auravide auravide

Deixe de ver o mundo pelo buraco da fechadura



Prezados, este texto tem a intenção de demonstrar que muitos de nós, na verdade, a grande massa humana, está enxergando o mundo como se estivesse olhando pelo buraco de uma fechadura.

É preciso abrir nossas mentes para conhecer mais ângulos de visão e então possamos perceber o que está ao nosso redor, de um lado e de outro, em cima, em baixo, dentro de nós e não só o que está diretamente à nossa frente, o visível, o tangível.

Desde que nascemos neste mundo, a educação tradicional nos prepara para percebermos somente um ângulo, a realidade consensual coletiva e limitada, nós combinamos então o que é real para nós coletivamente e isso se torna literalmente uma muralha em nossas individualidades.

Para efeito de aprendizado, que é um dos maiores objetivos de estarmos aqui neste planeta, nós aprendemos vivendo aquilo que percebemos como realidade, mas se a realidade consensual que vivemos é limitada, se ela contempla apenas uma ínfima fração do todo, imaginemos o quanto estamos nos abstendo de aprendizado e de evolução.

É certo que desde o início da humanidade até hoje, já evoluímos consideravelmente, porém, chegamos em um ponto de aceleração da evolução humana que se diz “salto quântico” que a humanidade dará, é um processo que já está em curso e a ampliação da visão de mundo, da realidade consensual é o ponto onde como se diz, o joio e o trigo irão ser separados.

Mas, ao contrário do que se pode pensar, a separação a que se refere o texto, não será feita por ninguém além de nós mesmos, somente cada um em sua individualidade irá de acordo com sua evolução promovendo gradualmente a separação referida, porque ao ampliar seu ângulo de visão do mundo, com a consciência menos materializada, mais espiritualizada e conectando-se com outras consciências do mesmo nível, com os mesmos objetivos e também com aquelas mais elevadas, ato contínuo, além de não mais conseguir manter-se enxergando o mundo limitado como pelo buraco de uma fechadura, também não iremos mais conseguir conviver, interagir com  pessoas que não desejarem ou não conseguirem alterar seus campos de visão, de consciência.

Isso se dará de forma natural, sem resistências para muitos ou não acontecerá para alguns, simplesmente iremos nos conectar por sincronicidade vibracional a outras pessoas compatíveis e não estaremos vibracionalmente disponíveis para aqueles que não estiverem neste nível, metaforicamente falando, nos tornaremos invisíveis, imperceptíveis a essas pessoas, elas poderão nos ver, mas não nos procurarão, não seremos, interessantes o suficiente por falta de comunicação vibracional.

Isso fará com que a separação aqui referida aconteça, estando todos nós vivendo no mesmo planeta, mas em planos vibracionais diferenciados e os grupos irão se formar e se desenvolver, muitos irão despertar seus poderes psíquicos, espirituais, energéticos, mentais e emocionais, através do intercâmbio natural entre eles, como se diz: “Somos todos mestres e mestras” e é assim que nos desenvolveremos: “Mestres ajudando mestres”.

A proposta aqui é: abra-se para além dos sentidos físicos conhecidos, você é mais do que visão, paladar, tato, olfato e audição, você possui inúmeros sentidos extras, muito potentes e também um centro, uma usina de força excepcionalmente poderosa localizada no centro do peito, o coração órgão principal para existência do corpo físico e centro gerador, receptor e distribuidor do sentimento que chamamos amor.

Dê atenção às suas intuições, seus sonhos, sinta o ambiente ao seu redor, sinta a vibração presente ao chegar no seu trabalho, na sua casa, nos locais de passeio e locais públicos, sinta como seu corpo físico dá sinais vibracionais que são uma forma de linguagem universal, sinta como seu corpo interage na presença de outras pessoas, na tomada de decisões em sua vida, apenas se dê a oportunidade de sentir, sentir e sentir...

Sejamos mais sensitivos e menos lógicos, menos racionais, porque as aparências enganam os sentidos externos, mas não os internos, os superiores.
É um processo difícil, lento e gradual para alguns e também muito fácil e rápido para outros, porém, é necessário despertar para outra realidade, assim como a humanidade fez suas descobertas incríveis antes inimagináveis, como os europeus descobriram as terras das Américas, como homens e mulheres de ciência descobriram curas de doenças e os astrônomos planetas e constelações e muito mais.

O mundo e a realidade como a conhecemos está mudando e nós temos a opção de mudar também a partir de nossa percepção individual que se tornará coletiva.
Que vossos olhos e vossos corações contemplem uma nova realidade que se descortina para a humanidade, façam suas opções e sejam felizes.

João Sposito – Brasília DF

Outubro 2018
Texto Revisado

Publicado dia 21/10/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1



foto-autor
Autor: JOÃO LUIZ SPOSITO   
João Sposito, atende em Brasília-DF, Terapeuta em Bio energética(par magnético), Reikiano, cromoterapeuta, espiritualista desde 1998, realiza assessoria espiritual personalizada e aconselhamento. Agendamento de consultas: presencial e a distância, (61) 982247680 whatsapp.,
E-mail: jlsposito@hotmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa