auravide auravide

Milagre da manhã - A paz é uma ciência? Vamos falar sobre paciência?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Dia 15/30
Você já agiu no impulso e depois se arrependeu do que falou, da forma com que falou? E se isso aconteceu, você reconheceu que agiu no impulso? Chegou até à pessoa e pediu desculpas pela forma que agiu?
Complicado? Depende do ponto de vista de cada um. Nos dias atuais, não estamos praticando a paciência, a tolerância e quando somos “cobrados”, justificamos que é devido à correria do dia a dia, ora é pela falta de tempo, mas, o que está nos faltando de verdade?

Penso que a maioria dos desafios do dia a dia seria reduzida drasticamente se todos buscassem o autoconhecimento porque quando nos conhecemos internamente fica mais fácil para lidar com as adversidades.

Como o assunto é paciência, vale a pena questionar: o que é paciência? Como é que se adquire a paciência?

Ah! Antes de trazer respostas, vou contar para você uma pequena história que sempre ilustro as minhas lives com ela.
Uma senhora, mãe de uma criança de 5 anos, sentia-se muito irritada com o comportamento da filhinha. Isso porque era uma criança muito agitada, corria, gritava, brincava o tempo todo, ou seja, criança sendo criança. Porém, essa senhora ficava muito irritada com as travessuras da filha e tomou uma decisão:

- Vou ficar uma manhã inteira rezando, pedindo a Deus para me dar paciência.

E assim ela fez. Levantou-se cedinho, preparou o café da manhã, tomou o seu café e subiu para o quarto. Rezou um rosário, outro e outro mais... Ao terminar, saiu do quarto e desceu as escadas. Mal pisou na sala e viu as paredes todas riscadas. Eram letras, números, desenhos, rabiscos das mais variadas cores e em todas as paredes. Essa senhora colocou as duas mãos na cabeça e começou a gritar:

-Deus! O que significa isso? Fiquei a manhã inteira rezando, pedindo para o Senhor me dar paciência e veja o que encontro! Todas as paredes da sala riscadas! Eu mereço isso?

Foi quando ela ouviu a voz de Deus dizendo:

-Para aprender matemática você precisa fazer os exercícios de matemática, para aprender a paciência eu lhe dei o exercício...

Uau! Será que essa senhora aprendeu a lição? Ao mesmo tempo que faço essa pergunta, faço uma pergunta para mim mesma: será que estou aprendendo as lições que os desafios do dia a dia me apresentam?

Respondendo o que é paciência e como se adquire, entendo que paciência é uma virtude que adquirimos a partir do momento que controlamos as nossas emoções. Paciência é a capacidade de manter a calma, ou seja, de não se alterar diante de uma situação desagradável, de injúrias, enfim, de estar atento ao que acontece, é praticar o famoso “orais e vigiai”. É saber ouvir, não querer ter razão, saber esperar os ânimos se acalmarem para, então responder com serenidade.

Para adquirir a paciência é fundamental conhecer as suas emoções, aceitá-las para, então, saber controlá-las. Não basta dizer “eu sou paciente” e, no impulso, dizer algo que contradiz a sua fala. Porém, aceitar que tem momentos de impaciência já é um passo para adquiri-la.  Outra forma de tornar-se mais paciente é entender que aquilo que o outro fala está de acordo com o mundo dele, com as crenças dele, portanto, não leve para o lado pessoal. Levar para o lado pessoal é acreditar que o outro está totalmente por dentro do que se passa no seu mundo. E isso é impossível. Só você sabe.

Cabe aqui a história do monge que caminhava com o seu discípulo quando foi abordado por um senhor com uma fisionomia fechada, cara de bravo mesmo e gritava com o monge:

-Você é um vagabundo que não presta para nada, não trabalha e ainda fica levando os outros para o mal caminho. Vá procurar serviço em vez de ficar com essa cara de santo!

O monge continuou com a mesma fisionomia de serenidade. O discípulo o perguntou:

- Mestre! Como é que o senhor ouve tantas barbaridades e não diz nada, não se irrita e continua assim, nessa paz?

O monge perguntou: se eu chegasse com uma caixa de presente e a entregasse para você, mas, você não a recebesse, de quem seria o presente?

O discípulo disse:  - Meu!

O Mestre sabiamente afirmou:

- Não recebi o que aquele senhor me falou. Tudo o que falou é dele, ficou com ele.

 Agora, peço a você que compartilhe esse texto com pessoas que frequentemente dizem a você que estão sem paciência.

Você conhece o meu instagram? Venha ver as diversas dicas e orientações para uma vida mais próspera: www.instagram.com/ailzaamorimprosperidade 
Será um prazer ter você por lá, e comigo.
Texto Revisado



 

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: AILZA GABRIELA ALMEIDA AMORIM   
Ailza Amorim é Terapeuta de Prosperidade para Mulheres, Mestre em Educação, Palestrante, Reikiana e Practitioner de Barra de Access. Ajuda mulheres a ressignificar crenças, a criar uma nova realidade para conquistar a prosperidade plena. Atendimento individual e/ou em grupo, online. Agende uma consulta gratuita via whatsapp (38) 988539363
E-mail: ailza.amorim@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa