual é o grande mandamento da Lei? Disse-lhe Jesus: Amarás ao Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o máximo e o primeiro mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos depende toda a Lei e os Profetas!” 

Assim, mostrou Jesus a importância do amor a si mesmo. E esta é a chave da nossa cura vibracional: o amor por nós mesmos, estabelecendo uma ligação entre o Céu e a Terra, permitindo a aproximação de nossos Mentores e propiciando a nós mesmos condições de melhorarmos nosso padrão vibratório e curarmos a nós mesmos dos males físicos de que somos acometidos.

Existe uma importante ligação entre a energia mental e o plexo físico, que determina condições físicas a partir de moléculas geradas no cérebro e que atuam no nosso sistema imunológico. Estas substâncias são conhecidas cientificamente como peptídios, já tendo sido classificadas mais de sessenta tipos, inclusive as endorfinas, interleucinas e interferon, que agem como transformadores de sentimentos em matéria ativa, fazendo a ligação entre a alma e o corpo.

Isso faz com que a vontade de viver se sobreponha à doença, fazendo com que o Homem consiga vencer doenças graves ou consideradas incuráveis ou terminais com a força de seu pensamento positivo e de sua vontade de viver.

A vida está cheia de ameaças e desafios, mas com o conhecimento e a fé podemos passar por tudo de forma tranquila e segura. Esta força faz com que algumas substâncias que, segundo a Ciência, não têm qualquer valor ou ação farmacêutica, chamadas placebos, passem a ter uma ação inexplicável em diversas situações. Na verdade, elas são simples agentes de nossa energia mental, impregnadas pelas vibrações positivas, que agem efetivamente na redução e cura de numerosas doenças, sem que a Medicina saiba como funcionam.

Pela energia mental, acionamos nosso sistema imunológico e geramos substâncias que levam à cura, da mesma forma com que cicatrizam ferimentos e confinam a ação de bactérias e vírus diversos, que ficam incubados, aguardando uma fraqueza orgânica  ou vibracional para atuarem.

Temos que nos amar, amar a vida, sentir a beleza do universo, nos harmonizarmos com ele, fazer a prática da caridade, com o que melhor temos em nós, para ajudar aos nossos irmãos, tanto encarnados como desencarnados, para podermos ter o merecimento de receber a ajuda de nossos grandiosos Mentores através de nossos chakras, potencializando em nossa mente toda essa força e projetando em nosso corpo a cura vibracional.

Quando nos revoltamos ou nos desequilibramos quando nos é dado um diagnóstico de um mal grave, temos ampliada a gravidade da doença pela nossa postura mental.

Temos que reagir, temos que mandar uma mensagem de vida e resistência a cada célula de nosso corpo. Sem isso, nosso sistema imunológico fica debilitado, causando desde resfriados prolongados, alergias, asma, lúpus, artrite reumatóide, diabetes e esclerose múltipla, à dificuldade de se defender de células cancerosas e de AIDS.

Não podemos abrir a guarda de nosso corpo pela debilidade da nossa energia mental. Temos que manter a nossa vontade de viver, de resistir, ampliando o nosso padrão vibracional, de modo que, se manifestada alguma doença, possamos atacá-la com todo o poder de recuperação de que dispomos.

Todo esse poder, toda a esperança de nossa vida melhorar, está dentro de nós, e o ensinamento aqui é  como desenvolver-se na dedicação da Lei do Auxílio. Temos que aprender a lidar com os sentimentos e com nossa autocrítica, sempre com amor, humildade e tolerância. Com amor, para estarmos receptivos às forças extra cósmicas e podermos nos ligar aos planos superiores; humildade para, sem sentimentos de culpa ou de vergonha, entendermos nossos erros e fraquezas; e tolerância para lidar com os que estão ao nosso redor, que de nada têm culpa e suportam a nossa pesada vibração, que se manifesta através de agressões, queixas e acusações.

Toda uma revolução tem que ser feita em nosso íntimo, quando entramos em uma doença, desde a mais simples até às mais graves, como casos de câncer ou AIDS. Somente pelo amor e pela intensa atividade de nossa energia mental, podemos reagir a esses males, fazendo com que nossa vibração se torne a mais positiva possível, superando e eliminando quaisquer sentimentos de rejeição ou abandono.

O Dalai Lama disse: "O poder de cura do espírito segue naturalmente, o caminho do espírito, não reside entre as paredes dos prédios luxuosos, nem no ouro que recobre as imagens, nem na seda com que se modelam as roupas, nem mesmo no papel dos documentos sagrados, mas vive na inefável substância da mente e no coração dos Homens. Devemos sublimar os instintos de nosso coração e purificar nossos pensamentos."

Que a compreensão e a paz de espírito proporcionem suas curas vibracionais, sejam curados, sejam felizes...

João Sposito – Brasília – DF

Outubro 2018

Texto Revisado

Publicado dia 4/10/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 7



foto-autor
Autor: JOÃO LUIZ SPOSITO   
João Sposito, atende em Brasília-DF, Terapeuta em Bio energética(par magnético), Reikiano, cromoterapeuta, espiritualista desde 1998, realiza assessoria espiritual personalizada e aconselhamento. Agendamento de consultas: presencial e a distância, (61) 982247680 whatsapp.,
E-mail: jlsposito@hotmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa